Cultura é História

Nossos antepassados nos deixaram um grande legado cultural. Nossas festas, nossas manifestações são demonstrações deste legado que é passado de geração a geração, assim como uma receita de um bom bolo.

Desde a música que nos é cantada para embalar quando ainda somos bebes até a música que cantamos para embalar os nossos bebes, tudo é cultura de cada família. Pessoas passam, contribuem, ajudam e se vão,mas, a cultura fica e fica marcada em todas as pessoas.

Nosso blog hoje quer trazer uma nova categoria para você e esperamos que goste. Cultura Popular.

É sabido da grande difusão de Myheritage pelo mundo, somos uma grande família, então, por que não mostrarmos uns aos outros a nossa cultura, o nosso modo de se divertir ou de deixar no presente uma marca para o futuro. Como é bom saber que do outro lado do atlântico, pessoas com a nossa língua, descendentes do mesmo povo comemoram, dançam e cantam músicas que também nos fariam dançar e cantar, pois temos quase a mesma cultura.

Nossa ideia é mostrar aqui algumas manifestações culturais de Brasil,  Portugal e outros países de língua portuguêsa ,que muitos leitores não conhecem, para que vejamos como uma festa popular pode ter se origininado a bordo de vapor, transportando imigrantes, e se transformado, hoje, em uma parte de nossa cultura. Se estamos tão preocupados em preservar a história de nossas famílias, não podemos esquecer que pessoas fazem a cultura e preservam esta cultura em festas e suas manifestações, deixando aos outros um pouco do que somos.

É junho e este mês no Brasil temos uma festa popular que impressiona pelo tamanho. Confessa, você já deve ter visto algo assim?

Em qual lugar do mundo existe uma lata de coca-cola azul? Em Parintins, a 400 Km de Manaus, no estado do Amazonas, no Brasil e esta lata é exclusiva.

Durante 10 dias da Festa do Boi Bumbá, na segunda maior festa popular do mundo, Parintins se divide em duas cores, o vermelho e o azul, e por isto, a matriz da Coca-Cola desenvolveu esta lata para não criar nenhuma reação mais acalorada, já que os vermelhos e os azuis se apaixonam pela cor e vão se "estranhar" em uma batalha onde as armas são a música, a beleza do espetáculo, os carros alegóricos e a animação da cidade dividida, e vence quem aplaudir mais, gritar mais e torcer mais. Enquanto um grupo se apresenta, o outro se mantém em silêncio para não dar pontos ao   competidor.

Os dois grupos apresentam, em uma gigantesca arena, a lenda do Negro Francisco que para satisfazer ao desejo de sua mulher grávida, de comer a carne de boi, rouba o boi do patrão e o mata. O patrão ao descobrir que seu boi havia sido morto pelo empregado manda capturá-lo para punir. Negro Francisco em fuga, recorre a um pajé indigena (chefe espiritual) que ressuscita o boi e tudo vira festa. A apresentação incorpora o imaginário indigena as tradições nordestinas e se transforma em uma ópera, onde mais de 5000 pessoas apresentam-se ao som de música regional, (toada), e tentam comover a platéia, com fantasias, imensos carros alegóricos (até 30 metros de altura), e muita alegria, com coreografias ensaiadas para contar a lenda.

O número de pessoas que em três dias acompanham esta festa é imenso e só para o espetáculo estão disponíveis 35 mil lugares. Ou você esta do lado azul ou do lado vermelho.

Caprichoso e Garantido são os nomes dos "bois" (grupos) e as cores vermelho do Boi Garantido e o azul do Boi Caprichoso são espalhados pela cidade que toma partido usando as cores. Se você deseja visitar Parintins este ano, saiba que de avião a viagem dura 1 hora e pode sair de Manaus, AM, e de Santarém,AM, mas pode-se viajar pelo rio em barcos (imperdível) que se transformam em hotéis que ficam aportados em Parintins pelo período da festa.

Ao escolher uma cor, seja fiel a ela, se for o azul, jamais pronuncie o nome do boi Garantido (vermelho), e se você desejar falar alguma coisa do Garantido fale "Boi Contrário".

Desejamos que você um dia possa visitar Parintins e tomar para si uma festa tão impressionante como esta, pois ela existe desde 1913 e em 1966 foi oficializada ao calendário brasileiro e, a cada ano, os efeitos visuais  criados pelo povo ribeirinho do Amazonas tem impressionado o mundo.

Fonte:  Portal São Francisco.

Comente este artigo, gostariamos de saber sua opinião.

Comentários (1) Trackbacks (0)
  1. Como faço para comprar uma lata de coca cola azul?

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Trackbacks estão desabilitados.

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados