27    mai 20145 Comentários

Inglaterra: o fim da genealogia?

O casal Michael Pugg e Rebecca Griffin, casados há 3 anos, são um exemplo da nova moda que está se instalando por todo o Reino Unido: o Meshing (traduzindo uma espécie de "mistura"). No Brasil, é comum a mistura de nomes próprios. Uma grande amiga minha de infância se chamava Tercimar - a mistura do nome do seu pai, Tércio, com o da sua mãe, Maria.

Na Inglaterra, no entanto, as pessoas estão misturando os sobrenomes. Para voltarmos ao exemplo acima, o casal inglês tirou uma parte do nome dele ("Pu") e outra parte do nome dela ("Ffin") e juntos eles são o sr. e a senhora Puffin.

"Nós tomamos esta decisão, pois ficamos sabendo desta fusão de sobrenomes e achamos a ideia ótima. Começamos então a experimentar com os nosso nomes, trocando sílabas pra lá e pra cá e achamos que o nome ficou muito bacana. Além disso, achamos muito legal trazer uma coisa tão nova para o nosso casamento", comenta Rebecca.

Imagem: Flickr.com/photos/mynmaeisharsha

Leia mais... "Inglaterra: o fim da genealogia?" »

3    jan 201489 Comentários

Sobrenomes: As tradições de cada país

Há algum tempo atrás, publicamos aqui no Blog do MyHeritage um post sobre os sobrenomes/apelidos dos nossos usuários e demos a chance a cada um de nos perguntar a frequência com a qual determinado sobrenome aparece no nosso site. Como este post foi bastante comentado, resolvemos trazer para vocês um pouco mais de informações sobre este assunto.

O sobrenome de uma pessoa é transmitido por descendência e dado de acordo com a lei ou com o costume de cada lugar. Muitas culturas têm hábitos diferentes sobre como os nomes são repassados de geração em geração.

Os primeiros sobrenomes foram dados na Idade Média, mas no início só os nobres tinham um complemento para seus nomes próprios. Com o passar do tempo e com o aumento populacional um nome só não era mais suficiente para que as pessoas pudessem ser distinguidas. Começa assim o hábito de se usar um sobrenome, que era dado de acordo com diferentes critérios:

  • Nomes patronímicos: são sobrenomes derivados do nome próprio do pai. Formam-se assim nomes como Henriques, Rodrigues, Nunes, Fernandes, Gonçalves, Esteves e Álvares, onde a terminação -es significa "filho de".
  • Nomes toponímicos: são sobrenomes que descrevem o local de nascimento, residência, terras de propriedade, um rio ou uma região relevantes para determinada pessoa. Encaixam-se nessa regra sobrenomes como Almeida, Andrada ou Andrade, Barcelos, Barros, Bastos, Castelo Branco, Cintra (de Sintra), Coimbra, Faria, Gouveia, Guimarães, Lima (nome de um rio, não a fruta), Lisboa, Pacheco (da vila de Pacheca), Porto, Portugal, Brasil, etc.
14    out 2013462 Comentários

Quantos usuários de MyHeritage têm o seu sobrenome?

É sempre interessante quando encontramos alguém com o mesmo sobrenome que o nosso. Dá sempre uma certa curiosidade em saber se a pessoa é, de alguma forma relacionada conosco. Mas quando encontramos alguém com o nosso sobrenome no site de MyHeritage a surpresa e as descobertas costumam ser maiores. Com uma coincidência temos a chance de aumentar a família de uma forma muitas vezes surpreendente e, além disso, com um novo membro da família podemos unir forças para juntos pesquisarmos a nossa história familar.

Você quer saber quantos usuários estão presentes no nosso site com o mesmo sobrenome que você? É muito fácil: deixe um comentário no final deste post e nós responderemos aqui mesmo, dizendo o número de usuários!

Quantos usuários de MyHeritage têm o mesmo sobrenome?

No Brasil há um dicionário especial, que trata das origens e interligações dos principais sobrenomes do país: Dicionário das Famílias Brasileiras, do pesquisador Carlos Eduardo Barata e de Cunha Bueno. Tem 17200 verbetes e cerca de 50 000 famílias registradas. Mas a chance de você encontrar alguém da sua família no site do MyHeritage é maior. Atualmente temos mais de 1.5 bilhões de perfis, que ocupam os galhos das 27 milhões de árvores genealógicas criadas por algum dos nossos 75 milhões de usuários.

E para saber quantas pessoas com o seu nome de família existem no nosso site, é só comentar!

Você achou este post interessante e/ou útil? Então curta este post ou dê um +1!

25    fev 201317 Comentários

Nomes das Famílias – CAVALCANTI

Cavalcanti ou Cavalcante, sobrenome de hoje é considerado no Brasil, como o sobrenome que mais agrega pessoas sobre a mesma ligação consanguínea, segundo o genealogista Carlos Eduardo Barata.

Quanto a grafia, todas as duas formas estão corretas com o "i" e o "e" variando apenas na grafia, mas quase todos os Cavalcantes tem um mesmo ancestral comum, Fillipo Di Giovanni Calvalcanti, um nobre nobre cavaleiro florentino da Ordem Soberana e Militar de Malta que migrou para o Brasil em 1560, gerando grande descendência. Fillipo era originário de Florença e faleceu em Olinda antes de 1614.

Leia mais... "Nomes das Famílias – CAVALCANTI" »

14    mar 20122 Comentários

Pesquisar pelos apelidos ou alcunhas?

Algumas situações bem divertidas da vida de muitos genealogistas sempre foi encontrar em documentos ou até mesmo no verso de fotos alguns nomes totalmente desconhecidos. Apelidos e alcunhas?

Primeiramente, para quem não sabe, apelido em Portugal é sobrenome no Brasil e, alcunha em Portugal é apelido no Brasil.

Leia mais... "Pesquisar pelos apelidos ou alcunhas?" »

21    jan 20110 Comentário

Sobrenomes e apelidos gastadores

O jornal HealthDay News publicou a conclusão de um trabalho científico elaborado pelos pesquisadores Kurt A. Carlson da Universidade de Georgetown e  Jacqueline M. Conard da Universidade de Belmont nos Estados Unidos de que o seu sobrenome interfere no seu modo de consumo. Segundo o trabalho os sobrenomes (apelidos) ou nomes começados com as letras do final do alfabeto tendem a ser os maiores consumidores de produtos e promoções.

A pesquisa comprovou ainda que esta tendência se manifesta somente sobre os nomes ou sobrenomes (apelidos) de solteiro ou melhor dizendo de infância.

Pessoas que os nomes ou sobrenomes (apelidos) onde a primeira letra for do final do alfabeto tendem a consumir, mais e mais rápido. Estes também serão os primeiros da fila na hora de compras,  promoções, entrada de espetáculos e eventos.

Leia mais... "Sobrenomes e apelidos gastadores" »

24    mai 20100 Comentário

Os Arturos

Mea Culpa.

A data já passou, mas não podemos deixar de registrar aqui em nosso blog o dia 13 de Maio que no Brasil se comemora a abolição da escravatura, que em 1888 libertou definitivamente setecentos mil escravos  e outros aproximados 700.000 escravos que  já tinham sido libertos ou por lutas nos Quilombos, ou por cartas de alforria ou ainda beneficiados pelas Leis anteriores do Ventre Livre e dos Sexagenários.

Na época a população do Brasil era de aproximadamente 6 milhões e pessoas, dai se pode imaginar o efeito desta transformação na sociedade, e diga-se que na época, surgiu por parte dos antigos senhores o medo de retaliação e outros falsos alardes o que levou muitos destes senhores a queimarem documentos de compra, de posse que registravam a procedência dos antigos cativos. Muitos destes escravos ou eram Afrodescendentes ou eram escravos trazidos para o Brasil e muitos deles não tinham nada além do seu primeiro nome.

CONTINUE A LER SOBRE ESTE ASSUNTO CLICANDO AQUI

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados