20    nov 20131 Comentário

Dia da Consciência Negra

Pintura de Antonio Parreiras retratando Zumbi, morto em 1695. Fonte: Wikipedia.

Hoje é o Dia da Consciência Negra, um dia de reflexão que foi instituído no Brasil há pouco tempo, porém não é considerado feriado para muitas cidades do país. Este dia foi escolhido para coincidir com a data de falecimento de Zumbi dos Palmares - o último dos líderes do Quilombo dos Palmares.

Mas, apesar de não ser um feriado nacional, é um dia para pensarmos um pouco mais. Para refletirmos sobre a desigualdade na nossa sociedade e para relembrarmos do nosso passado e dos nossos antepassados. Passado um pouco inglório, se lembrarmos que o Brasil foi o último país ocidental a abolir a escravatura. Um título nada honroso para nós.

Ao analisarmos o Censo de 1872 (o único do período colonial a incluir a população de escravizados), do total de 10 milhões de habitantes 58% dos residentes no país se declaravam pardos ou pretos, contra 38% que se diziam brancos. Os estrangeiros somavam 3,8%, entre portugueses, alemães, africanos livres e franceses. Os indígenas perfaziam 4% do total dos habitantes (Fonte: http://www.palmares.gov.br/).

Leia mais... "Dia da Consciência Negra" »

18    set 20131 Comentário

Cemitério de escravos é encontrado durante reforma

Para quem é dono de um imóvel de mais idade todo o cuidado é pouco na hora de fazer uma grande reforma. Pois nunca se sabe os tesouros que poderemos encontrar ao longo do processo. Um exemplo disso é a história de Ana Maria de la Merced Guimarães que encontrou ossadas debaixo de sua casa.

Aproveite a leitura!

Por Flávia Villela
Repórter da Agência Brasil

Empresária do ramo da dedetização, Ana Maria de la Merced Guimarães, nunca imaginou que a compra do imóvel na rua Pedro Ernesto, nº 36, no bairro da Gamboa, zona portuária do Rio, mudaria radicalmente sua vida, a de seu marido, Petruccio, e das três filhas. Em 1996, durante uma reforma, a família descobriu ossadas debaixo da casa. A princípio, desconfiou que fossem de cachorros, até encontrarem várias arcadas dentárias humanas.

Ana Maria - Imagem: Café História

Leia mais... "Cemitério de escravos é encontrado durante reforma" »

18    jan 20138 Comentários

O Censo de 1872 no Brasil

Para nós pesquisadores de genealogia, ter a informação oficial é muito importante.

Saber a quantidade de pessoas que viviam em algum lugar, em alguma espaço de tempo é primordial para se conhecer como viviam os nossos antepassados.

Recentemente foi disponibilizado para consulta pública o Censo de 1872 Brasileiro.

São informações demográficas que ajudam muito a quem faz suas pesquisas. O site do Núcleo de Pesquisa em História Econômica e Demográfica, integrado ao Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional, apresenta os resultados das pesquisas feitas durante o Censo Brasileiro com a quantidade por cidade de pessoas livres, escravos ou libertos, homens ou mulheres, crianças ou adultos em uma época de intensa mudança social no Brasil.

O censo esta no intermeio das Leis Abolicionistas como a Lei do Ventre Livre (1871) e a Lei Áurea (1888) e neste censo já é possível perceber em números a grande quantidade de escravos libertos.

É possível também se conhecer cidade por cidade, o número de estrangeiros existentes por etnia.

Para consultar as planilhas e documentos, acesse o site do NPHED clicando AQUI.

Será necessário cadastro, mas caso você tenha dificuldades de se cadastrar use como usuário o e-mail:

nphed@cedeplar.ufmg.br e a senha N123

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados