24    mar 20140 Comentário

Uma mulher incrível

Recentemente me deparei com uma foto em uma página do Facebook, com uma legenda incrível: No século XVIII, ao longo de 40 anos, uma senhora russa teve gêmeos por 16 vezes, além de ter dado à luz 7 vezes a trigêmeos e 4 vezes a quadrigêmeos. Todos com o mesmo marido.

Família de Joseph F. Smith - Wikipedia

Confesso que fiquei intrigada com a notícia, afinal, ter trigêmeos ou quadrigêmeos, naquela altura, é já para mim um fato inédito. Ter 69 filhos (sendo mãe de duas e sabendo o trabalho que dá) então, é algo, no mínimo, para uma Mulher Maravilha. Fui procurar então mais algumas informações em relação a esta Mãe (com letra maiúscula!) e, segundo o Livro dos Records do Guiness, ela realmente existiu. E, ainda segundo o livro, ela teve realmente   69 filhos entre os anos de 1725 e 1765, todos eles com o camponês Feodor Vassilyev. A senhora Vassilyev passou por 27 partos: teve gêmeos 16 vezes, trigêmeos 7 vezes e quadrigêmos 4 vezes.

No entanto, a foto que vemos ali acima não é a foto da família Vassilyev, mas, sim, a foto da família de um mórmon - Joseph F. Smith.

Leia mais... "Uma mulher incrível" »

22    nov 201210 Comentários

Como começou a sua árvore?

Todos nós temos o nosso projeto de árvores genealógicas em MyHeritage.

Plantamos este projeto a algum tempo. Eles esta crescendo, ganhando ramos e novas folhas.

Cada dia que passa, somos mais motivados a visitar, regar e cuidar de nossa árvore.

Somos genealogistas, somos historiadores da família, somos contadores de história.

Nosso sonho é deixar um patrimônio que dure muitos e muitos anos e que possa ser admirado e estudado por nossos descendentes. Nenhum de nós esta fazendo árvore genealógica para durar apenas alguns anos.

Queremos que as novas gerações de nossa família possam, com mais facilidade, estudar os detalhes das vidas dos que os antecederam.

Cada um teve um motivo para colocar esta semente e cuidar para que ela florescesse e ganhasse o vulto e o significado que tem hoje.

Leia mais... "Como começou a sua árvore?" »

4    out 20110 Comentário

Um caso especial – Gêmeos sensitivos

A muito tempo se estuda a reciprocidade de sentimentos entre as pessoas.  Os sentimentos de medo inexplicável, o de ansiedade e muitos outros sentimentos que parecem pertencer a uma só pessoa e na realidade são comuns a duas delas ligadas por um vínculo conhecido. A maioria destes estudo são baseados em gêmeos pois apresentam a maioria dos fatores necessários para comparar a mesma formação genética.

Um estudo realizado pelo Dr. Thomas Bouchard da Universidade de Minnesota nos Estados Unidos, encontramos alguns exemplos impressionantes que deixam algumas evidências de que existe mesmo alguma relação que faz com que as emoções possam ser sentidas ou vivenciadas por dois indivíduos em locais, e situações diferentes.

Esta reciprocidade pode ser contada no caso Lambe que descrevemos aqui: A norte americana Alice Lambe, irma gêmea de Dianne em uma tarde de sábado, em 1948 estava lendo em sua casa em Springfield, nos Estados Unidos quando derrepente sentiu um golpe seguido de muita dor do lado esquerdo do corpo, com o impacto ela caiu da cadeira e chamou o pai e avisou que poderia ter acontecido algo com de ruim com Dianne e realmente acontecera. Dianne havia sofrido um acidente de trem e fraturado duas costelas. Como a dor de Alice não cedia, ela realizou um exame de raio X e constatou que as mesmas duas costelas em seu corpo estavam quebradas.

Como explicar este fenômeno? Coincidências? A queda da cadeira? Mas e quanto ao horário dos acidentes? E quanto a comprovação de que as fraturas eram idênticas?

Leia mais... "Um caso especial – Gêmeos sensitivos" »

29    ago 20111 Comentário

Gemêos de pais diferentes

Uma reportagem impressionante foi publicada no Jornal Mirror. Uma história que traduzimos para você.

Um caso raríssimo onde as chances são muito pequenas de acontecer.

As chances desta história se repetir são tão pequenas que seria como ganhar na loteria repetidas vezes com os mesmos números. Tente calcular 1 nascimento em 1 bilhão de nascimentos. Quase impossível.

Por Karen Rockett, Sunday Mirror 28/08/2011

Os gêmeos Marcus e Lucas vieram ao mundo com uma diferença de 48 minutos apenas, mas eles tem dois pais diferentes

Leia mais... "Gemêos de pais diferentes" »

4    jun 20100 Comentário

Gêmeos em dobro

Quem tem na família um caso de gêmeos, sabe que tudo é multiplicado por dois, ou três ou mais.

Mais ou menos 500 mamadeiras por mês é muita fécula de milho para tanto mingau e os números  são de deixar qualquer papai ou mamãe quase a beira da loucura. Papinhas, berços, carrinhos, roupinhas, e as terríveis fraldas parecem um pesadelo, mas não são. Ter gêmeos, segundo uma mãe, é "padecer no Paraíso duas vezes", segundo um pai, "é ir junto".

Meus filhos caçulas são gêmeos e você pode imaginar a confusão que eu fazia pela madrugada? Dar de mamar ao mesmo filho, ou pior ainda, dar remédio ao outro e sem entender porque um ficava gordinho, mas sempre tinha um resfriadinho e o outro sempre magrinho e com uma saúde de ferro. Algumas medidas de segurança para quem tem filhos gêmeos são essenciais como, por exemplo, nunca, mas nunca mesmo colocar os dois no mesmo berço e com o mesmo pijaminha. É perigoso. Palavra de pai.

Imagine o quanto estas crianças sofreram nas mãos de um pai cansado?

Leia mais... "Gêmeos em dobro" »

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados