7    fev 20168 Comentários

Apresentando: Family Tree Builder versão 8.0

É com prazer que anunciamos a mais nova versão do nosso software gratuito Family Tree Builder (FTB). A versão 8.0 mantém todas as funções que você já conhece e adora, com um adicional importantíssimo: a estrutura interna foi totalmente reestruturada para poder comportar árvores extremamente grandes (com até 500 mil pessoas), garantindo uma performance rápida.

Faça o download gratuito do software Family Tree Builder agora!

Leia mais... "Apresentando: Family Tree Builder versão 8.0" »

25    out 20150 Comentário

46 milhões de registros históricos suecos agora disponíveis!

É com prazer que anunciamos que adicionamos mais de 46 milhões de documentos históricos suecos ao acervo do MyHeritage, no SuperSearch. Pela primeira vez, encontram-se disponíveis online, devidamente indexados e pesquisáveis, estes livros de registros paroquiais, datando de 1880 a 1920. Estes registros incluem informações sobre nascimentos, casamentos, falecimentos, endereços e até mudanças de composição das famílias. Eles mostram com exclusividade como era a vida das pessoas na Suécia no período mencionado, fazendo desta coleção uma fonte fantástica para todos aqueles têm antepassados suecos.

Pesquise os Livros de Exame do Agregado Familiar da Suécia agora

Leia mais... "46 milhões de registros históricos suecos agora disponíveis!" »

18    mar 20152 Comentários

Os vencedores!

Com um pouquinho de atraso, mas não sem a mesma emoção, revelamos hoje o nome dos dois sorteados que receberão um livro do genealogista Rodrigo Trespach totalmente grátis!

Gostaríamos de agradecer pela participação de cada um dos nossos usuários e agradecer pelas muitas respostas, tão cheias de significados, tão verdadeiras e tão pessoais. Dá para ver como o tema genealogia mexe com cada um de nossos usuários e, assim como o início do interesse de cada um pelo tema, também o desenrolar da pesquisa genealógica é feita cada uma de uma maneira única.

E de todas as respostas, foi com muita dificuldade que escolhemos as duas respostas abaixo.

Leia mais... "Os vencedores!" »

22    out 201423 Comentários

Como organizar sua pesquisa de história familiar

Quando começamos a fazer uma pesquisa genealógica, ela, muitas vezes, cresce rapidamente no início. Uma coisa acaba levando à outra e temos muitas pistas a seguir, caso um determinado lado da família seja mais difícil de se pesquisar. O resultado desta "euforia" inicial é um monte de papéis, anotações, fotos, objetos pequenos e até mesmo grandes.

Como manter o controle de tudo? Como fazer para não perder o foco e para não pesquisarmos a mesma coisa duas vezes, por puro esquecimento? Fato é que uma boa estrutura e organização desde o início vai facilitar a sua vida, lá na frente.

Imagem: bichomalucobeleza.blogspot

Aqui vão algumas dicas de como estruturar melhor o seu trabalho, e complementar as informações da sua árvore genealógica, mantida no MyHeritage.

13    mar 201424 Comentários

Entrevista: Nélio J. Schmidt

Nélio J. Schmidt - Imagem: Arquivo pessoal do autor

Recentemente tivemos o prazer de entrevistar Nélio J. Schmidt, fundador do site GenealogiaRS e um grande genealogista ligado à pesquisa de famílias alemãs no Rio Grande do Sul. Nesta entrevista ele fala um pouco mais sobre o seu site, sobre a genealogia teuto-brasileira, os desafios ligados à pesquisa familiar e nos conta um pouco sobre a sua própria história.

Boa leitura!

MH - Nélio, você é o fundador do site GenealogiaRS. Poderia falar um pouco mais sobre o seu trabalho com o site, sobre os seus objetivos e futuros projetos?

NS- Sim, o site do GenealogiaRS foi criado por mim, incentivado por vários outros colegas de pesquisas, pois necessitava-se de uma ferramenta para divulgação das atividades e dos acervos que se estava produzindo.Assim, o GenealogiaRS - Pesquisas Teuto-brasileira Ltda. foi criado por mim e devidamente registrado, tendo em vista as necessidades de atender algumas questões legais. No início das nossas atividades - o primeiro encontro de ainda um pequeno grupo de quatorze  pesquisadores, aconteceu no 14 de abril de 2011 - houve manifestações dos colegas para que fosse criado um site.

Leia mais... "Entrevista: Nélio J. Schmidt" »

13    nov 20135 Comentários

Genealogia eslovena – Entrevista com Fernando Paternost

Fernando com sua prima Malu - Foto: Simone Hlebanja

Temos o prazer de dar sequência à nossa série de entrevistas, trazendo hoje informações sobre a pesquisa genealógica de descendentes de eslovenos, no Brasil. O entrevistado de hoje é Fernando Paternost, o principal responsável pelo blog Eslovenos no Brasil e também pelo site da União dos Eslovenos do Brasil.

Boa leitura!

MH- Fernando, você é um dos vice-presidentes da União dos Eslovenos do Brasil. Poderia me contar um pouco mais sobre esta União e os seus membros?
FP- A União dos Eslovenos do Brasil foi criada como uma associação da comunidade eslovena e seus amigos a fim de promover a língua e a cultura eslovena aqui no Brasil. Os membros são em sua maior parte os eslovenos e seus descendentes, mais alguns amigos.

MH- Poderia falar mais sobre a imigração eslovena no Brasil? Que outros países têm uma grande colônia eslovena?
FP- Não dá para falar de uma imigração eslovena para o Brasil. Na verdade há eslovenos que vieram em diferentes épocas para o Brasil. Posso citar o caso de duas famílias no Rio de Janeiro que vieram ainda na época do Império para trabalhar na nossa então capital. Há imigrantes que vieram para o Brasil no fim do século 19 e início do 20 por questões econômicas, onde vinham buscar uma vida melhor, muito associados a imigrações italianas para o Brasil. E há aqueles que vieram fugindo das guerras, principalmente a segunda guerra mundial. Destes, muitos migrantes são expatriados políticos ou religiosos.
Os países que possuem as maiores colônias eslovenas pelo mundo são os países vizinhos (Itália, Áustria, Hungria e Croácia), a Austrália, os Estados Unidos e a Argentina.

Leia mais... "Genealogia eslovena – Entrevista com Fernando Paternost" »

4    nov 201321 Comentários

Genealogia basca – Entrevista com Diego Moreira

Diego Moreira

É com muita alegria que apresentamos hoje uma entrevista com um pesquisador da genealogia basca. Trata-se de Diego Moreira, que nasceu e vive no Rio de Janeiro, tem 31 anos, casado com a Lucimar e pai do Daniel e da Mariana, de 4 e 2 anos de idade. Diego é professor de Geografia na rede privada de ensino no Rio de Janeiro e em Niterói e atua com alunos do ensino médio e preparação para o vestibular.

MH- Diego, você está fazendo um trabalho fantástico de levantamento de imigrantes bascos radicados no Brasil. Poderia me contar um pouco mais sobre este projeto?
DM- Decidi pesquisar a presença basca no Brasil tomando como ponto de partida a minha própria história familiar. Sou bisneto de uma imigrante basca, Pura Larrabeiti Goiry, nascida em Derio, na província de Vizcaya, na Espanha.
Iniciei o trabalho em casa, levantando informações com familiares próximos. Depois descobri ferramentas na internet que dão acesso a informações relevantes sobre os nascidos na região, como batismos, casamentos e obituários. Com esses dados trilhei caminhos que me levaram a identificar mais de 150 ancestrais, nascidos do século XIX ao XVI. Incluindo cinco gerações completas (até os trisavós) e 88% dos ancestrais da sexta geração (tetra-avós) até o momento. Os dados incluem também indivíduos da sétima até a décima geração de ancestrais de minha bisavó.

O projeto em si foi pensado para ser realizado em parceria com as famílias de origem basca. O objetivo é pesquisar a ancestralidade e a descendência de imigrantes bascos radicados no Brasil. O elemento central da pesquisa é o imigrante, que representa o elo entre os mundos. As famílias auxiliam com informações sobre a descendência e eu pesquiso a ancestralidade.
O resultado desse trabalho abordando vários imigrantes será, sem dúvida, um valioso estudo da imigração basca para o Brasil e da genealogia basco-brasileira. Abre-se a possibilidade para estudar a contribuição dos bascos para o caráter multiétnico do povo brasileiro, sua identidade e sua representação coletiva. Pretendemos incluir o georreferenciamento das informações, o que nos permitirá elaborar um mapa sobre a imigração basca para o Brasil, tanto em relação à origem dos imigrantes, quanto em relação à dispersão de seus descendentes pelo Brasil e pelo Mundo. Quanto mais famílias aderirem ao projeto, melhor e mais completo ele se torna.

Leia mais... "Genealogia basca – Entrevista com Diego Moreira" »

21    out 20130 Comentário

Como entrevistar familiares – Webinar

Há uma semana realizamos o nosso Webinar, em que demos dicas variadas para que as entrevistas com os nossos familiares sejam bem-sucedidas. Obrigada pela presença de cada um de vocês e peço desculpas pelo problema que alguns dos nossos usuários enfrentaram com o fuso-horário.

Infelizmente o site do Webinar estava mostrando um horário errado para os usuários do Brasil e, consequentemente, alguns dos usuários se logaram com uma hora de atraso, quando o webinar já havia se encerrado. Este erro foi comunicado ao site do Webinar e espero que seja corrigido para o nosso próximo encontro.

Então, para todos que perderam o nosso webinar, ou para aqueles que desejam rever as dicas fornecidas, aqui está o nosso vídeo.

Gostaria de aproveitar a oportunidade para divulgar o nosso próximo Webinar, que será realizado no dia 12 de dezembro de 2013 às 19:00 (horário de Brasília). O tema será SmartMatches - tudo o que você precisa saber sobre elas! Vocês já podem se registrar para o próximo webinar aqui. Lembrem-se a inscrição é em inglês, mas o webinar será realizado em português.

Para saber como se inscrever, clique aqui.

Caso você já tenha perguntas, sugestões ou dúvidas que vocês queiram esclarecer durante o Webinar, mande um email para brasil@myheritage.com.

Até lá!

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2016 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados