22    out 20141 Comentário

Como organizar sua pesquisa de história familiar

Quando começamos a fazer uma pesquisa genealógica, ela, muitas vezes, cresce rapidamente no início. Uma coisa acaba levando à outra e temos muitas pistas a seguir, caso um determinado lado da família seja mais difícil de se pesquisar. O resultado desta "euforia" inicial é um monte de papéis, anotações, fotos, objetos pequenos e até mesmo grandes.

Como manter o controle de tudo? Como fazer para não perder o foco e para não pesquisarmos a mesma coisa duas vezes, por puro esquecimento? Fato é que uma boa estrutura e organização desde o início vai facilitar a sua vida, lá na frente.

Imagem: bichomalucobeleza.blogspot

Aqui vão algumas dicas de como estruturar melhor o seu trabalho, e complementar as informações da sua árvore genealógica, mantida no MyHeritage.

20    out 20141 Comentário

Meu querido diário

Alguém de vocês já teve um diário na infância, na adolescência ou talvez ainda o tenha? Todos nós sabemos o objetivo de um não é mesmo? Pretendemos guardar nossas experiências, pensamentos e lembranças, os nossos segredos, esperanças e inseguranças, ou simplesmente um local em que podemos dar vazão aos nossos sentimentos.

Por isso, encontrar um diário de um antepassado, é ao mesmo tempo acessar os pensamentos mais íntimos de nosso familiar, mas também ter acesso a uma riqueza de informações sobre a sua vida.

Leia mais... "Meu querido diário" »

13    ago 20142 Comentários

Nova diretoria do IHGGI para o biênio 2014/16

No ultimo dia 18, durante cerimônia realizada na Câmara Municipal de Itapetininga, assumiu a direção do IHGGI – Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Itapetininga um grupo de confrades dispostos a realizar ações que darão novo vigor à instituição.  A proposta da nova diretoria é incentivar a pesquisa e a publicação de temas relacionados à história, à geografia e a genealogia.

Confraria durante a cerimônia de posse

Leia mais... "Nova diretoria do IHGGI para o biênio 2014/16" »

31    mar 20149 Comentários

Histórias de família: Rosana Venceslau

Hoje temos o prazer de trazer para vocês mais uma linda história de família, a história da família Venceslau, contada pela nossa usuária Rosana. Rosana conta aqui, como começou a sua pesquisa familiar e sobre um grande evento de família que ela está planejando e que será realizado no próximo mês.

Boa leitura!

Rosana e seu avô

"Sempre tive orgulho de fazer parte da família Venceslau e trazer comigo um pouquinho dos ensinamentos dos meus avós Paschoalinho Wenceslau e Ruth Nogueira Venceslau.

Trago em meu coração a lembrança de momentos felizes ao lado deles, do afeto dos meus tios, das brincadeiras na infância com os primos, dos Natais inesquecíveis na casa da tia Esther, das aventuras em Itacarambi quando visitamos a tia Maria, das férias em Atibaia e até de uma baita bronca que eu e outros netos levamos do vô depois de uma tarde de muita bagunça por lá.

No falecimento da minha avó, em 31 de março de 2004, me senti muito triste diante da certeza de que meus futuros filhos não teriam a oportunidade de conviver com ela nem ao menos um pouquinho. E de que eles só iriam conhecê-la por meio do que eu lhes contasse sobre ela. O mesmo sentimento tomou conta de mim na despedida final de meu avô, em 5 de dezembro de 2007.

Pouco tempo depois, surgiu a ideia de construir a árvore genealógica da família, como forma de registrar parte de sua história, resgatar suas memórias e possibilitar aos descendentes de Paschoalino Wenceslau e às novas gerações a oportunidade de conhecer suas raízes e saber quem foram seus antepassados. Meu interesse pela pesquisa e minha curiosidade, características típicas de uma jornalista, só aumentaram o desejo de realizar este trabalho.

Leia mais... "Histórias de família: Rosana Venceslau" »

5    fev 20149 Comentários

Novidade: Acrescente perfis à sua árvore genealógica a partir de registros históricos

Mais uma importante função que lhe permite acrescentar perfis novos à sua árvore genealógica, diretamente a partir de um registro histórico, acaba de ser lançada hoje.

Até então, era possível visualizar um registro histórico e extrair a informação do registro e salvá-la em vários perfis da sua árvore. Agora, é possível ir um passo além e criar novos perfis na sua árvore a partir do mesmo registro!

Por exemplo, vamos supor que você encontra um documento de algum censo para a sua bisavó e você descobre que ela tinha uma irmã, até então desconhecida para você: agora você pode acrescentar esta irmã à árvore diretamente do registro e, ao mesmo tempo, extrair as informações pertinentes.

Leia mais... "Novidade: Acrescente perfis à sua árvore genealógica a partir de registros históricos" »

3    fev 20140 Comentário

Post de uma convidada: Maria Lúcia Bernardini

Hoje temos o prazer de trazer para vocês o texto de uma usuária do site de MyHeritage: Maria Lúcia Bernardini, de Itu/SP. Só que ela, hoje, não veio nos falar da sua história familiar, mas sim, resolveu fazer uma reflexão a partir de uma propaganda que leu em uma revista - a despedida da Kombi. Ela então reflete sobre o testamento do automóvel e os testamentos das pessoas e nos mostra como é difícil quando um testamento não é escrito. Como isso pode levar a desentendimentos ou, até mesmo, rompimentos entre familiares.

Boa leitura!

"Os últimos desejos da Kombi e a árvore genealógica

Imagem: http://blogdakombi.copava.com.br

O pretexto para esta reflexão é Últimos desejos da Kombi antes de partir.

Fique à vontade! Após visitar esse “link”, ler e assistir aos vídeos, continuarei a refletir.

Como foi emocionante e admirável a forma encontrada para a despedida da Kombi.

Com relação aos seres humanos, os legados materiais são muito complicados. Não é raro que o falecimento de alguém, por causa de partilha injusta, cause um rompimento familiar e, com o passar das gerações, essa partilha seja motivo de mágoas, rusgas, desentendimentos, falta de relacionamentos entre os descendentes...

Leia mais... "Post de uma convidada: Maria Lúcia Bernardini" »

2    dez 20133 Comentários

Webinar: Como fazer pesquisa genealógica enquanto dorme!

Temos o prazer de anunciar o mais novo webinar de MyHeritage. Desta vez vamos ensinar a fazer pesquisa genealógica da maneira mais fácil de todas: com o auxílio das SmartMatches!

O que são SmartMatches? Como receber alertas de coincidências? Todos recebem os alertas? Quando? Esta é uma função prêmio? Estas e outras perguntas serão respondidas neste webinar, para que mais pessoas possam se beneficiar desta tecnologia de MyHeritage.

Desde seu lançamento, milhares de parentes se encontraram e puderam conhecer melhor a sua história. Milhares de alertas de coincidências são enviados mensalmente - A tecnologia de Smart Matches do MyHeritage compara constantemente árvores genealógicas novas com o banco de dados de mais de 1.6 bilhões de perfis do MyHeritage.com, para localizar correspondências e descobrir conexões familiares perdidas.

E você, já está se beneficiando desta tecnologia?

Inscreva-se para o nosso Webinar e tire todas as suas dúvidas sobre esta função! Aproveite que faremos o webinar em dois horários diferentes, esperamos que assim você encontre com certeza o horário ideal para estar conosco na próxima sessão.

Então, para se inscrever para o webinar às 19:00 horário de Lisboa (17:00 horário de Brasil), clique aqui!

Para se inscrever para o Webinar às 19:00 horário de Brasília (21:00 no horário de Lisboa), clique aqui!

Leia mais... "Webinar: Como fazer pesquisa genealógica enquanto dorme!" »

1    dez 20131 Comentário

Especial de Natal MyHeritage

Não é incrível que o tempo parece passar mais depressa quando chegamos na fase adulta? Quando eu era criança parece que os dias se arrastavam... eram meses esperando chegar aquelas datas que são, para muitas crianças, as melhores de todas: o próprio aniversário, o dia das crianças, o Natal, a Páscoa... Eu sonhava o ano inteiro, com estes dias tão especiais.

O Natal sempre foi um dos períodos mais especiais para mim. Nós nos encontrávamos na casa da minha avó materna. Meus pais, meus irmãos, tios e tias, primos e primas, as minhas bisavós, todos juntos nós começamos os preparativos para esta data tão querida. Minha avó assava pães tipicamente alemães que ela embrulhava em papel celofane colorido para presentear amigos e conhecidos. Minhas bisavós assavam centenas de  bolachinhas natalinas em forma de cavalinhos, estrelas, luas, corações e estrelas cadentes, que nós, netos e bisnetos, ajudávamos a decorar com chocolate granulado, confeitos coloridos e calda de açúcar. Meu avô passava dias preparando um chester maravilhoso, cujo recheio é uma das receitas que guardamos no nosso site de família, pois é um segredo que passamos de geração para geração. Meu avô plantava pinheirinhos para toda a família e nós decorávamos a árvore cada um em um dia. Meus pais no dia primeiro de dezembro, uma tia no dia 8 e meus avós na manhã do dia 24.

Leia mais... "Especial de Natal MyHeritage" »

25    nov 20132 Comentários

Dicas genealógicas: Estatísticas

Você já conhece a área das estatísticas do seu site de família? É uma área cheia de detalhes interessantes sobre sua árvore genealógica, com informações do tipo qual é a expectativa média de vida dos seus familiares e quantos filhos cada família costuma ter. Nós analisamos os dados da sua árvore genealógica inteira para gerar 45 tipos de estatísticas diferentes.

Eu mesma descobri coisas bem interessantes sobre minha família com a ajuda das estatísticas familiares. Por exemplo, os nomes mais comuns da minha árvore genealógica são Celso para os homens e Maria Lúcia para as mulheres. E a pessoa que mais viveu na minha árvore genealógica vem da família do meu marido, na verdade. A sua avó materna viveu 105 anos! E era exatamente 100 anos mais velha que a bisneta, a minha filha Sophia. Uma nasceu em 1907 e a outra em 2007.

Aqui está um mapa mostrando locais de nascimento da minha árvore familiar:

Exemplos de estatísticas. Clique para ampliar.

Para verificar as estatísticas da sua família é muito fácil: É só clicar na aba "Árvore" e depois em "Relatórios" para poder abrir as estatísticas.

Leia mais... "Dicas genealógicas: Estatísticas" »

4    nov 201313 Comentários

Genealogia basca – Entrevista com Diego Moreira

Diego Moreira

É com muita alegria que apresentamos hoje uma entrevista com um pesquisador da genealogia basca. Trata-se de Diego Moreira, que nasceu e vive no Rio de Janeiro, tem 31 anos, casado com a Lucimar e pai do Daniel e da Mariana, de 4 e 2 anos de idade. Diego é professor de Geografia na rede privada de ensino no Rio de Janeiro e em Niterói e atua com alunos do ensino médio e preparação para o vestibular.

MH- Diego, você está fazendo um trabalho fantástico de levantamento de imigrantes bascos radicados no Brasil. Poderia me contar um pouco mais sobre este projeto?
DM- Decidi pesquisar a presença basca no Brasil tomando como ponto de partida a minha própria história familiar. Sou bisneto de uma imigrante basca, Pura Larrabeiti Goiry, nascida em Derio, na província de Vizcaya, na Espanha.
Iniciei o trabalho em casa, levantando informações com familiares próximos. Depois descobri ferramentas na internet que dão acesso a informações relevantes sobre os nascidos na região, como batismos, casamentos e obituários. Com esses dados trilhei caminhos que me levaram a identificar mais de 150 ancestrais, nascidos do século XIX ao XVI. Incluindo cinco gerações completas (até os trisavós) e 88% dos ancestrais da sexta geração (tetra-avós) até o momento. Os dados incluem também indivíduos da sétima até a décima geração de ancestrais de minha bisavó.

O projeto em si foi pensado para ser realizado em parceria com as famílias de origem basca. O objetivo é pesquisar a ancestralidade e a descendência de imigrantes bascos radicados no Brasil. O elemento central da pesquisa é o imigrante, que representa o elo entre os mundos. As famílias auxiliam com informações sobre a descendência e eu pesquiso a ancestralidade.
O resultado desse trabalho abordando vários imigrantes será, sem dúvida, um valioso estudo da imigração basca para o Brasil e da genealogia basco-brasileira. Abre-se a possibilidade para estudar a contribuição dos bascos para o caráter multiétnico do povo brasileiro, sua identidade e sua representação coletiva. Pretendemos incluir o georreferenciamento das informações, o que nos permitirá elaborar um mapa sobre a imigração basca para o Brasil, tanto em relação à origem dos imigrantes, quanto em relação à dispersão de seus descendentes pelo Brasil e pelo Mundo. Quanto mais famílias aderirem ao projeto, melhor e mais completo ele se torna.

Leia mais... "Genealogia basca – Entrevista com Diego Moreira" »

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados