14    fev 201183 Comentários

Arquivos Paroquiais para consultar em Portugal

#piccshare_pic_options, #piccshare_pic_options > *, #piccshare_tint, #piccshare_logo { border-radius: 0; -moz-border-radius: 0; border: none; margin: 0; padding: 0; }


Recebemos por indicação, um site em Portugal que é possível se fazer as consultas a alguns Arquivos Paroquiais diretamente nos livros. As imagens são escaneadas e a pesquisa só difere de uma pesquisa em campo pelo fato de que você não ter que usar luvas para manusear as páginas.

São fontes primárias como nascimentos, batismos, casamentos e óbitos que precisam de muita paciência e dedicação, pois são manuscritos e devem ser decifrados na maioria das vezes. Como diríamos, um doce na boca de uma criança, já que este tipo de pesquisa exige muito sangue genealogista e se torna um desafio que faz a Genealogia Familiar ainda mais encantadora.

O site E-Tombo, (basta clicar no logotipo do site que é um link), pretende unir todos os arquivos digitais de Portugal em um único ponto e para isto conta com o apoio de diversas instituições como NEPS - Núcleo de Estudos de População e Sociedade, Torre do Tombo, Genregis e Direcção Geral de Arquivos.

Os documentos tendem a crescer na medida que novas atualizações forem introduzidas em um trabalho que envolve diversos locais de fontes históricas.

Já estão disponíveis os seguintes Distritos:

Braga, Coimbra , Faro , Guarda , Leiria , Lisboa , Madeira , Portalegre , Porto , Santarem , Setubal , Viana do Castelo , Vila Real .

Se você é descendente de portugueses e quer documentar a sua árvore com os documentos originais, coloque esta indicação em MEUS FAVORITOS e faça uma marcação cerrada nas novas atualizações do site. Boa sorte em sua pesquisa.

Comente esta postagem.

Comentários (83) Trackbacks (1)
  1. Olá Walter
    Estou admirada por só agora saber da existência do site etombo, para pesquisa de fundos paroquiais. É por ele que tenho construido toda a minha Árvore. Já lhe tinha falado dele e no fórum dos "meusparentes" indiquei-o a vários usuários. O site pertence ao Ministério da Cultura, fazendo parte dele o organismo Direcção-Geral de Arquivos. É este organismo que detém a responsabilidade da colocação em on-line dos fundos paroquiais e outros. Portugal tem 18 Distritos e 2 regiões autónomes. Cada distrito tem o seu arquivo distrital onde guarda toda a documentação dos cartórios notariais que tenha cem ou mais anos. Os fundos paroquiais que se encontravam nos arquivos eclesiásticos foram enviados para os arquivos distritais. O Arquivo Distrital do Porto (minha cidade, concelho e distrito) em conjunto com a Universidade do Minho (Braga) foi a primeira entidade a disponibilizar on-line os seus fundos paroquiais. O sucesso desta medida levou o Ministério da Cultura através da sua Direcção-Geral de Arquivos a chamar a si a iniciativa e dessa forma impôr a todos os outros Arquivos a digitalização dos seus fundos e através da Torre do Tombo colocar esse acervo on-line. Nesta altura, e infelizmente para nós genealogistas, nem todos os Arquivos colocaram os seus fundos alegando falta de pessoal e de condições fisícas, ou seja há pouco dinheiro. Outra medida que foi tomada para a colocação destes fundos on-line foi o acordo feito entre o Ministério da Cultura e os Mórmons. Foi-lhe dado autorização para digitalizar os fundos com a contrapartida de após isso eles fornecerem uma cópia. Por exemplo o Arquivo Distrital de Vila Real todo o acervo que tem on-line deve-se a este acordo. Outra medida foi a formação de associações como por exemplo "Os amigos da Torre do Tombo" (de que sou sócia) que com trabalho voluntário de alguns sócios e a cota anual de outros vai fazendo um bom trabalho e colocando a digitilazação de várias freguesias quer de Lisboa quer de outras localidades. Assim tem sido possível aumentar o acervo paroquial em on-line.
    A sua consulta está aberta a todos. Caso se queira ter um desses documentos, ele pode ser pedido também via on-line. Eu faço sempre a aquisição dos assentos dos familiares que encontro, pois interessa-me ter e deixar esses documentos aos meus. Quanto à paciência que se tem de ter para fazer a "busca" ela é defacto necessária ser grande, ter-se tempo, e como diz no seu artigo "exige muito sangue...ainda mais encantadora". Pessoalmente, ela é tudo isso e o meu maior apoio psicológico. Enquanto "busco" esqueço-me do meu "inimigo silencioso - o câncro".
    Um grande abraço
    Maria Matos
  2. MINHA AVÓ ERA DA CIDADE DE PORTO EM PORTUGAL, ELA NASCEU NÃO TENHO MUITA CERTEZA NOS ANOS DE 1867, E VEIO PARA O BRASIL COM 9 ANOS DE IDADE, JUNTAMENTE COM SEUS PAIS E IRMÃOS FICARAM EM MOSSORÓ RN. ELA SE CHAMAVA FLORÊNCIA HERMÍNIA DO AMOR DIVINO.DEPOIS MUDOU-SE PARA PORTALEGRE RN, LÁ CASOU-SE COM JOSÉ RODRIGUES E TIVERAM 10 FILHOS, ELA FALECEU EM 1950.
  3. Obrigado por mais esta oportunidade de pesquisar sobre a minha família.
  4. Resposta a Zuleide. Para encontrar seus parentes nos Arquivos Distritais necessita de se registrar como utilizador. Então é-lhe enviada uma senha. Vai precisar de saber o nome da frequesia da cidade do Porto, onde nasceu sua avó o que é fácil, se pedir na terra onde faleceu a certidão do seu falecimento. Lá deverá estar o nome da freguesia onde nasceu e os progenitores da mesma. Depois com a senha procure em "Paróquia X"
  5. Uma ferramente q soma as ja existentes , vamos explora la.
    Newton
  6. Boa tarde á todos!
    Já fui algumas vezes á Torre do Tombo, ma infelizmente os documentos digitalizados nem sempre conseguimos entender devido n estarem nítidos (devido ao estado em q se encontravam).
    Estive muito rapidamente em Viseu e fui a procura no Arquivo distrital sobre informações da minha família paterna. Infelizmente o tempo foi curto...as informações tb, mas disseram para procurar os arquivos numa antiga Paróquia, cujo padre (o mais antigo de lá) responsável pelos arquivos, tvz pudesse me ajudar.
    Como n consegui encontrar a Paróquia aberta, tentei fazer contato por e-mail e telefone.
    Infelizmente n fui atendida, mas n vou desistir.
    Vi aqui a relação das cidades de Portugal q agora tem os documentos de suas paróquias já digitalizados ou em andamento, na T. Tombo.
    Bem, n vi a Cidade de Viseu relacionada, mas vou à procura.
    Meu 6º avô paterno nasceu na Rua Direita em Viseu. Estive nessa rua, que de reta n tem nada...rsss (Direita=reta). Vi lá um sobrado, da família Treixedos, q hoje pertence a um Banco. Pesquisei na net, mas n encontro maiores informações q me fizem comprovar seu 1º dono.
    Gostei muito da matéria desse blog e dos comentários q foram deixados aqui. Fez-me lembrar q tenho q voltar à luta.
    Abraços à todos!
  7. Meu 6º avô era Dr. Jorge Abreu Castelo Branco. Veio de uma família de advogados. Ele estudou Coimbra, em 1742 foi p Mariana, em Minas Gerais (BR) e depois q ficou viúvo (ela tb Portuguesa de nascença, mas criou-se no Brasil), retomou seus estudos e tornou-se Padre. Dr. Jorge era pai da minha penta-avó Dona Joaquina do Pompéu (Joaquina Mª Bernarda da Silva de Abreu Castelo Branco S. M. de Oliveira Campos) que foi casada com o Capitão Inácio de Oliveira Campos (descende dos Velho...Alvares Cabral).
    Quem tiver a curiosidade, poderá procurar no Google ou no site das cidades. net sobre a cidade de Pompéu e sua história.
  8. Quem tiver oportunidade de visitar os arquivos da "Torre do Tombo", garanto que vale a pena perder horas!
  9. Parabenizo pelo acontecimento, somente assim poderemos conhecer melhor nossos antepassados.
  10. Como procurar os antepassados?
  11. Não sei como proceder para consultar documentos no ETombo.Tenho de me registar? Qual é o percurso?

    Obrigada

    Marina Ribeiro da Silva
  12. Ola meus avos eram de Vila de Mansores uma provincia de Arouca, gastaria de saber se serao tambem disponibilzados os arquivos dessa Cidade? Obrigado.
  13. Tenho pesquisado nos arquivos portugueses escaneados, particularmente no da Universidade de Coimbra. Para minha sorte e emoção encontrei registros dos meus ascendestes há seis gerações. Estou em 1754. São necessárias paciência e persistência.
  14. Como encontrar os arquivos paroquiais de Vizeu? nao vi tb na relaçao desse site-
  15. Meus antepassados são LOURES que vieram de Portugal, lá pelos idos de 1600, 1700 e 1800. Já cheguei as meus antepassados que viviam já no Brasil por volta de 1800. Mas tenho referências de LOURES em 1715, na cidade de Barroso-MG. Os LOURES para cá vieram em busca de ouro. Gostaria de estabelecer contato com quem em Portugal pudesse auxiliar-me a aprofundar essa pesquisa. Agradeço. loures_33@hotmail.com é meu e-mail.
  16. Sou brasileiro de descendência portuguesa. Meus antepassados são LOURES que vieram de Portugal, lá pelos idos de 1600, 1700 e 1800. Já cheguei a meus antepassados que viviam já no Brasil por volta de 1800. Mas tenho referências de LOURES já em 1715, na cidade de Barroso-MG. Os LOURES para cá vieram em busca de ouro. Gostaria de estabelecer contato com quem em Portugal pudesse auxiliar-me a aprofundar essa pesquisa. Agradeço. loures_33@hotmail.com é meu e-mail.
  17. Em relação ao meu antepassado (bis avó materna, de apelido PRAGANA) e avô paterno, apenas conheço que este último nasceu em Cadafaz - Celorico da Beira, em 25.12.1885.
    Procurando na pagina ETombo, não consigo aceder a qualquer elemento informativo, inclusivé utilizando apenas o apelido PRAGANA, pois, eventualmente, poderia encontrar referências a meus bis avós, etc.
    Será que estou a proceder à busca na forma correcta?
    Por favor, se possivel, informem qual a melhor maneira de procurar (nascimento, ou casamento ou obito).
    Antecipados agradecimentos.
    RP
  18. Já recebi em tempos os Paroquiais de Arrentela e Amora, Concelho de Seixal e Distrito de Setúbal. Agora estão indisponíveis.

    Agradecia que me informassem qual a razão.

    CCS
  19. olá ando á procura das minhas origens pois nada sei apenas tenho algumas lembranças de miudo ,fui deixado na casa gaiato em Setubal por volta dos meus 6 / 7 anos e lá cresci e vivi hoje tenho 51 Anos e nao consigo encontrar ninguem ,lembro-me de ter um irmao mais velho do que eu cerca de 14 anos mas pouco vivi com ele ,mais tarde minha mae foi internada em setubál no sanatório Paula borba e veio a falacer no hospital de s.bernardo em setubal tinha eu cerca 16 anos isto me foi dito pelo padre acílio da casa gaiato ,teenho comigo minha certidao de nascimento onde me diz que sou filho de henriqueta maria ,neto materno de delfina maria e de avô materno icógnito ,natural da abela -santiago do cacem meu pai de nome josé fernandes filho de manuel fernandes e de costódia sacramento ambos naturais de grandola - meu nome : António manuel fernandes nascido a 29-01-1961 natural de ermidas do sado -santiago do cacem . Pois do meu pai nada sei nem nunca o vi ,pois gostaria muito de saber se tenho irmaos ,sobrinhos e ainda pai vivo ,por isso gostaria como devo fazer esta pesquiza ... muito obrigado
  20. António Videira Louro
    Novembro. 15 de2012
    Já vai para quatro anos que comecei a tentar fazer a minha árvore, e tenho já alguns resultados. Por amigos que me indicaram o E-Tombo e o Alengenea, pois sou Alentejano de Póvoa e Meadas - Castelo de Vide, comecei por consultar os livros de assentos da minha Paróquia, passei depois a ler os livros antigos que, em boa hora o Arquivo Distrital de Portalegre digitalisou e que estão nos dois programas a que me referi e ainda no própria Arquivo. Tenho feito muitos progressos. Não sei muito bem como recolher informações sobre alguns ascendentes meus, naturais do Distrito de Castelo Branco, ficarei muito agradecido se algum amigo me der alguma informção a estse respeito Muito Obrigado
  21. Olá
    Sou Brasileira e meu bis avó era Portugues seu nome Antonio Diamantino sei que nasceu em Viseu uns dizem que ele nasceu em 16.05.1888 outros dizem que nasceu em 10.08.1890 seus pais eram Manoel dos Santos Jorge e Virginea de Jesus ele veio para o Brasil casado com Maria da Alegria que era de Sendim como posso consultar on line documentos deles em Viseu e Sendim ??? grato
  22. OLÁ SOU DE FARO FILHA DE MARIA DE LOURDES VIVALDO NASCIDA EM FARO NO DIA 13 DE AGOSTO DE 1909 GOSTAVA DE SABER E DE CONHECER TODOS OS MEUS ASCENDENTES MATERNOS.MTO OBRIGADA
  23. Gostava de consultar os meus antepassados, família Furtado e Braga, naturais dos Açores, ilha de São Miguel, vila da Povoação e Braga da ilha de Santa Maria. Agradecia me informassem qual o site que devo consultar.
  24. 1 -Sugestao de Links - http://etombo.com
    ---------------------------------------------------

    aparecera os distritos (subdivisões iniciais de portugal-tipo estados no Brasil) :
    Fundos disponíveis Online
    Açores (0)
    Aveiro (2)
    Beja (0)
    ...
    Porto (32166)
    Santarem (0)
    Setubal (+)

    2 -você clica em cima do nome do distrito (por exemplo porto)

    abrirá nova tela com as subdivisões da região do porto(concelhos- como se fossem cidades no Brasil)

    Amarante (2081)
    Baiao (1594)
    Felgueiras (2162)
    Gondomar (1395)
    Lousada (1860)
    Maia (1788)
    Marco de Canaveses (3324)
    ...

    3- voce clica em cima do nome do concelho , aparecerá nova tela
    (que funciona como bairros)


    Aboadela (61)
    Aboim (45)
    Ansiães (71)
    Ataíde (38)
    Bustelo (32)
    Canadelo (41)
    Candemil (53)
    Carneiro (49)
    ...

    4 - voce clica em cima do nome e aparecerá uma nova tela :

    Baptismos (1685/1702)
    (Fonte: Arquivo Distrital do Porto)
    Baptismos (1737/1803)
    (Fonte: Arquivo Distrital do Porto)
    Baptismos (1749/1772)
    (Fonte: Arquivo Distrital do Porto)
    Baptismos (1805/1849)

    com o tipo de documento e a data

    4 -voce clica no documento e data que desejar:

    Esta é a tela onde você fará a pesquisa dando os dados da
    pessoa (pesquisa simples, avançada, ou auxilio).
    Aqui você também pode se cadastrar(para pesquisar não precisa
    cadastrar) , quando você se cadastra, e você entra com seu login aparece uma alternativa para você solicitar pesquisa diretamente ao arquivo do distrito. E o mais importante, eles realmente respondem.
    Você pode abrir o livro (on line) e ver o registro(por exemplo de batismo)


    Exemplo abaixo de um pedido pesquisa feita por mim:
    Nome: aloisio portugal
    Nº utilizador: 13070
    Número 74477
    Data entrada 2013-03-11 11h39
    Referência PT/ADPRT/PRQ/PAMT33/001/0017
    Fundo Paróquia de São Gonçalo
    Série Registos de baptismos
    Unidade Instalação Baptismos
    Datas 1839-08-20/1859-12-31
    Localização Física E/9/10/6-240.2
    Existência de cópias Bobina nº 32 (Possibilidade de imagens repetidas)
    Objecto Digital PT-ADPRT-PRQ-PAMT33-001-0017 @ @ 080908_1000 @ K/F-4.1
    Tipo de acto Baptismo/Nascimento
    Freguesia sao goncalo
    Concelho amarante/porto
    Nome Antonio Ribeiro Portugal
    Cônjuge casou-se no brasil com maria do carmo vieira faria (?)
    Ano assento 0
    Datas 1855-00-00 a 1865-00-00
    Informação adicional veio para o brasil aos 10 anos se estabeleceu em cachoeira de minas minas gerais pai de um neurologista famoso no Brasi(jose ribe portugal) consta como data de nascimento 04 de junho de 1860(nao sei se esta correta) pois nao achei no livro de registro de batismo referente a este ano(neste site)
    Pesquisa Não
    Reprodução Sim
    Tipo reprodução Digital
    Certidão Não
    Nº cópias 1

    resposta dada :
    Ex.mo(a) Sr.(ª):
    Informamos que, tendo sido efetuada a pesquisa que solicitou, não foi localizado o registo pretendido (ou seja, não foi localizado nenhuma ocorrência "António" cujos pais tivessem nome Ribeiro e/ou Portugal). Note que existem diversas ocorrências de "António" expostos ou filhos naturais, que poderão ter tomado o nome Pinto Portugal mais tarde, se
    você desejar poemos consultar em todos os distritos no ano....)

    Outra boa opção é o site da igreja dos mormons.
    Eles tem uma arquivo muito grande de registros.
  25. Olá sou portuguesa nascida em Vila Nova de Gaia, procuro meus parentes que embarcaram para o Brasil, uns descendentes de Moreira da Cunha Leite e outro Queiróz dos Reis, os primeiros são da zona de Gondomar e de Porto, os segundos Queiróz dos Reis são de Marco de Canavezes. Sei que em Petrópolis ouve um tal de António Moreira da Cunha Leite que fez parte da primeira Câmara de Petrópolis, gostaria de saber se seria natural de Portugal e se pertencia há familia que busco.
  26. Olá Maria Fernanda

    Estamos torcendo para você encontre os seus parentes. Monte a sua árvore genealógica e deixe o Smart Matches te ajudar.
  27. Os registros do porto do etombo sumiram...o que houve???Alguém sabe? Na pascoa o sistema ficou fora(404..pagina indisponivel)..Agora voltou, esta tudo zerado..
  28. Para alguém que queira consultar os livros da assentos do Distrito de Castelo Branco, da região perto de Abrantes, como por exemplo exemplo o concelho de Mação os ditos livros encontram-se no Arquivo Distrital do Distrito de Santarém, em Santarém
  29. Olá Antonio Videira. Muito obrigado pela informação.
  30. Olá pessoal deste Blog! Boa noite!
    Meu avô também era português. O nome dele era Alberto Gaspar d'Azevedo d'Antas da Gama. A profissão era Guarda-Livros.
    Deve ter nascido entre 1882 a 1886 (não tenho muita certeza). Nunca tivemos acesso a certidões ou registros, pois quando faleceu (entre 1909 a 1911), minha mãe tinha uns nove anos. Após ficar viúva, minha avó mudou-se para São Paulo com os filhos. Nesse caminho (naquela época muito difícil, longo e sofrido), documentos se perderam na viagem. Os filhos cresceram sabendo pouco do pai. Eu nem conheci a minha avó.

    Até 1975 minha mãe trocava correspondência com uma tia de Portugal (irmã do meu avô). O nome dela era Clotilde Helena da Gama e Cunha. Essas cartas também desapareceram. Não sei onde foram parar.

    Numa das fotos de 1935 dessa tia (temos 6 fotos dela com o marido e filha), consegui visualizar uma referência: S. Paio de Agualonga - 5ª Preza do Forno - Romarigães - Paredes de Coura - Portugal. Não há número da casa.

    Eu agora estou com 65 anos e gostaria tanto de saber muito mais à respeito desses meus antepassados e não sei por onde começar. Não tenho documentos. Minha mãe me contou que todos os tios paternos dela os eram padres (infelizmente, não sei o nome de nenhum).

    Se alguém puder meu ajudar com alguma informação, eu ficaria eternamente grata!!!

    Adorei o Blog!!! Parabéns!!!!!
  31. Ah! Esquecí-me de dizer moro em Cuiabá - Mato Grosso - Brasil

    Um abraço da todos!!!
  32. Minha avó era da cidade do Porto,ela nasceu em 1900 e morreu em 1982,fui criada por ela, e sempre tive muita curiosidade de conhecer a cidade onde ela nasceu,a família toda veio para o RJ por volta de 1928,antes de falecer ela dizia q tinha primos lá,não sei se existem ainda,mas se existem gostaria de conhece-los,e ainda realizarei i r sonho de ir até lá
  33. Ola pessoal, me chamo Raphael Silva, meu bisavo nasceu na ilha da madeira em 1886, a unica informacao do lugar onde ele nasceu eh essa, e o ano, alguem tem alguma dica de como posso fazer pra encontrar onde ele foi batizado e casou. muito obrigado pessoal, estou um tanto perdido.
  34. Olá gostaria de saber se alguem pode me ajudar, por favor alguem sabe como localizo a Cidade de Mansores ? É uma provincia de Arouca em Portugal e não estou localizando aqui no E-TOMBO.
  35. Registo de Nascimento (12.01.45)Miragaia Porto
  36. Gostaria de ser conhecedor dos meus antepassados da família Bragança (Porto) e Magalhães (Friume-Ribeira de Pena) não tenho conseguido chegar ao pretendido. Obrigado.
  37. Gostaria de saber quando estarão disponíveis os acervos de baptismo de Bragança?

    Obrigada
  38. Olá Marina,

    Na maioria dos casos, estes arquivos vão sendo colocados na medida que são digitalizados. Temos que aguardar, é muita história para oferecer que ainda encontra-se apenas na posse das dos acervos.
  39. Meu avô (jose gomes), nascido em 21 de dezembro de 1897 em Coimbra, Portugal e veio para o Brasil creio que entre 1915/1918 (fugindo da Guerra), escondido em um navio, deixando para trás uma irmã. Creio que ainda temos raízes em Portugal. Não consegui fazer pesquisa pelo nome, alguém saberia me informar?
  40. Gostaria de saber se também estarão disponíveis os acervos de batismo dos Açores-Ilha S. Miguel -Distrito de Ponta Delgada.
    Obrigada
  41. Boa noite,

    Estou procurando meus antepassados em Portugal, meu Avô veio para o Brasil e deixou seus pais em Esposende. O Nome do meu avô era Firmino Quintas, nasceu em 16/05/1897 em Esposende e o nome de seus pais; Antonio Francisco Quintas e Rosa do Valle.

    Fabio
  42. Há muito tempo que procuro historia e genealogia do Padre Jose Joaquim d'Affonseca Lopes Valente que foi de Salreu, Estarreja Aveiro, era sobrinho de Dom Frei José da Soledade-bispo de Cochim e foi seu herdeiro em 1811. Não consegui rasto dele no Arquivo Distrital de Aveiro, apenas o testamento do seu tio Bispo,por ele registado no Notário de Estarreja-Arq.Dist.Aveiro
    Antecipadamente grato pelas vossas pistas
  43. neste link encontram quase todas as paroquias de Portugal http://www.quinta-do-mosteiro.com/linksparq.htm#aveiro
  44. N.Fernandes
    19-08-201
    sou brasileiro,vou a Portugal em turismo na próxima semana e gostaria de encontrar descendentes dos falecidos meu tio José Fernandes, tia Cecilia , avós Maximina Assenção e Evaristo Fernandes.
    Agradeço informações, meu e-mail desforno@uol.com.br
  45. Procuro meu pai a 44 anos , chama-se pedro nunes escgas dizem que vive em coimbra.
  46. Pedro Nunes Esculga, meu pai procuro.
  47. Ao fazer pesquiza nos assentos de nascimento do anos de 1877 a 1879 da paróquia de Santo Ildefonso-Porto, verifiquei que não é possível obter a imagem no todo de cada um dos assentos. Julgo que a deficiência é do microfilme. É com pesar que constacto essa deficiência para documentos que dão vida àqueles que vida tiveram, é pois um renascer do passado que muito me comove.
  48. meu nome é maicon de andrade procuro pelo meu avô oracio quental e sua família que reside em portugual eles moram na cidade de viseu! qualquer informação eu agradeço desde já
  49. Meu avo materno chamava-se Baltazar Ribeiro e sei que ele nasceu na regiao do Minho. Como posso obter alguma documentacao de arquivo paroquial se não sei ao certo nome da cidade de nascimento.
  50. Procuro por algum documento de Francisco Lourenço Borges, português , nasceu na ilha Terceira, Angra do Heroismo, Açoures, PT, filho de Antonio Vieira de Andrade e Joana Antonia. Francisco
    Lourenço casou , no Brasil, em 1798. calculo que nasceu entre 1770 a 1780. Gostaria também de saber sobre seus pais e irmãos que ficaram em Portugal. Obrigada, Cristina Borges
  51. Gostei muito deste site.
    Gostaria muito de saber se alguem conheceu a familia de José Francisco Tavares,se alguem conhece por favor entre em contato a este site que estarei sempre olhando.
    Me ajuda quem souber,só sei que ele nasceu na Ilha Da Madeira e que depois foi para o Brasil.
    Foi nascido e criado na Ilha da Madeira.
  52. Ola estou a procura do meu avo e gostaria muito que me ajudassem, meu pai pediu-me que o ajuda-se a encontrar o seu pai que ele nao ve desde os 6 anos de idade. Meu avo paterno chama-se Manuel Simoes Rijo, ele e' de Agueda dos vinhos. por favor ajudem-me a encontra-lo.
  53. gostaria tambem de saber o que fazer para que meu pai, encontre seu pai, meu avo, para ser registado, ou obter a certidao de nascimento do meu avo para entao fazer o processo. conto com a sua ajuda. faz anos que estamos a procura dele e nada.;(.
  54. Saudações Carlos Alexandre Mecco dos Santos, Mansores é uma Freguesia (divisão administrativa mais pequena em Portugal), pertencente ao concelho de Arouca, do distrito de Aveiro.

    Se pretender pesquisar os registos de baptismo dessa freguesia, tem que procurar no arquivo distrital de Aveiro, e com muita paciência (ajuda ter alguns dados de auxilio) e sorte (pode o livro que procura não estar disponível) procurar seus antepassados.

    No Arquivo distrital de Aveiro, faça uma pesquisa por Paróquia Mansores e surgem um numero de resultados.
    http://digitarq.adavr.dgarq.gov.pt/results?t=Paróquia+Mansores

    Este site, http://mansores.aroucanet.com/ permite ter uma ideia da freguesia de Mansores.

    Mais acima nestas mensagens, a Isabel Fernandes, já indicou um bom site com ligações aos arquivos portugueses.

    Boa sorte
  55. Ola sou Margiana Santos e estou procurando meu avo em Arruda ou Agueda dos vinhos. Ele viveu em sao tome e principe e partiu mais tarde p Portugal em 1957, chama-se Manuel Simoes Rijo, gostaria muito a vossa ajuda. Por favor.
  56. Rosa Maria de Andrade, meu avô chamava-se Augusto Maria de Andrade, filho de Manoel Maria de Andrade e Ana Rodrigues, pelo que sabemos ele nasceu em 25/01/1888 ele falava que era de Ilha da Madeira, porém na certidão de casamento encontrada no cartório de Bauru-SP-Brasil onde se casou em 14/09/1918 constava que era de Tocha, estou necessitando da certidão de nascimento dele, por favor onde devo procurar por este documento, aguardo resposta, muito obrigada
  57. Sebastiao Dias De Carvalho, era meu bisavo que morava nos acores, e veio para o Brasil com 8 anos de idade por volta dos anos de 1800; Ele morou no municipio de Sobral no Ceara; ele veio com seus tios, nao sei se eram tios paternos ou maternos, no Brasil casou e formou familia e nunca mais voltou para Portugal para visitar a familia. Sabe-se que ele casou com Maria Alves Loiola. Sei que ele faleceu em Sobral-CE, vou procurar ainda se encontro algum arquivo de obito dele no cartorio de Sobral. Nao tenho data de quando ele veio de Portugal e nem de sua data de Nascimento. Preciso saber quais datas e documentos sobre meu bisavo preciso saber e onde posso conseguir essas informacoes no Brasil? Preciso saber onde encontrar essas informacoes em Portugal, Por exemplo, se eu descobrir a data de nascimento do meu avo e a cidade onde ele nasceu em Portugal; onde eu posso encontrar o registro de pessoas que chegaram em 1800 ao Brasil? Seria em algum arquivo especifico em Sao Paulo? Rio de Janeiro? Ou Salvador, ja que ele foi morar no Nordeste do Brasil. Preciso saber onde encontrar estes arquivos? Que departamento? Sei que devem existir arquivos de batismo em Portugal tambem, que nao descarto a possibilidade de procurar la nos Acores. Seria muito importante para mim localizar os meus antepassapos...Era tudo o que eu gostaria.
  58. Sebastiao Dias De Carvalho, era meu bisavo que morava nos acores, e veio para o Brasil com 8 anos de idade por volta dos anos de 1800; Ele morou no municipio de Sobral no Ceara; ele veio com seus tios, nao sei se eram tios paternos ou maternos, no Brasil casou e formou familia e nunca mais voltou para Portugal para visitar a familia. Sabe-se que ele casou com Maria Alves Loiola. Sei que ele faleceu em Sobral-CE, vou procurar ainda se encontro algum arquivo de obito dele no cartorio de Sobral. Nao tenho data de quando ele veio de Portugal e nem de sua data de Nascimento. Preciso saber quais datas e documentos sobre meu bisavo preciso saber e onde posso conseguir essas informacoes no Brasil? Preciso saber onde encontrar essas informacoes em Portugal, Por exemplo, se eu descobrir a data de nascimento do meu avo e a cidade onde ele nasceu em Portugal; onde eu posso encontrar o registro de pessoas que chegaram em 1800 ao Brasil? Seria em algum arquivo especifico em Sao Paulo? Rio de Janeiro? Ou Salvador, ja que ele foi morar no Nordeste do Brasil. Preciso saber onde encontrar estes arquivos? Que departamento? Sei que devem existir arquivos de batismo em Portugal tambem, que nao descarto a possibilidade de procurar la nos Acores. Seria muito importante para mim localizar os meus antepassapos...Era tudo o que eu gostaria.
  59. Sebastiao Dias De Carvalho, era meu bisavo que morava nos acores, e veio para o Brasil com 8 anos de idade por volta dos anos de 1800; Ele morou no municipio de Sobral no Ceara; ele veio com seus tios, nao sei se eram tios paternos ou maternos, no Brasil casou e formou familia e nunca mais voltou para Portugal para visitar a familia. Sabe-se que ele casou com Maria Alves Loiola. Sei que ele faleceu em Sobral-CE, vou procurar ainda se encontro algum arquivo de obito dele no cartorio de Sobral. Nao tenho data de quando ele veio de Portugal e nem de sua data de Nascimento. Preciso saber quais datas e documentos sobre meu bisavo preciso saber e onde posso conseguir essas informacoes no Brasil? Preciso saber onde encontrar essas informacoes em Portugal, Por exemplo, se eu descobrir a data de nascimento do meu bisavo e a cidade onde ele nasceu em Portugal; onde eu posso encontrar o registro de pessoas que chegaram em 1800 ao Brasil? Seria em algum arquivo especifico em Sao Paulo? Rio de Janeiro? Ou Salvador, ja que ele foi morar no Nordeste do Brasil. Preciso saber onde encontrar estes arquivos? Que departamento? Sei que devem existir arquivos de batismo em Portugal tambem, que nao descarto a possibilidade de procurar la nos Acores. Seria muito importante para mim localizar os meus antepassapos...Era tudo o que eu gostaria.
  60. olá a todos!
    achei uma informação importante, que o meu bisavô José Rodrigues da Silveira tem um registro de emissão de passaporte no arquivo distrital de Viseu.
    Link: http://digitarq.advis.dgarq.gov.pt/
    A emissão ocorreu em março de 1887, e, descobri também, que ele é natural da freguesia de Oliveira do Conde, município de Carregal do Sal. Agora estou aqui buscando no livro digital o registro do seu nascimento. Espero encontrar ainda este ano! rsrs...
  61. meu avo joao leonardo jorge ,nasceu em portugal,gostaria de saber em que cidade.ele faleceu no brasil em 1964,e meu pai filho dele tambem ja faleceu,porem quero acionar a dupla cidadania e me disseram que e necessario saber a cidade de nascimento do portuges.deve no ano1890 mais ou menos.sera que podem me ajudar. grata desiree leonardo--sp12-03-2014
  62. olá a todos novamente! fiz a pesquisa no arquivo digital da paróquia de Freguesia do Conde e encontrei o registro de nascimento do meu bisavô José Rodrigues da Silveira. Logo na página 15 do livro!
    Link: http://digitarq.advis.arquivos.pt
    Agora, em busca dos registros de casamento e óbito no Brasil.
  63. meu avo veio de coimbra portugal e foi morar na cidade de guararapes sp o nome de e manel de oliveira teve 5 filhos ,sera que atraves do atestado de obito consigo saber a data do seu nascimento,sera que o cartorio da cidade tem este documento.
  64. Certidão de Nascimento.

    Caros,
    Sou do Brasil- RJ, meu avô era Português e desejo adquirir a nacionalidade Portuguesa para mim e minha mãe só que não temos a certidão de nascimento dele que é o principal documento solicitado,, pois minha mães lembra que ele sempre mencionava o nome da cidade em que nasceu. Abaixo segue mais informações que tirei do único documento que temos " aqui no Brasil.

    Nome do meu Avô: Antônio Teixeira.
    Data de Nascimento: 19/03/1906 - Portugal
    Cidade de Nascimento: Trás-os-Montes (Mencionada sempre por ele).
    Seus Pais: Adelino Teixeira e de Maria Rosa

    Desde já agradeço no que for possível me ajudar.
  65. Ola, meu nome e Elisangela, estou atras do endereço do meu ex marido que mora em Portuga, pois entre com um processo contra ele aqui no Brasil, Sera se eu passar o nome dele consigo localizar ele..
  66. Adorei a possibilidade de encontrar algum parente,sou filha de Lourenço d'Araujo Lima que veio p/ Brasil no ano 1930 conforme documento que possuo,filho de Domingos d'Araujo Lima e Rosa Delfina Pereira Duarte deixou na terra 2 irmãs solteiras que visitou antes de eu nascer na freguesia do Moure.Se alguem conhecer parentes destes ,contatos joaninharteira121@gmail.com. Brasil
  67. Loureço alem de mim teve um primeiro filho de nome ? Valter com uma dama da terra que conheceu no navio .Era reservado no assunto tenho os documentos do meu pai .Em Portugal pelo menos 11 sobrinho de nome Carlos que viveu aqui no Brasil e voltou p'rai depois de uma cirurgia na face q deixou cicatriz.Era uma grande preocupação q ele carregava já q Carlos náo fez mais contato.
  68. Gostaria de encontrar:
    meus Avos
    Carolina Rosa de Andrade, nascida +- em 1900 Funchal Madeira
    casou em Portugal com Domingos Andrade Abreu
    Emigraram para o Brasil nao possuo mais qualquer dado, bem dificil,. podem ajudar-me Obrigado
    se alguem conseguir deixo o meu contacto
    odete.alcobia.santos@gmail.com
  69. GOSTARIA DE FAZER CONTATO COM PARENTES DE MEU AVÔ PATERNO, MANUEL RIBEIRO DA SILVA, CHEGADO AO BRASIL
    NO INICIO DE SÉCULO VINTE (PRESUMO) NASCIDO EM VISEU
    PORTUGAL, E QUE SE ESTABELECEU COM UMA MARCENARIA
    NA PRAÇA 11 RIO DE JANEIRO, NO INÍCIO DE SECULO 20.
  70. AGUARDO CONTATO DE ALGUM PARENTE, QUE ESTEJA EM PORTUGAL OU NO BRASIL
  71. FICARIA FELIZ SE ME AJUDASSEM A ENCONTRAR OS PARENTES
  72. ÓTIMO QUE TEM ESTE SITE QUE CERTAMENTE ESTÃO AJUDANDO MUITAS PESSÔAS.
  73. Boa tarde a todos, sou de Coimbra, Portuga, alguem pode ajudar,
    meu avô foi para o Brasil em S. Paulo na decada de 30 morreu em 1955 em Sao Paulo, que ja fui varias vezes, inclusive ao cemiterio da Consolação penso ser assim, gostava de obter mais noticias sobre o meu querido avô.
    Aguém pode ajudar como fazer e enviar para o meu mail.
    mgandara56@gmail.com
  74. António Estanislau nascido em 10-01-1888 penso que em Évora de Alcobaça e filho de Estanislau nunes que veio da Polonia. Gostava de saber de mais pormenores.
  75. Boa tarde, eu sou Anatalino Santos Cardoso, nasci na ilha do Maio, cabo Verde, sou filho de Ilma Carvalho Cardoso e André Santos Cardoso,O meu bisavó era José Manuel Lopes de Carvalho flho José Carvalho e de Isabel Lopes de Carvalho, nasceu em Freguesia de Nossa Senhora de Anunciada ,Metrópele provavelmente em 1858 , dado que faleceu em Cabo Verde em 1919 com 61 anos de idade, na ilha do Maio. Gostava de ter mais promenores sobre o meu bisavó.
  76. Gostava de ter esses daos do meu bisavó,José Manuel Lops decarvalho, filho de Josó de Carvalho e Isabel Lopes de Carvalho.
  77. Raphael Silva, me chamo Valquíria, sou tbm descendente de portugueses e a vinda do meu bisavô, tem alguma relação com a data que vc colocou 1886, as informações que possuo, foi que ele veio ao Brasil com seu irmão, meu bisavô tinha uns 17 anos época +ou-, tbm não é certeza seu nome era Adelino Pinto, chegando aqui adotaram o Silva, ficando então com o sobrenome Pinto da Silva, se alguém tivesse alguma informação, gostaria muito de saber mas, desde já fico grata!
    Valquíria Braz de Oliveira
  78. boa noite na verdade estou tentando intender a morte de meu bisavô se naquela epoca existia registros de morte em fazendas antigas de minas gerais ele era capataz nos entre os anos 1905 ou 1925 e morreu afogado num tacho de melado fervente eu queria saber se mortes assim era registradas é um pouco dificil mais não foi uma morte curriqueira foi uma morte bem significativa mesmo a pessoa sendo pobre aguardo resp.e orientação obrigado boa noite
  79. Família Fernandes de Boco - Gostaria de conhecer o primo Augusto, filho da tia Cecilia , nascida Fernandes, originais de Boco. Ele é militar e vive Mangualde. Eu sou brasileiro, filho de Francisco
    Fernandes. Em setembro 2014 vou a Portugal em turismo e gostaria de encontra-lo. Agradeço informações para entrar em contato. Meu e-mail é tecnelson@uol.com.br

    t
  80. Ola. Sou descendente da família de "João Gonçalves Estanislau", (filho de Joaquim Gonçalves Estanislau), que imigrou para o Brasil em 1890. Gostaria de saber mais a respeito da família de António Estanislau.
  81. Olá, sou descendente de Maria Loiola Teles. Alguém tem alguma pista?
  82. Sou Neta de português. Meu avô veio com um tio que não sei o nome de Portugal para Brasil chegou aqui no Brasil Rio de Janeiro no dia 5 de Janeiro 1925, DOMINGOS ANTÔNIO ALVES LIMA FILIAÇÃO JOSÉ ALVES LIMA E ANNA FERNANDES DE SÁ..se casou aqui no Brasil e teve dois filhos .Joanna Lima de Jesus e Sebastião Alves Lima ele meu avô NASCIDO EM VIANNA DO CASTELLO PORTUGAL DIA 11.12.1903 .Gostaria de saber a respeito da família ai em Portugal , não sei quantos irmão ele deixou , e se tem alguém da família que poderia entrar em contato , a filha dele é viva. Desde já agradeço. email limma2007@gmail.com
  83. Eu Maria da Conceição Plácido Estanislau sou bisneta de Estanislau Nunes que veio da Polónia neta de António Estanislau nascido em 10/01/1888 em Évora de Alcobaça e faleceu em 06/01/1935 em Alcobaça mas residente em Évora de Alcobaça e deixou 12 filhos. Não conheço fotografia do meu avô que tenho muita pena. O meu avô era filho único.
    Vi na net com data de 14/02/2011-lousada 1860 - alguém que queria conhecer antepassados, onde falava nos nomes que refiro, por isso gostava que me dissessem alguma coisa sobre o assunto para o e-mail. Obrigada.

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email
Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados