18    ago 20149 Comentários

Pesquisa genealógica em cemitérios

Há alguns meses nós trouxemos uma novidade para os leitores do nosso blog: a parceria com o BillionGraves, para que juntos pudéssemos lançar uma empreitada gigante: digitalizar os cemitérios do mundo todo.

Naquele post, ensinamos um pouco como podemos ajudar a preservar a memória e as informações contidas nas lápides dos cemitérios, antes que elas se percam para sempre, vítimas da ação dos tempos. Porém, muitas dúvidas permaneceram e temos recebido constantemente novos emails em que os usuários pedem mais dicas para esta importante tarefa de preservação. Notamos que vocês estão realmente empenhados em salvar as informações referentes a todos, e não apenas sobre os próprios parentes.

Cemitério da Colônia Antão Farias, Formigueiro/RS. Imagem: Rômulo Filipini - https://www.flickr.com/photos/romulofilipini/

Leia mais... "Pesquisa genealógica em cemitérios" »

15    ago 20141 Comentário

3 dicas genealógicas para “podar” sua árvore

Preservar a sua história familiar e documentar as descobertas relacionadas à história da sua família são duas das grandes prioridades da equipe de MyHeritage.

Assim como vocês, nós também estamos sempre ansiosos por introduzir cada novo detalhe encontrado às nossas árvores. Mas vocês se lembram de olhar para trás e verificar aquilo que já fizeram, para encaixar as peças que estão faltando neste enorme quebra-cabeças que é a árvore genealógica?

Listamos aqui algumas dicas para que você mantenha a sua árvore sempre atualizada e "podada", para um maior crescimento!

1- Unir informações duplicadas

Leia mais... "3 dicas genealógicas para “podar” sua árvore" »

9    jul 20143 Comentários

Repositório Genealógico Nacional

Uma nova iniciativa acaba de ser lançada em Portugal, pela Universidade do Minho - o Repositório Genealógico Nacional.

"Os registros paroquiais de batizados, casamentos e óbitos, institucionalizados na segunda metade do século XVI, constituem a memória coletiva mais sistemática do Mundo Ocidental. Organizar essa informação numa base de dados central, com âmbito geográfico sucessivamente alargado, é o primeiro objetivo do Repositório Genealógico Nacional." - lê-se na página do Facebook do Repositório. Eles também pretendem: "Fornecer serviços no campo das genealogias à comunidade residente ou em diáspora."

Neste âmbito, o Grupo de História das Populações do Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura Espaço e Memória (CITCEM) da referida universidade acaba de concluir o projeto “Espaços Urbanos: Dinâmicas Demográficas e Sociais (Séc. XVII-XX)”.

O projeto trata de migrações internas, relações dentro/fora do casamento, crises de mortalidade, entre outros temas. Carlota Santos - responsável por este projeto, professora auxiliar do Departamento de História da UMinho e coordenadora do Grupo de História das Populações e Maria Norberta Amorim, também investigadora do mesmo grupo que há mais de 40 anos, vêm pesquisando sobre as dinâmicas demográficas e sociais em Portugal.

Leia mais... "Repositório Genealógico Nacional" »

27    mai 20145 Comentários

Inglaterra: o fim da genealogia?

O casal Michael Pugg e Rebecca Griffin, casados há 3 anos, são um exemplo da nova moda que está se instalando por todo o Reino Unido: o Meshing (traduzindo uma espécie de "mistura"). No Brasil, é comum a mistura de nomes próprios. Uma grande amiga minha de infância se chamava Tercimar - a mistura do nome do seu pai, Tércio, com o da sua mãe, Maria.

Na Inglaterra, no entanto, as pessoas estão misturando os sobrenomes. Para voltarmos ao exemplo acima, o casal inglês tirou uma parte do nome dele ("Pu") e outra parte do nome dela ("Ffin") e juntos eles são o sr. e a senhora Puffin.

"Nós tomamos esta decisão, pois ficamos sabendo desta fusão de sobrenomes e achamos a ideia ótima. Começamos então a experimentar com os nosso nomes, trocando sílabas pra lá e pra cá e achamos que o nome ficou muito bacana. Além disso, achamos muito legal trazer uma coisa tão nova para o nosso casamento", comenta Rebecca.

Imagem: Flickr.com/photos/mynmaeisharsha

Leia mais... "Inglaterra: o fim da genealogia?" »

28    mar 201424 Comentários

Nacionalidade espanhola aos descendentes de judeus sefarditas

Ao longo das últimas semanas temos visto uma enxurrada de notícias sobre os judeus sefarditas inundarem as redes sociais: são milhares de pessoas que pretendem provar sua origem sefardita para tentar então conseguir obter um passaporte espanhol.

Tudo começou com a intenção do governo de Mariano Rajoy para aprovar no Congresso Espanhol uma modificação no Código Civil daquele país para conceder a nacionalidade espanhola aos judeus sefarditas que consigam provar suas origens ancestrais e, assim, compensar aquelas famílias que foram expulsas de Espanha sistematicamente a partir de 1492.

Ondas migratórias sefarditas

Os judeus fugiram das perseguições que lhe foram movidas na Península Ibérica durante a inquisição espanhola (de 1478-1834) e se instalaram em novos territórios. Milhares se refugiaram no novo mundo, por exemplo, no Brasil e no México, onde atualmente temos milhares de descendentes dos judeus conhecidos como Marranos (pessoas que foram forçadas a se converterem ao cristianismo, mas que continuavam praticando às escondidas a sua religião).

Leia mais... "Nacionalidade espanhola aos descendentes de judeus sefarditas" »

13    fev 20145 Comentários

Entrevista – João Ventura

Hoje temos o prazer de entrevistar aqui no Blog em língua portuguesa de MyHeritage o genealogista português João Ventura.

João, de 39 anos, é natural de Faro, Portugal, mas atualmente reside na Alemanha. Ele tem dois filhos e começou a fazer sua árvore genealógica na altura em que nasceram.
Isso colocou-o em contato com a realidade da pesquisa genealógica em Portugal e a necessidade de "viajar" para uns 20 sites diferentes de modo a obter os registros paroquiais.
João lançou recentemente o site tombo.pt, site este que todas as noites indexa os 18 sites dos Arquivos Distritais de Portugal Continental, e os sites dos Açores, da Madeira e de Guimarães. Nesta entrevista ele nos dá mais detalhes sobre o seu trabalho no site e sobre a genealogia portuguesa.

Boa leitura!

MH - João, você é o fundador do recém-lançado site tombo.pt. Poderia falar um pouco mais sobre o seu trabalho com o site, sobre os seus objetivos e futuros projetos?

JV- Fiz o site como uma ferramenta para me ajudar a mim, e outros como eu, que buscam aos seus antepassados através dos registos paroquiais na Internet. Quando comecei, existia um site muito semelhante (o etombo.com), que no entanto deixou de ser actualizado há quase 4 anos. Para evitar ter de visitar constantemente as páginas dos vários arquivos à procura de novidades, criei um sistema automático para me avisar de todas as novidades que surgissem, que ainda corre todos os dias para actualizar o site. Neste momento o site indexa todos os 22 arquivos com registos paroquiais em Portugal e avisa diariamente das novidades. Para o futuro tenho planos para duas novas funcionalidades: 1) a indexação de outros documentos como os livros de passaportes, as administrações de concelho e os processos ‘de genere’; e 2) informação em cada freguesia sobre a sua origem com ligação para a freguesia anterior. Além disso o site também irá melhorar em aspecto visual e terá uma versão em Inglês.

Leia mais... "Entrevista – João Ventura" »

11    fev 20143 Comentários

Colonos alemães na América do Sul

De tempos em tempos o blog alemão de MyHeritage tem a honra de receber um convidado - o historiador Hans-Peter Geis - que contribui com artigos brilhantes de próprio punho tratando de vários aspectos da História Alemã. Um dos pontos mais importantes da sua pesquisa é a preocupação em retratar o homem alemão comum, aquele que não assinou grandes tratados ou foi responsável por momentos importantes da História da Humanidade, mas aquele cidadão como você e eu, que tem a sua força através da coletividade.

Com isto em mente, Geis trata dos temas da imigração com muito entusiasmo, mostrando em que lugares deste mundo ainda podemos encontrar raízes alemãs, ou os motivos que fizeram com que tantos alemães deixassem o seu país. Desta vez o tema do historiador é a imigração alemã para países da América do Sul. De olho nas comemorações dos 190 anos de imigração alemã no Brasil, considero apropriado tratarmos deste tema também no nosso blog.

Fica aqui a tradução (minha) do texto do historiador.

Boa leitura!

"Nos meus posts anteriores [N.R.: Para ler os posts anteriores do autor, acessar o blog alemão de MyHeritage (textos igualmente neste idioma)] eu já descrevi os movimentos migratórios alemães em direção ao Leste, para a região de Siebenbürgen, para outros países europeus vizinhos, para a Rússia e para os Balcãs e, na última postagem, para os Estados Unidos. Esta é a minha última contribuição. Hoje eu vou contar sobre uma região para a qual muito menos alemães imigraram, do que para os Estados Unidos, estou falando aqui da América do Sul.

Leia mais... "Colonos alemães na América do Sul" »

21    jan 20140 Comentário

Compartilhando histórias de família com nossos maiores tesouros: nossos filhos

Se tem uma coisa que minha filha a-do-ra é ouvir velhas histórias de família. Ela quer saber desde coisas sobre ela mesma (do tipo: que palavras engraçadinhas ela dizia quando bebê, ou pequenas anedotas, como, por exemplo, relembrar como ela adorava brincar com as panelas, ou como entrava dentro da gaveta para melhor brincar com os potes que ficavam lá guardados) até fatos que se passaram com seus pais, avós, tios ou primos. Segundo especialistas, discutir estas histórias familiares com os filhos é uma maneira excelente de se estreitar os laços familiares. Então, nada como explicar as tradições familiares, os pequenos rituais, as histórias do dia-a-dia e também das férias com os filhos desde a mais tenra idade (e quanto menores os filhos são, maiores são as chances de que você terá que contar a mesma história cerca de 800 vezes :-) ) .




Hoje em dia, graças às ferramentas e funcionalidades do site para história familiar myheritage.com.br, é mais fácil do que nunca preservar e transmitir estas histórias únicas a cada família, para as gerações futuras.

Cada família tem a sua própria história, mas para que ela realmente possa ser contada por gerações a fio é imprescindível que ela seja devidamente documentada e compartilhada com os familiares. Seus filhos podem fazer parte das gerações mais novas da família hoje, mas amanhã eles serão os antepassados das gerações futuras!

Leia mais... "Compartilhando histórias de família com nossos maiores tesouros: nossos filhos" »

8    out 201313 Comentários

Holandeses no Brasil

Todos aprendemos, nas nossas aulas de História, sobre as invasões holandesas no Brasil, que ocorreram no Nordeste do país, entre 1624 até a Insurreição Pernambucana, em 1654. Naquela época lutava-se pelo controle do açúcar e também pelas fontes de suprimento de escravos.

No entanto, este não foi o único momento em que os holandeses foram para o país. Vários trabalhadores pobres da Província de Zeeland e da Ilha de Schouwen-Duiveland e também da Península de Zuid-Beveland, sonhando em possuir terras no desconhecido e distante Brasil, foram tentar a sorte no país.

Imagem: Família de camponeses oriundos de Zeeland, no Espírito Santo

Leia mais... "Holandeses no Brasil" »

25    jun 20131 Comentário

O Lavrador e o Sapateiro

Conforme havíamos prometido, a postagem de hoje é um aviso de lançamento de livro do genealogista Rodrigo Trespach.

A alguns dias atrás, publicamos uma entrevista com o autor de "O Lavrador e o Sapateiro" que mostra a colonização do Sul do Brasil, (RS), pelas famílias de imigrantes alemães.

O livro será lançado em na 4º Feira do Livro de Tramandaí, RS que se realizará em 12 de julho, às 19h e terá sessão de autógrafos quando Rodrigo Trespach poderá encantar seus leitores com seu conhecimento e talento para descobrir histórias na sua família e nas inúmeras famílias de imigrantes alemães.

Quem está pensando em conhecer pessoalmente Rodrigo Trespach, é uma ótima oportunidade.

O livro está sendo vendido com antecipação na Editora da PUCRS .

Rodrigo nos dá uma pequena amostra de seu trabalho em um texto exclusivo que publicamos dele. Veja o texto.

Agora vamos conversar sobre um outro assunto.

Muitos de nós, que estamos escrevendo a história de nossa família, já pensou ou está pensando em publicar um livro. nossa equipe apoia estas iniciativas, ajudando na divulgação de seu trabalho.

Se você é escritor ou pretende ser, não deixe de nos comunicar quando seu trabalho estiver pronto e esperando para ser lançado. Podemos te ajudar.

Rodrigo Trespach, com grande experiência na publicação de seus livros também poderá auxiliar e se você desejar falar com ele, deixe seu recado em nossos comentários.

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados