10    fev 201612 Comentários

Dicas para uma pesquisa genealógica

A regra principal na pesquisa genealógica é como numa outra pesquisa qualquer: anote tudo! Anote todos os nomes, dados, locais e fontes que você vai usar.

O começo da pesquisa

Comece consigo próprio! Consulte a sua própria certidão de nascimento. Nesse documento já constam os nomes dos seus pais, dos seus avós maternos (pais da sua mãe) e dos avós paternos (pais do seu pai). Se você consultar a certidão dos seus pais, o que não é muito difícil, terá pelo menos os nomes de mais uma geração. Depois, pergunte a eles pelos nomes completos deles, incluindo quaisquer nome que eles têm ou tiveram no passado, e que não aparecem na sua certidão de nascimento. Especialmente as mulheres costumam mudar de sobrenome depois do casamento.

Leia mais... "Dicas para uma pesquisa genealógica" »

2    dez 20155 Comentários

Tradições de Natal

Cada um tem suas tradições próprias quando o assunto é Natal. Algumas pessoas gostam de comer um bom peru, outras preferem um bacalhau. Alguns fazem bolachinhas ou panetones, outros preferem rabanada. Alguns comemoram com um churrasco, outros vão pra praia, outros ainda preferem fugir de tudo e de outros.

Imagem: Pinterest.de Hannah Meyer

Leia mais... "Tradições de Natal" »

6    out 201514 Comentários

Profissões de antigamente

Há alguns meses atrás apresentamos aqui no blog, em homenagem ao Dia Internacional do Trabalho, algumas profissões antigas. Algumas delas já estão extintas, outras ainda existem por aí, mas já quase não se veem.

É sempre fascinante observar como o tempo e as novas invenções vão alterando a forma como vivemos. Algumas profissões que pareciam tão corriqueiras, tão atemporais foram substituídas por máquinas, computadores, ou simplesmente não são mais necessárias. Outras profissões resistem mas também elas são reinventadas.

Hoje encontrei um vídeo que mostra algumas das profissões antigas, mas voltadas mais à nossa realidade brasileira/portuguesa. Será que vocês ainda conseguem se lembrar de ocasiões em que se depararam com estes profissionais exibidos no vídeo? Assista o filme e nos conte quantas das profissões vocês ainda vivenciaram!

4    jun 201518 Comentários

9 motivos para começar já a sua árvore genealógica

Quem ainda está em dúvida se deve começar ou não a preservar as memórias familiares através de uma árvore genealógica? Ou talvez vocês estejam precisando de uma lista de argumentos para convencer aquele parente a lhe enviar fotos e informações sobre um ramo específico da sua família?

Aqui estão 9 motivos irrefutáveis para começar hoje mesmo a sua pesquisa!

1. Dom Pedro? Machado de Assis?  Ruy Barbosa? Quem sabe se eles não fizeram parte da sua família? Com a pesquisa genealógica você poderá saber ao certo se alguma celebridade fez ou faz parte da sua família, ou mesmo se tem "sangue azul" correndo por suas veias.

2. Deixe um legado para as gerações futuras. Você sempre pensou em deixar algo realmente valioso para sua família? Então deixe para eles a história da sua família. Mas escrita por você mesmo. Não deixe esta tarefa tão importante ser desempenhada por terceiros.

Leia mais... "9 motivos para começar já a sua árvore genealógica" »

20    out 20147 Comentários

Meu querido diário

Alguém de vocês já teve um diário na infância, na adolescência ou talvez ainda o tenha? Todos nós sabemos o objetivo de um não é mesmo? Pretendemos guardar nossas experiências, pensamentos e lembranças, os nossos segredos, esperanças e inseguranças, ou simplesmente um local em que podemos dar vazão aos nossos sentimentos.

Por isso, encontrar um diário de um antepassado, é ao mesmo tempo acessar os pensamentos mais íntimos de nosso familiar, mas também ter acesso a uma riqueza de informações sobre a sua vida.

Leia mais... "Meu querido diário" »

24    set 20143 Comentários

A história da sua vida

Como genealogista, nós costumamos nos interessar pelo que aconteceu lá atrás e facilmente nos esquecemos do aqui e agora. No entanto, tudo aquilo que acontece agora será de interesse para os futuros genealogistas da sua família - inclusive a história da sua própria vida.

Assim sendo, lançamos aqui um desafio: lembre-se também do presente!

A sua história pode parecer não tão interessante assim, mas pense nos seus filhos, netos e bisnetos e no quanto eles ficarão felizes em conhecer um pouco mais sobre um determinado antepassado, que tinha muito para contar sobre a vida nos primeiros anos depois da virada do milênio. Pense que a sua história pode ser aquele motivo para alguém se interessar pela genealogia, lá na frente.

E contar a sua história não requer muito esforço. MyHeritage oferece algumas ferramentas para você documentar a sua vida com fotos, vídeos e texto.

Para começar, na sua árvore genealógica, no site de família online, você tem como adicionar muita informação ao seu perfil. Por exemplo, você pode anotar o que você estudou e com o que trabalhou. E para aqueles sem medo de encarar uma folha de papel em branco (ou uma tela de computador, hihihi), você pode até mesmo escrever um texto biográfico. Também importante é acrescentar fotografias à sua árvore.

Editar informações através do perfil, na árvore genealógica

Leia mais... "A história da sua vida" »

22    set 20140 Comentário

Nova roupagem para fotos antigas!

A fotógrafa australiana Jane Long acaba de mudar para sempre o jeito de encararmos fotografias antigas. Na sua série Dancing with Costica ela transforma velhas fotos em sonhos cheios de imaginação.

Sua série é baseada no trabalho do fotógrafo romeno Costica Acsinte, nascido na pequena vila de Perieti, no condado de Ialomita, em 4 de julho de 1897. Costica lutou na Primeira Guerra Mundial, no entanto, apesar de ser piloto, ele tornou-se fotógrafo oficial do conflito, até junho de 1920. Findada a guerra, ele abriu um estúdio fotográfico na cidade de Slobozia.

Leia mais... "Nova roupagem para fotos antigas!" »

10    set 201421 Comentários

Histórias de nossos usuários: João Fernando Henriques Pereira

João e sua esposa Sandra

Hoje temos o prazer de trazer mais uma das histórias inspiradoras, escritas diretamente pelos nossos usuários. Desta vez, João Fernando, 30 anos, casado, com dois filhos, natural de Pessegueiro do Vouga - uma aldeia pertencente ao concelho de Sever do Vouga, em Portugal, nos conta como começou a pesquisar a história da sua família e como se apaixonou pelo tema.

Boa leitura!

"Foi em Fevereiro de 2012 que decidi construir a árvore genealógica da minha família e da minha esposa.
A minha ideia inicial consistia em descobrir apenas os antepassados em linha recta, mas à medida que o número de indivíduos ia crescendo, e com o que me iam dizendo, descobri que algumas pessoas se ligavam a mim por vários ramos. Por isso, optei por colocar também os parentescos colaterais.

Para a construção da nossa árvore genealógica, tenho recorrido a diversos meios. Desde o início, tenho questionado pessoas sobre os seus antepassados e tenho-lhes pedido fotos antigas para enriquecer e preservar o património da nossa família. Todas as pistas dadas são uma preciosa ajuda que me permitem seguir o rasto.

Avós maternos, Diamantino e Lucinda e paternos, Maria e Alberto.

Leia mais... "Histórias de nossos usuários: João Fernando Henriques Pereira" »

6    ago 201416 Comentários

História de nossos usuários – Carla Maria Fernandes

Frequentemente nossos usuários nos perguntam se é difícil fazer pesquisa genealógica em Portugal, ou em Angola e quais são as diferenças em relação ao Brasil. E nós quase sempre respondemos que o que realmente é necessário é a dedicação, a paciência e a perseverânça.

E é com isso em mente que damos o exemplo de uma usuária portuguesa, que vem pesquisando suas raízes há algum tempo e com muito sucesso! Ela nos dá excelentes dicas de como fazer pesquisa no Velho Continente e ainda disponibiliza o seu email para contato, para trocar ideias ou auxiliar outros pesquisadores!

Carla Maria Fernandes é Psicóloga Clínica e Psicanalista, filha de portugueses, nascida na cidade de Serpa Pinto, atual Menongue - Angola. Em fins de 1975, devido à guerra civil, sua família refugiou-se no Brasil. Estudou Gestão de Empresas e Psicologia Clínica. Já adulta viveu também na Itália e Inglaterra, mas foi em Lisboa que reencontrou sua Terra... e por lá ainda anda!!

Boa leitura!

"Nasci em Angola enquanto território português e, após a revolução, meus pais, após um ano de esperança que ainda fosse possível por lá ficar, viram que era impossível. A alternativa de retornar a Portugal foi trocada pela de procurar um país “com mais oportunidades”. Penso que o espírito aventureiro e navegador do meu pai prevaleceu, além de fazer parte do ADN familiar e português.

1968 - Angola, cidade de Serpa Pinto. O camião ao fundo é do meu pai, que deve ter sido o fotógrafo, e a menina branca no camião é a minha irmã mais velha com 6 anos.

Leia mais... "História de nossos usuários – Carla Maria Fernandes" »

30    mai 20141 Comentário

Nostalgia: aromas do passado

Nostalgia é um sentimento de saudades do passado, de um tempo ou lugar que nos fez felizes. A palavra nostalgia vem da combinação de duas palavras gregas: νόστος (pronuncia-se nóstos), que significa 'reencontro' e ἄλγος (pronuncia-se algos) que significa 'dor' e 'tristeza'.

Este termo foi criado, no século XVII, por um médico da Alsácia, chamado Johannes Hofer, para descrever a angústia e a saudade de mercenários suíços que viviam longe de suas casas.

Nostalgia é um sentimento que pode ser provocado por uma série de associações. Memórias e uma melancolia podem surgir quando olhamos fotos antigas, quando ouvimos determinados sons ou músicas, ou quando experimentamos um prato com os mesmos sabores da nossa infância, por exemplo.

Cheiros têm o mesmo poder. Eles podem nos transportar no tempo e nos fazer reviver momentos do passado, nos fazendo sentir a presença de pessoas outrora conhecidas, mas que não estão mais conosco. A nostalgia é ainda mais forte quando se trata de um perfume, há muito esquecido.

Leia mais... "Nostalgia: aromas do passado" »

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2016 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados