Encontrando família, reparando elos rompidos com o DNA do MyHeritage

Comentários

Nikita Volkova cresceu em circunstâncias trágicas. Nascida prematuramente às 22 semanas, não era esperado que ela sobrevivesse. Sua mãe, uma cidadã americana que visitou o Canadá, foi deportada logo após o nascimento e viveu o resto de sua vida acreditando que sua filha havia morrido.

Nikita foi adotada, mas sua mãe adotiva morreu. Ela passou a infância e a adolescência dentro e fora de casas de grupo, lares adotivos e até mesmo vivendo nas ruas. Por 20 anos, ela tentou procurar sua mãe.

Quando ela finalmente descobriu o nome de sua mãe, foi atingida por uma dupla tragédia. Não apenas sua mãe tinha morrido há três anos, mas também lhe foi negada a oportunidade de conhecer sua família biológica. Nikita foi tirada da mãe e entregue a uma família americana contra a vontade da mãe.

“Fiz uma promessa a ela de que encontraria nosso povo”, diz ela.

Graças ao MyHeritage, ela conseguiu cumprir essa promessa e reparar não um, mas dois vínculos familiares desfeitos. Ela descobriu que a mãe de sua mãe ainda estava viva e, em outubro de 2018, elas finalmente se reuniram. Assista ao vídeo da reunião deles aqui:

Quando Nikita soube que sua mãe biológica havia falecido, ela ficou com o coração partido.

A mãe biológica de Nikita, Heidi Shuford

Eu estava três anos atrasada. Eu apenas gritei e chorei, e chorei e chorei. Conheço a solidão desesperada que advém de não saber a quem você pertence. Minha mãe também conhecia esse sentimento. Fiz uma promessa a ela de que encontraria nosso povo. Que eles saberiam o que aconteceu com ela, de um jeito ou de outro.

Nikita fez um teste de DNA e, com as informações que descobriu, conseguiu encontrar um irmão mais velho perdido há muito tempo. No dia seguinte, ela enviou suas informações de DNA para o MyHeritage.

Foi-me dito que muitos alemães usavam o site e pensei: que mal poderia causar? Talvez eu ache alguém.

Não estava otimista. Com minha mãe já tinha falecido, presumi que o mesmo teria acontecido com a mãe dela. ”

Suas correspondências de DNA no MyHeritage a levaram a uma prima e ela explicou o que estava procurando. Pouco tempo depois, ela recebeu uma mensagem de um homem chamado Joseph Cook.

Enquanto isso, Joseph e Lydia Cook, um casal de idosos que vive na Carolina do Norte, sempre se perguntaram o que aconteceu com a filha que Lydia foi forçada a doar quando ela tinha pouco mais de 20 anos. Diz Lydia,

Fui algumas vezes para ver o bebê. Na quarta vez, eles não me deixaram mais vê-la.

Uma manhã, eles estavam assistindo televisão e viram um programa que apresentava o MyHeritage. Joseph achou que parecia interessante e decidiu se inscrever e testar seu DNA. Mais tarde, Lydia também testou. “Não pensamos muito nisso”, diz ele.

Então, Joseph viu que alguém estava tentando entrar em contato com eles através do site.

Nós recebemos essa garota e ela começa a me dizer: ‘Minha mãe nasceu em Hanau, Alemanha, em 1957, e sua mãe a deu para adoção’ … e então tudo se encaixou. Eu disse: ‘Bem, você tem o número de telefone certo. Esta é sua avó.

Depois de uma vida inteira sozinha no mundo, Nikita encontrou sua família.

Passei de não ter ninguém, a ter primos, tias, avós e toda a família que sempre desejei.

Nikita conversou com seu avô quase diariamente depois de encontrá-los, e em outubro de 2018 ela finalmente os conheceu.

Nikita e sua avó, Lydia, se encontram pela primeira vez

Nas palavras de Lydia,

Estou tão feliz que a encontrei – nós a encontramos.

Eu acho que esse final é tão bom quanto qualquer um ao qual eu poderia ter esperado. Sou verdadeiramente grata pelo seu site e por todos vocês que trouxeram alguém que havia perdido toda a esperança de finais felizes, um final feliz. Ou melhor dizendo, um novo começo feliz.

Disse Nikita,

Espero ter conseguido trazer felicidade à minha mãe. Sua vida, como a minha, teve tão poucos momentos de felicidade. Isso era o mínimo que eu poderia fazer por ela.

Fechei um ciclo para minha mãe. Fiz o que eu disse que ia fazer – encontrei a mãe dela.

Você fez conexões maravilhosas através de um teste de DNA do MyHeritage? Nós queremos ouvir sua história. Conte pra gente nos comentários abaixo!

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado