Para os melhores avós do mundo

Comentários2

Falar dos meus avós sempre me emociona. Tenho verdadeira adoração por eles e falo “tenho”, no presente, mesmo eles sendo todos já falecidos.

Meu avô Joaquim eu nunca conheci. Infelizmente ele faleceu antes mesmo do casamento dos meus pais e só depois de adulta, e de começar a pesquisar a genealogia, é que fui ver uma fotografia dele. Para isso tive que ir ao cemitério. Ainda guardo com muito carinho a foto da foto que tirei naquela visita. Depois disso, felizmente, encontrei mais fotos, para saciar minha curiosidade de saber quem foi o pai do meu pai.

Sua esposa, Francisca, era um doce de pessoa. Guardo com muito carinho as poucas memórias que tenho da minha “Vó Chica” já que ela faleceu quando eu tinha apenas 7 anos – aquela pessoa de olhos azuis e cabelo bem branquinho, que tinha tantas expressões únicas.

Meu outro avô, Curt, foi um homem maravilhoso. Era um avô exemplar – presente, interessado, generoso e muito alegre. Ele adorava sentar e bater papo. Tinha um aperto de mão que nos esmagava os dedos e uma risada contagiante que posso ouvir agora, enquanto escrevo estas linhas. E também se emocionava fácil, fácil… Ainda me lembro de suas lágrimas a cada vez que nos despedíamos, ou no dia do meu casamento.

Finalmente, minha avó Renata era aquela avó de comercial de margarina. Aquela que prepara as coisas que você gosta de comer, aquela que te dá o abraço apertado e te chama de querida. Aquela pessoa que faz tanta falta, tanta falta que parece que o buraco que deixou nos nosso corações nunca mais vai se fechar.

Mas é bom demais saber que meus avós continuam, de alguma forma comigo. Seja nas minhas lembranças, nas fotografias que tenho dos quatro, seja na sua presença na minha árvore genealógica, ou até mesmo no nome das minhas filhas – que têm como segundo nome o primeiro nome de suas bisavós.

E sei que não estou sozinha nesta vontade de homenagear os avós. Quando pedimos para que vocês enviassem as fotos dos seus avós, numa pequena homenagem, foram muitos os emails que recebemos! Vamos publicar aqui algumas destas fotos, para compartilharmos com vocês a emoção de receber tantas participações.

Obrigada por cada uma das fotos! E neste Dia dos Avós, fica aqui o nosso carinho para com todos eles. E se você ainda tem avós vivos, não deixe de ligar ou mesmo aparecer para dar um beijo e um abraço. São de gestos assim que são feitas as nossas lembranças futuras.

___________________________________

Sandra Fraile nos mandou esta foto da comemoração de 90 anos do seu avô Izidoro. E já esperamos a foto de comemoração dos 100 anos!

A Gislaine Bach nos mandou estas duas fotos lindas e deixou aqui umas palavras para o vovô homenageado:

Me chamo Gislaine, e esse é meu pai Edeloei, mas para os netos: Vovô Ei!
Ele recebeu a difícil missão de manter os filhos e netos próximos a ele depois que minha querida mãe nos deixou.
Infelizmente ele não tem conseguido, pois moramos longe, e não nos vemos tanto quanto gostaríamos.
As duas fotos são do ano passado, talvez agosto de 2015, num momento muito especial onde conseguimos reunir meu pai, nós os quatro filhos Loraine, Everson, Gislaine e Adriane, e os 7 netos: Vitor Hugo, Gabriela, Rafaela, Maria Eduarda, Maria Clara, Isabela e Gustavo.
Tenho certeza que a alegria das fotos definem bem o nosso sentimento de amor!
Essa é uma pequena homenagem a você pai!!!
Parabéns Vovô Ei pelo seu dia!!!
Te amamos muito!!!
Esta outra foto linda, acima, foi enviada pelo usuário Francisco Morais. Ela mostra a sua avó e família.
A Fabiane também escreveu umas palavrinhas para acompanhar a foto das 4 gerações que vemos acima:
Eu sou Fabiane Carvalho e nesta foto estão meu avô Hygino de 98 anos , meu filho Marcelo de 25 anos e minha neta Lívia de 1 aninho… avô, neta, bisneto e tataraneta
Na foto acima nós vemos o usuário do MyHeritage Roberto Simões com o seu irmão (o aniversariante) Robson, seu irmão Rayan e a querida avó Rosalina Alves Sacramento, que faleceu há 11 meses, deixando muita saudade…
O Matheus Campos nos enviou 10 fotos de seus avós e bisavós e nós não conseguimos decidir qual era a mais especial… Então fizemos uma pequena colagem. Clique na imagem para ampliar. E aqui vai a legenda que o Matheus preparou para as suas fotos (da esquerda para a direita, de cima para baixo):
Foto 1 – Esquerda para à direita – Meu Avô José Mauro, minha avó Nadir Barbosa Mauro, eu, minha Bisavó Enedina Rodrigues Barbosa (mãe da avó Nadir), minha mãe Aparecida Campos Barbosa Mauro, e Dona Lourdes, minha avó de consideração por ter cuidado de mim por anos.
Foto 2 – Direita para à esquerda – Bisavó Antonia Coelho Fleming (mãe do avô José Mauro), avó Nadir, eu, avó Lourdes.
Foto 3 – Meus avós paternos José Mauro e Nadir Barbosa Mauro comigo no colo.
Foto 4 – Minha avó materna Maria de Jesus comigo no colo.
Foto 5 – Meu batismo. Meus avós paternos foram meus padrinho de batismo, detalhe para minha avó Nadir comigo no colo durante a cerimônia.
Foto 6 – Eu no ano de 1997 com meu avô materno Acácio de Souza Campos. O grande detalhe dessa foto é que eu sou o único neto dele que tirou uma foto exclusiva com ele.
Foto 7 – Meus avós maternos Acácio de Souza Campos e Maria de Jesus ao centro. À extrema esquerda minha prima Iracema, à esquerda do meu avô minha mãe Aparecida, de verde o meu primo Alexandre do Prado Campos e à extrema direita tia Cida.
Foto 8 – Eu e minha bisavó paterna Enedina Rodrigues Barbosa, mãe da avó Nadir. O grande detalhe dessa fotografia é que foi a última que tirei com ela antes dela falecer em 2013.
Foto 9 – Eu com meus avós paternos José Mauro e Nadir Barbosa Mauro e meu irmão Samuel Isac Campos Barbosa Mauro ao fundo.
Foto 10 – Minha avó paterna Nadir Barbosa Mauro fazendo pão para os netos. Além de guardar um costume muito delicioso de fazer pão em casa, alimenta muita muito bem seus netos.
E, finalmente, vamos apresentar agora a grande foto vencedora! Ele nos enviou uma foto dos seus avós maternos e outra dos parternos, e as duas pertencem ao nosso usuário Wagner Ortiz.

O Wagner já vem pesquisando a história da sua família há 10 anos e também já usa o site do MyHeritage há todo este tempo. Ele já tem quase 500 pessoas cadastradas na sua árvore genealógica e tem tantas histórias legais para contar, que vai até publicar um livro. O Wagner deixou uma frase bem bonita pra todos nós: “Família é a porta da vida que nos leva em segurança ao futuro e ao passado!”.

Parabéns Wagner pelas assinaturas e um feliz dia dos avós para todos os melhores avós do mundo que existem por aí!

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado

  • Wagner Ortiz


    julho 27, 2016

    Fico honrado por estar batalhando em prol dos valores humanos e familiares num mundo tão caótico que inverte os valores. Obrigado, parceiros!

  • Isa Amaral


    setembro 26, 2016

    gostaria de saber de meus antepassados, partindo do nome de minha avó Leontina Jacome Gonçalves e de seus irmãos Maria Jacomo dos Reis e Otavio Reis; seria possível?, por parte de minha mãe, Izalina Gonçalves Amaral e por parte de meu pai, Oscar Amaral, cujo pai era Presciliano do Nascimento Amaral, sua mãe Rosa Candido Amaral. Sei que meu avô paterno era espanhol, Antonio de La Encarnacion e minha avó paterna Maria Pires
    Ah, o pai de minha mãe, meu avô materno se chamava Anisio Gonçalves e era filho de portugueses