17    jun 20140 Comentário

É Copa!

É Copa, é Brasil, é a torcida vibrando
É a família unida, Galvão Bueno narrando
É nossa Seleção, sempre verde e amarela
É a bandeira no estádio, de todas a mais bela

É o povo cantando o Hino Nacional
É muita emoção, um arrepio geral
É a superstição e todo um ritual
É fazer sempre igual, pra não acabar mal

Leia mais... "É Copa!" »

1    mai 201411 Comentários

20 Anos sem Ayrton Senna – uma homenagem

Algumas personalidades marcam as vidas das pessoas comuns como poucas. Elas nos fazem sorrir, outras chorar, nos fazem cantar junto e, no caso do piloto de Fórmula 1 Ayrton Senna, nos fazem vibrar.

No meu caso, em especial, Senna me fez vibrar por um esporte que eu nunca tinha apreciado (ou entendido) anteriormente. E me fazia sentir um orgulho enorme em ser brasileira, cada vez que a bandeira era hasteada após mais uma vitória do piloto.

Ayrton Senna da Silva, talvez até pelo sobrenome comum a tantos brasileiros, parecia ser "um de nós".

O paulistano nasceu no dia 1º de março de 1960, filho de Milton Teodoro Guirado da Silva e Neide Joana Senna da Silva. Incentivado pelo pai, um entusiasta das competições automobilísticas, ganhou um kart aos 4 anos de idade, feito pelo próprio pai, com um motor de cortador de grama. Senna era muito habilidoso e impressionou a sua família, que permitia que ele conduzisse outros veículos nas fazendas do pai, com apenas 9 anos de idade.

Perfil de Ayrton Senna - SuperSearch

Leia mais... "20 Anos sem Ayrton Senna – uma homenagem" »

1    nov 201330 Comentários

Finados: Que antepassado você gostaria de encontrar e por quê?

Amanhã é dia de Finados. É um dia para nos lembrarmos e homenagearmos aqueles familiares e antepassados que não estão mais entre nós, através de uma visita ao cemitério.

Talvez seja o dia de acender uma vela, se você for religioso - de fazer uma oração, se não for, talvez só de pensar, com saudades,  com muitas saudades, naquelas pessoas especiais e queridas que fizeram parte das suas vidas, ou talvez naquelas que gostariam tanto de ter conhecido, mas nunca puderam.

Leia mais... "Finados: Que antepassado você gostaria de encontrar e por quê?" »

12    jun 20110 Comentário

Dia dos Namorados

No nosso post anterior colocamos a figura de um pássaro.

Porque somos como passarinhos criados com carinho,

em um ninho quente e aconchegante,

Aprendemos a voar, a bater asas, a desafiar o vento, a ver o mundo de cima.

Aprendemos no exemplo dos nossos pais passarinhos que, devemos continuar,

devemos nos superar e sabemos que não podemos sozinhos ou errantes.

Temos que dividir para somar.

Temos que namorar e Amar.

Isto é o que a família ensina.

Feliz Dia dos Namorados.

2    jun 201124 Comentários

Prêmio merecido

Na nossa postagem do dia 02 de maio " Toda mãe é uma Heroína" nossa equipe e todos os redatores de Myheritage se uniram para prestar uma homenagem a todas as mães do mundo. Postamos nossas considerações e lembranças de nossas mães para que nossos leitores pudessem ter uma motivação especial para comemorarem juntamente com suas mães ou com a lembrança delas o Dia das Mães em 2011. Lançamos um desafio premiado aos nossos leitores e tivemos a grata satisfação de receber como resposta um comentário muito bonito vindo do Brasil.

Gislaine Bach é a autora do texto que recebeu de nossa equipe o prêmio da Campanha "Minha mãe é uma Heroína"

Gislaine é natural de Ponta Grossa no Estado do Paraná. Casada com Alexandre e mãe de Maria Eduarda e de Maria Clara.

Gerencia uma árvore com 18047 perfis, 372 membros registrados e um total de 2241 fotos e visitou a sua árvore 5279 vezes até hoje.

Descendentes de alemães do Volga, italianos, ucranianos e poloneses, começou a sua pesquisa genealógica a 10 anos.

Na nossa troca de emails e nos comentários que Gislaine coloca em nossa página no Facebook realçamos um de seus comentários ao receber nosso email avisando do prêmio :

- EEEEE!!!! mas que felicidade! ganhei mesmo??? Puxa que boa notícia! Fico bem feliz, e ainda mais que tenha sido relacionado a minha mãe!

Agora para que você saiba por que a Gislaine foi a escolhida, leia o texto que ela postou em nosso blog:

Leia mais... "Prêmio merecido" »

8    jul 20100 Comentário

CAZUZA

20 anos sem Cazuza.

Neste último dia 07 de julho os herdeiros da rebeldia, da alegria e da vida em poesias se lembraram de um grande ídolo da música brasileira. Cazuza.

O tempo não para, já se vão 20 anos. Eu curti, minha filha curte.

Sua poesia revelava um estado de espírito do brasileiro, do jovem Brasil que despontava.

Quem aqui, não ouviu as estrofes de Burguesia? Grito rebelde no meio da mudança política e social do Brasil?

Você se lembra? Não?

.....

Pobre de mim que vim do seio da burguesia
Sou rico mas não sou mesquinho
Eu também cheiro mal
Eu também cheiro mal

A burguesia tá acabando com a Barra
Afunda barcos cheios de crianças
E dormem tranqüilos
E dormem tranqüilos

Os guardanapos estão sempre limpos
As empregadas, uniformizadas
São caboclos querendo ser ingleses
São caboclos querendo ser ingleses

A burguesia fede
A burguesia quer ficar rica
Enquanto houver burguesia
Não vai haver poesia

A burguesia não repara na dor
Da vendedora de chicletes
A burguesia só olha pra si
A burguesia só olha pra si
A burguesia é a direita, é a guerra

Este é Cazuza, amado, odiado, mas um dos poucos que assumiu sua doença, mostrou sua coragem quando todos escondiam as verdades. Morreu, não foi exemplo, porque depois dele, vários outros também morreram da mesma AIDS (SIDA) que mata sem piedade.

O tempo não para. O que para é a lembrança.

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados