31    mar 20147 Comentários

Histórias de família: Rosana Venceslau

Hoje temos o prazer de trazer para vocês mais uma linda história de família, a história da família Venceslau, contada pela nossa usuária Rosana. Rosana conta aqui, como começou a sua pesquisa familiar e sobre um grande evento de família que ela está planejando e que será realizado no próximo mês.

Boa leitura!

Rosana e seu avô

"Sempre tive orgulho de fazer parte da família Venceslau e trazer comigo um pouquinho dos ensinamentos dos meus avós Paschoalinho Wenceslau e Ruth Nogueira Venceslau.

Trago em meu coração a lembrança de momentos felizes ao lado deles, do afeto dos meus tios, das brincadeiras na infância com os primos, dos Natais inesquecíveis na casa da tia Esther, das aventuras em Itacarambi quando visitamos a tia Maria, das férias em Atibaia e até de uma baita bronca que eu e outros netos levamos do vô depois de uma tarde de muita bagunça por lá.

No falecimento da minha avó, em 31 de março de 2004, me senti muito triste diante da certeza de que meus futuros filhos não teriam a oportunidade de conviver com ela nem ao menos um pouquinho. E de que eles só iriam conhecê-la por meio do que eu lhes contasse sobre ela. O mesmo sentimento tomou conta de mim na despedida final de meu avô, em 5 de dezembro de 2007.

Pouco tempo depois, surgiu a ideia de construir a árvore genealógica da família, como forma de registrar parte de sua história, resgatar suas memórias e possibilitar aos descendentes de Paschoalino Wenceslau e às novas gerações a oportunidade de conhecer suas raízes e saber quem foram seus antepassados. Meu interesse pela pesquisa e minha curiosidade, características típicas de uma jornalista, só aumentaram o desejo de realizar este trabalho.

Leia mais... "Histórias de família: Rosana Venceslau" »

28    nov 20131 Comentário

Usuário contando sua história: Helio Dansa

Hoje vamos contar aqui no blog a história de um dos nossos usuários: Hélio Dansa.

Hélio, de 76 anos de idade, prefere não divulgar a sua foto pessoal, mas compartilhou conosco histórias muito especiais da sua família. Ele é casado há 55 anos e foi Recruta da Polícia Militar aos 17 anos. É ex-aluno da Escola Preparatória de Cadetes do Ar, em Barbacena, MG, foi securitário por muitos anos, e hoje é Corretor de Seguros. Na sua extensa lista de ocupações e títulos destaca-se ainda a pós-graduação em Direito Imobiliário pela FMU e o fato de que é advogado militante em Campinas, SP, há mais de 20 anos.

Helio ainda não conseguiu descobrir muita coisa em relação ao seu lado paterno, mas há 50 anos pesquisa a sua história familiar e no ano passado ele descobriu o site de MyHeritage. Ele chegou até Barcelona, na Catalunha, província hoje separatista da Espanha e encontrou o seu sobrenome no aeroporto de Barcelona -  El Prat de L'Obrigat.

Escudo de El Prat de Llobregat

"De meu avó paterno, Estevam Dansa Prat, nascido em Madrid, Espanha, tenho uma foto de família, mas não o conheci pessoalmente, porque faleceu antes de meu nascimento. Como tenho 76 anos de idade, certo que ele chegou ao Brasil bem antes disso. Além da foto, tenho um baú de ferramentas com as iniciais E. D. inscritas num losango de latão. Coincidentemente, o losango figura no brasão da cidade de El Prat, onde fica o aeroporto de Barcelona, na Catalunha. "

Seu avó, um carpinteiro, nasceu em Madrid e veio para o Brasil trazendo um parque de diversões de sua propriedade. Casou-se com Teodolina Barbosa, que não recebeu o sobrenome Prat, mas apenas Dansa. Foi ela quem lhe deu o nome de Helio. Sua mãe queria Paulo, nome que foi dado, posteriormente, ao filho de Helio.

Helio pode constatar que a música é uma constante na sua árvore genealógica e são vários os episódios com veia musical.

Leia mais... "Usuário contando sua história: Helio Dansa" »

10    set 20133 Comentários

Os tesouros debaixo do assoalho

Li este texto no mural de um grande amigo e não poderia deixar de compartilhá-lo aqui no nosso blog.

Imagem: Fábio Biff http://bit.ly/1amW3tI

"Deixem-me contar-lhes uma parábola.

Vocês conhecem aquelas casas de madeira, de tábuas largas, com fendas e gretas pelas quais costumam cair, debaixo do assoalho, um espelhinho, um pente, uma moeda, um botão, uma miçanga, mil coisas assim, que ficam lá embaixo, na escuridão?

Os meninos antigos gostavam de deitar-se no chão e ficar olhando pelas gretas o velho porão escuro. Quando um raio de sol penetrava lá embaixo, brilhavam coisas esquecidas e perdidas, pequenas ninharias que se acumulam, anos a fio.

Leia mais... "Os tesouros debaixo do assoalho" »

14    ago 20135 Comentários

O Genealogista

O que faz de você um genealogista?

As histórias contadas por algum parente mais velho? As fotografias que lotam as caixas de sapato com imagens de pessoas que você nem sabe quem são? A necessidade de se tirar um passaporte em outro país de onde você imagina que seus antepassados saíram?

O que te move a ser genealogista?

Para muitos, apenas uma das razões ditas acima já é o suficiente para se fazer genealogia, mas, em algum momento, em algum estagio de sua pesquisa de nacionalidade, algo vai mudar e você verá com outros olhos aquele emaranhado de caixinhas azuis e rosas em sua árvore genealógica. Um brilho nascerá em você e você se transformará.

Leia mais... "O Genealogista" »

11    jun 20131 Comentário

Nossas Histórias: O Mayflower¹ e muito mais!

Há tantas maneiras de ser mordido pelo bichinho da genealogia. Uma usuária de MyHeritage,  Melva Jo Wright da Flórida (EUA) assumiu a investigação de sua tia materna (Geraldine Martinez), quando ela morreu, em 2004.

Quatro irmãs de sua tia ajudaram na pesquisa e cada uma delas recebeu uma pasta com a história da família de sua irmã pesquisadora.

Bisavós maternos de Melva Jo e sua família: Norval Channing Smith (1878 PA-1955 PA) e Amanda Catherine (Pyle) Channing (1877 PA-1957 PA). Sua avó (extrema esquerda) é Rebecca ( Channing) Lytle (1901 PA-1980 FL) (foto cortesia) - (PA=Pensilvânia - FL= Flórida)

A maioria delas têm compartilhado comigo, mas eu ainda estou à espera de ouvir os outros para completar os seus dados em nossa árvore genealógica. Espero que eles tenham algumas imagens originais, como a maioria dos que eu já tenho são cópias.

Melva Jo, 60 anos, tem três filhos e três enteadas. Sua mãe trabalhava no Pentágono e seu pai era um piloto de stockcar, falecido em 1951 de uma corrida. Sua mãe se casou novamente, com um grande major do exército, e a família vivia na Alemanha e na França.

Entre suas descobertas emocionantes, constam: John do Mayflower¹ e Priscilla Alden que são seus nonos bisavós diretos. Ela também está relacionada ao escritor Henry Wadsworth Longfellow, ao presidente Abraham Lincoln, Clement Clark Moore (que escreveu "The Night Before Christmas), bem como Orson Wells, Marilyn Monroe, Dick e Jerry Van Dyke e Ricky Nelson, para citar alguns.

Leia mais... "Nossas Histórias: O Mayflower¹ e muito mais!" »

10    jun 201311 Comentários

10 Dicas para entrevistar membros da família

As lembranças de membros da família, as fotos e documentos que eles possuem, e as informações que eles fornecem tem um valor inestimável para a história da família. Consideramos sempre entrevistar os parentes mais velhos primeiro, pois eles costumam saber mais sobre as gerações anteriores de nossa família, tem mais conhecimento e documentos e que podem desaparecer com a morte ou quando a memória desaparece e a informação pode ser perdida para sempre.

Seu parente pode ser a única pessoa que saiba de qual país ou cidade que seus antepassados ​​imigrantes vieram, além disso, se o seu nome de família era diferente das gerações anteriores e esta informação, do nome original, somente os seus parentes mais velhos saberiam dizer.

Aqui estão algumas dicas que eu espero que você ache útil quando você for entrevistar membros de sua família:

Leia mais... "10 Dicas para entrevistar membros da família" »

12    mar 20133 Comentários

Ajuda é bom e eu gosto

Não sei quanto a você, mas o meu site em MyHeritage está cheio de gente. E gente bonita.

Mas confesso uma coisa, eu fiquei um bom tempo desde 2008 montando a minha árvore quase que sozinho. Um trabalho que foi muito desgastante.

Minha árvore só começou a render, quando eu me rendi a pedir ajuda aos outros parentes e passei a usar o convite de forma quase que indiscriminada.

Ponderei varias vezes este assunto: Convidar ou não convidar?

Leia mais... "Ajuda é bom e eu gosto" »

4    mar 20132 Comentários

A Árvore Genealógica de Gauguin

Paul Gauguin. D'OU VENONS, NOUS QUE SOMMES NOUS, OU ALLONS NOUS. (1897) Museu de Belas Artes de Boston

Paul Gauguin foi uma das maiores expressões artísticas do mundo e que, pensava a arte como filosofia.  Quando pintou seu quadro "D'ou venons, nous que sommes nous ou allons nous, (De onde viemos? Quem somos? Para onde vamos?), em 1897, ele se encontrava em um "retiro espiritual" nas Ilhas Marquesas na Polinésia Francesa.

Sua árvore genealógica tem todos os ingredientes que devemos pensar em nossa vida.

Leia mais... "A Árvore Genealógica de Gauguin" »

1    mar 20131 Comentário

Achando ancestrais com MyHeritage

Alguns usuários em busca de parentes pelo mundo, estão encontrando algumas situações bem interessantes.

Ao procurarem seus parentes em um país, acabam por encontrar e confirmar outros parentes em algum outro país.

Este fato tem nos chamado a atenção, principalmente por levarmos em consideração as imigrações internas  dentro de um continente o que foi, e ainda é muito comum, no estudo das movimentações de comunidades.

Um exemplo atual deste fato é a conhecida imigração dentro da Europa unificada, quando pessoas de alguns países procuram outros países dentro do mesmo continente em busca de melhores condições de vida.

O que esta acontecendo hoje, já aconteceu no passado, principalmente na Europa no final do século XIX, quando, muitas pessoas imigraram da Itália para a Espanha ou Portugal e destes países, posteriormente, imigraram para o Brasil ou para os E.U.A., mas, no período em que estiveram no país vizinho, parte da família não seguiu viagem e acabou por formar vínculos naquele país de acolhida.

A família ficou dividida entre Itália, Espanha e Brasil.

Com o sobrenome conhecidamente italiano, algumas pessoas estão encontrando parentes na Espanha ou Portugal.

Se você é descendente de imigrantes, pode ser que esteja acontecendo o problema também com você. Será?

Curiosos como somos, gostaríamos de saber se em suas pesquisas, o Smart Matches, tem mostrado sites e coincidências verdadeiras em vários países, ou seja, árvores genealógicas coincidentes em diversos países. Você poderia responder a nossa pesquisa? Quem sabe poderíamos encontrar uma maneira de ajudar.


Obrigado por responder a nossa enquete.

18    fev 20131 Comentário

Os caminhos da família

Com o anúncio dos candidatos ao Oscar de 2013 com os melhores de 2012, um dos filmes mais cotados é "Lincoln" o filme do cineasta Steven Spielberg com Daniel Day-Lewis interpretando o 16º presidente americano Abraham Lincoln, considerado como o melhor e mais influente dos presidentes americanos.

O filme tem despertado inúmeras críticas positivas da mídia pelo modo como Spielberg resolveu contar o filme, mostrando um Lincoln humano e sensível a uma nobre causa e não como uma figura histórica e cheia de frases e pensamentos.

Filme a parte, a interpretação do personagem por Daniel Day-Lewis chama atenção pela sua incrível participação. Daniel é um destes atores que leva a fundo os personagens que realiza.

Um dos pontos de bastidores, mostrados no Make Off do filme é o trabalho histórico feito pela equipe de roteiristas que incluiu a pesquisa histórica nos locais onde Lincoln começou a pensar em um discurso abolicionista, o que levou a América a uma guerra civil.

Leia mais... "Os caminhos da família" »

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados