Como minha avó de 86 anos encontrou dois irmãos que ela nem sabia que existiam graças ao MyHeritage

Comentários

Esta é uma postagem de convidado enviada por Ludmila Benová, uma usuária do MyHeritage que queria compartilhar uma descoberta incrível que ela fez conosco.

Gostaria de compartilhar com você como o MyHeritage ajudou minha avó a encontrar seus irmãos – irmãos dos quais ela não tinha conhecimento até os 86 anos!

Minha avó, Květoslava Bechyňová, nome de solteira Štiková, nasceu em 1930 na República Tcheca e cresceu como filha única de uma mãe solteira. Na época, minha bisavó, Julie Tichá, nascida em Štiková, trabalhava como empregada doméstica para uma família rica em Praga. Deve ter sido um período extremamente difícil nos anos 30 do século passado na Europa central, especialmente como mãe solteira.

Julie Tichá (nascida Štiková) em frente ao Hotel Hubertus em Lány (CZ), por volta de 1945. Julie e o marido estavam administrando o hotel entre 1937 e 1948, quando a propriedade foi expropriada pelo partido comunista tcheco.

Květoslava Bechyňová (nascida Štiková) e sua mãe Julie Tichá (nascida Štiková) com dois amigos, por volta de 1948

Minha avó foi criada em grande parte na casa de sua avó, pois sua mãe estava trabalhando para ganhar dinheiro suficiente para a família viver. Felizmente, ela sempre parecia ter trabalho e, mais tarde, ela também se casou com um homem incrível.

O casamento de Kvělava com Antonín Bechyně em 1949

Minha avó não conheceu seu pai biológico e nunca o procurou. Quando ela completou 7 anos, conheceu seu novo padrasto, que realmente a amava. Ela nunca sentiu a necessidade de procurar seu pai biológico. No entanto, quando criança, ela ouviu suas tias mencionando o nome dele, Emanuel Lukšíček, quando estavam conversando.

Emanuel Lukšíček quando jovem

Os anos se passaram, ela se casou e teve 2 filhos e 4 netos (1 deles sou eu!). Quando ela já era avó e todos os seus parentes mais velhos haviam falecido, ela compartilhou o nome de seu pai biológico com seus curiosos filhos e netos, inclusive eu. Esperávamos que o nome estivesse relacionado à família em que sua mãe trabalhava no momento em que engravidou. A família era judia e, infelizmente, desapareceu durante a Segunda Guerra Mundial. Mas a verdade acabou sendo surpreendentemente diferente.

Eu realmente queria encontrar meu bisavô, Emanuel, então procurei por ele online. No verão de 2015, pesquisei sites e bancos de dados diferentes, incluindo o MyHeritage, mas sem sorte. Depois de algumas tentativas frustradas, desisti e abandonei minha busca.

Cerca de 9 meses depois, recebi uma mensagem na minha caixa de entrada do MyHeritage de um Karel Lukšíček. A mensagem era muito curta, perguntando-me que relação eu tinha com o nome que procurei cerca de 9 meses atrás.

O MyHeritage possui um recurso chamado Search Connect™,que permite que os usuários se conectem com outros membros do MyHeritage que pesquisaram os mesmos ancestrais que você. Acontece que a pessoa que me enviou a mensagem me encontrou pelo Search Connect ™ quando procurou o nome do meu bisavô, Emanuel Lukšíček.

Comecei a me comunicar com Karel e aprendi rapidamente que ele poderia ser o meio-irmão da minha avó. Ele também é usuário do site MyHeritage e, como genealogista da família, cuida de sua árvore genealógica.

No começo, minha avó estava muito cautelosa e não queria acreditar. Algumas semanas depois, os dois se conheceram e ficou imediatamente óbvio que eles estavam relacionados. A semelhança é impressionante! Os dois então fizeram testes de DNA para confirmar o relacionamento deles … e era verdade! Com 86 anos, minha avó encontrou uma parte de sua família que nunca havia procurado, mas que recebeu com entusiasmo – dois meio-irmãos e suas famílias.

Graças aos novos parentes que descobrimos, conseguimos reunir a maior parte das histórias que levaram ao nascimento da minha avó. E a história acabou sendo bem diferente do que esperávamos.

Meu bisavô não pertencia à família do empregador – ele realmente trabalhava na oficina do peleiro. Ambos tinham 21 anos quando minha bisavó engravidou. Não sabemos quanto tempo o relacionamento durou nem o quanto eles estavam envolvidos um ao outro.

A única peça que falta que ainda não sabemos ao certo é se o pai biológico da minha avó sabia ou não sobre ela. Pode ser que isso siga sendo um mistério…

Graças ao site MyHeritage, este ano minha avó compartilhou um Natal alegre com seus novos parentes pela terceira vez, e no próximo verão eles celebrarão seu aniversário de 90 anos juntos!

Aqui está uma foto da minha avó Květa e seu recém-encontrado meio-irmão Karel quando eles se conheceram na casa da minha avó em 2016. Você pode ver que não há dúvida de que eles são irmão e irmã!

Květoslava Bechyňová e Karel Lukšíček (irmão e irmã) quando se conheceram em 2016

SAudações,

Ludmila Benová
Vancouver, BC, Canadá

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado