Encontrei descendentes do homem que salvou meu pai dos nazistas

Encontrei descendentes do homem que salvou meu pai dos nazistas

Lionel Rossler, 49, de Rebecq, na Bélgica, tentou durante anos encontrar a família que escondeu seu pai e sua avó e salvou suas vidas durante o Holocausto. Quando ele foi às mídias sociais para pedir ajuda, Marie Cappart do MyHeritage respondeu – e graças à sua pesquisa, Lionel e seu pai, David, puderam conhecer os descendentes do salvador de David no mesmo lugar onde ele os escondeu há tantos anos.

Assista a esta reunião comovente no vídeo a seguir:

Esta é a história de Lionel:

Meu pai, David Rossler, nasceu Daniel Langa em 1938, e sua família morava em Bruxelas quando começou a perseguição à comunidade judaica. Eles se mudaram várias vezes ao longo da guerra e, a certa altura, seu pai e tio foram presos e nunca mais voltaram. Meu pai era uma criança na época, e ele e sua mãe foram acolhidos pelo convento católico em Bruxelas; mas então, o convento foi invadido, e eles só escaparam graças às ações corajosas da Madre Superiora (que mais tarde recebeu o título de Justa entre as Nações).

Após sua evacuação do convento, meu pai e minha avó foram acolhidos pela família Bourlet: Georges e seus quatro filhos adultos, Paul, Jacques, Anne-Marie e Christiane. A família Bourlet deu-lhes abrigo em Auderghem, um dos bairros de Bruxelas, no final da guerra em 1944.

Meu pai lembra que, no final da guerra, Georges Bourlet tinha medo de ser pego e denunciado, então ele silenciosamente faltou ao trabalho: sem avisar sua família ou mesmo minha avó, ele ligou para dizer que estava doente e passou os dias em um café próximo, vindo em casa todas as noites como se estivesse voltando do trabalho. Ele nunca revelou isso para sua família, e foi só depois da guerra que ele mencionou isso para minha avó e meu pai.

Por causa de sua ação heróica, Georges conseguiu salvar a vida de meu pai e minha avó. Nove pessoas foram salvas graças ao que ele fez; meu irmão, eu e nossos filhos não estaríamos aqui hoje se não fosse por sua coragem e bondade.

Depois da guerra, minha avó se casou novamente e meu pai adotou o sobrenome de seu padrasto, que era um sobrevivente de Auschwitz. Eles se mudaram para a Áustria e perderam contato com a família Bourlet.

Em busca dos socorristas

Por muitos anos, tentei ajudar meu pai a encontrar a família Bourlet, sem sucesso. Finalmente, em janeiro de 2022, tentei a sorte em um grupo de mídia social, perguntando se alguém tinha alguma informação sobre essa família.

Recebi uma resposta de Marie Cappart, Gerente Nacional do MyHeritage na Bélgica. Ela me disse que acreditava que poderia me ajudar e imediatamente começou a trabalhar.

Depois de pesquisar registros e dados de referência cruzada, Marie encontrou uma Anne-Marie Bourlet, nascida em Auderghem em 1929. Ela descobriu que essa Anne-Marie se casou com alguém com o sobrenome Dedoncker e teve 5 filhos – todos possivelmente ainda vivos.

Depois de um pouco mais de pesquisa, Marie encontrou Xavier, um dos netos de Georges Bourlet, e conseguiu contatá-lo. Ela soube que Xavier tinha ouvido um pouco sobre essa história, mas não muito.

De lá, Marie conseguiu entrar em contato com outros descendentes de Georges, inclusive os que ainda eram donos da casa da família em Auderghem, onde Georges escondeu meu pai e minha avó. Tivemos uma ideia maravilhosa: por que não nos encontramos todos lá?

A casa onde tudo começou

A casa onde tudo começou

E assim fizemos. Foi um dia incrivelmente emocionante para nós. Pude ver, com meus próprios olhos, o lugar onde meu pai foi mantido a salvo dos alemães há tantos anos. Meu pai voltou ao lugar onde sua vida foi salva pela primeira vez em quase 80 anos, e teve a incrível oportunidade de agradecer pessoalmente aos descendentes de seu salvador por tudo que fizeram por ele e por nós. Na tradição judaica, há um ditado que diz que “Aquele que salva uma vida salva toda a humanidade”; Georges Bourlet salvou a humanidade nove vezes. Estamos apresentando nosso testemunho a Yad Vashem na esperança de que ele seja reconhecido por seu heroísmo e receba o título de Justo entre as Nações.

David (centro) com os descendentes Bourlet

David (centro) com os descendentes Bourlet

Foi um dia que nunca esquecerei, e sou muito grato a Marie e ao MyHeritage por torná-lo possível.

É importante para meu pai que as gerações mais jovens ouçam sua história e entendam que não deve haver mais ódio e guerra. O custo da guerra, como ele experimentou, era muito grande. Esperamos e oramos para que esta mensagem seja ouvida, pelo bem de todos aqueles que ainda sofrem com a violência.