Coleções de registros históricos adicionadas em março de 2020

Comentários

Em março foram adicionados 5,9 milhões de registros de duas coleções: uma coleção de registros de óbitos de Pernambuco, Brasil; e uma coleção de cadernos eleitorais da Nova Zelândia.Essa adição eleva o número total de registros históricos no MyHeritage para 11.937.366.053.

Óbitos em Pernambuco, Brasil, 1930–2017

Esta coleção é composta por 3,1 milhões de registros de cemitérios públicos e de igrejas em Recife, capital do estado de Pernambuco no Brasil. A maioria dos registros desta coleção é exclusiva do MyHeritage. Os registros podem incluir o nome do falecido, sexo, data da falecimento, idade e muitas vezes outras informações importantes, como o nome do cônjuge, pai, mãe e filhos da pessoa.

Todos os registros dos cinco cemitérios públicos da cidade de Recife são exclusivos do MyHeritage. Eles incluem o Cemitério Santo Amaro, o Cemitério Casa Amarela, o Cemitério Parque das Flores, o Cemitério Tejipió e o Cemitério Várzea. Esta coleção também contém registros de várias igrejas da Arquidiocese de Recife, que gerencia cemitérios em parceria com a Prefeitura. Os registros da igreja a partir de 1964 em diante são exclusivos do MyHeritage. Embora a maioria dos registros da coleção seja de 1930 a 2017, alguns registros podem ser anteriores ou posteriores a esse período.

Esta coleção inclui o registro da morte do famoso artista pernambucano Vicente Murillo La Greca. Nascido e criado em Recife, La Greca deixou sua cidade natal aos 18 anos para estudar arte primeiro no Rio de Janeiro e depois em Roma, Itália.

A execução de Frei Caneca, pintada por Murillo La Greca em 1924 [Crédito: Coleção do Museu Murillo La Greca]
A execução de Frei Caneca, pintada por Murillo La Greca em 1924 [Crédito: Coleção do Museu Murillo La Greca]
Um mês antes do início da Segunda Guerra Mundial, La Greca retornou a Recife, onde foi convidado a pintar os afrescos da histórica Basílica de Penha. Logo antes de sua morte, em 1985, La Greca ajudou a fundar um museu de arte em Recife que agora exibe 1.400 desenhos e 160 de suas pinturas.

O registro da morte de La Greca inclui a data de sua morte, a idade e o local onde faleceu. Nosso índice contém esses detalhes e também infere uma data aproximada de nascimento.

Death Record of Vicente Murillo La Greca, Brazil, Pernambuco Deaths, 1930–2017
Registro de óbito de Vicente Murillo La Greca – Brasil, Óbitos de Pernambuco, 1930–2017

Também nesta coleção está a certidão de óbito do radialista e político brasileiro Paulo Marques Pessoa. Depois de se formar na Universidade Católica de Pernambuco em 1978, Paulo mudou-se para Recife, onde trabalhou na Divisão de Rádio e Televisão da assessoria de imprensa da cidade. Em 1981, Paulo deixou a transmissão quando foi eleito como Deputado Estadual. Em 1986, ele foi eleito para como Deputado Federal. Após uma campanha eleitoral malsucedida em 1990, ele voltou às suas raízes jornalísticas e se tornou colunista da Folha de Pernambuco

O atestado de óbito de Paulo lista sua data de falecimento, idade e detalhes como a causa do óbito e parentes próximos.

Death Certificate of Paulo Marques Pessoa, Brazil, Pernambuco Deaths, 1930–2017
Certidão de Óbito de Paulo Marques Pessoa, Brasil, Óbitos de Pernambuco, 1930–2017

Pesquise Brasil, Óbitos de Pernambuco, 1930–20177

Nova Zelândia, Cadernos Eleitorais, 1881–1935

Essa coleção de 2,8 milhões de registros fornece informações sobre pessoas na Nova Zelândia que foram registradas para votar em 1881, 1893, 1896, 1911, 1925 e 1935. Os registros podem incluir o seguinte: nome, sobrenome e eleitorado e região onde o indivíduo residia. O endereço, a ocupação e o número do eleitor da pessoa também podem ser visualizados.

Os registros eleitorais podem servir como um substituto para as listagens do censo. Eles são particularmente importantes para o trabalho de genealogia na Nova Zelândia, porque a lista de censos mais antiga disponível é de 1961.

Em 1893, a Nova Zelândia se tornou o primeiro país a conceder às mulheres o direito de votar, devido em grande parte ao trabalho duro da sufragista Kate Wilson Sheppard. Kate escreveu vários artigos e liderou protestos pela causa. Por fim, sua petição com 30 mil assinaturas convenceu o Parlamento da Nova Zelândia a estender o direito de voto às mulheres em 1893.

Seu registro de eleitora do mesmo ano é indexado nesta coleção e contém detalhes sobre seu registro, endereço e ocupação.

Pesquise Nova Zelândia, Cadernos Eleitorais, 1881–1935

Resumo

Pesquisar essas coleções no MyHeritage é gratuito. Para visualizar esses registros ou salvar registros na sua árvore genealógica, você precisará de uma assinatura de Dados ou Completa.

Se você possui uma árvore genealógica no MyHeritage, nossa tecnologia de Correspondência de registros o notificará automaticamente se os registros dessas coleções corresponderem aos seus parentes. Você poderá revisar o registro e decidir se deseja adicionar as novas informações à sua árvore.

Aproveite as novas coleções!

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado