27    fev 20121 Comentário

O cheiro dos livros

A tecnologia em alguns momentos assusta algumas pessoas. Em um recente encontro com um historiador, discutíamos a transferência de um grande acervo para arquivos digitalizados. Ele, manifestou sua preocupação e temor de que um dia, as pessoas deixarem de visitar museus e arquivos. Tem lógica. Afinal, é mais barato uma pesquisa feita pelo computador do que a busca de um documento em loco.

A rapidez como nos transferimos de um museu virtual para outro museu virtual é impressionante, digo, é um simples clicar de botões.

E então? Os arquivos originais seriam legado de traças? Não.

Sempre vai existir a vontade em todos nós de ver o documento. Assim é comigo e deve ser também com você.

Quando eu peço um documento via internet, o motivo é a rapidez com que ele chega até mim com as informações que eu preciso, mas, negocio o envio do documento pelas vias normais de correspondência. É necessário colocar a mão no documento, sentir seu cheiro, sentir a textura.

Estive recentemente em um dos maiores acervos de documentos históricos do Brasil, no Arquivo Público Mineiro em Belo Horizonte.

Leia mais... "O cheiro dos livros" »

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados