A história da família de Gilberto Silva

Comentários0

O maior evento de futebol do ano está dando o que falar e o MyHeritage preparou algo especial para todos vocês: Grandes lendas do futebol e suas histórias familiares!

Quem não conhece o Gilberto Silva? Ele é um ex-jogador brasileiro que atuava como volante. Ele cresceu em uma família pobre e, quando criança, teve que compartilhar o gosto pelo futebol com vários empregos. Iniciou sua carreira em 1997, no América Mineiro, e sua boa performance lhe rendeu um contrato com o Atlético Mineiro no ano 2000. Ele se tornou um dos principais jogadores da equipe, defendendo o Galo por três anos no campeonato brasileiro. Ganhou notoriedade fazendo parte da seleção que conquistou a Copa do Mundo de 2002, atuando em todas as sete partidas disputadas pelo Brasil.

Mas será que você conhece bem este jogador? Sabe algo sobre a história da família dele e sobre seus antepassados? Sabia que nada menos que 13 etnias compõem a sua composição genética?

O MyHeritage DNA trabalhou com este grande craque para ajudá-lo a descobrir mais sobre a sua história familiar e para descobrir de onde suas raízes realmente são. Fizemos descobertas fantásticas! Confira:

Gilberto Silva é entre outros:

Ele tem mais de 100 correspondências de DNA no MyHeritage. Suas correspondências de DNA estão espalhadas pelo mundo inteiro, incluindo Portugal, Alemanha, Estados Unidos e o Brasil claro.

A equipe de pesquisa do MyHeritage examinou a história familiar e os antepassados de Gilberto. Construímos uma árvore com quase 80 pessoas que remontam a quatro gerações!

Quando criança ele morou em Vila Luciânia – um local construído pela indústria açucareira para os seus funcionários. A família de Gilberto viveu muitos anos nesse lugar, pois seu pai e seu avô trabalharam nessa indústria. A família morava perto do trilho do trem.

Estação do trem de Lagoa da Patra de 1950

Uma das curiosidades desta vila era o Boró. Mas alguém sabe o que é um Boró? Era praticamente uma moeda usada pelos moradores da antiga Vila Luciânia, que trabalhavam na Usina. Era parte do salário e podia ser trocado por mercadorias no supermercado Luciânia. Pessoas que residiam fora da vila e moradores de Lagoa da Prata perceberam o potencial do famoso Boró e começaram a comprá-lo, obtendo de 30% a 50% de desconto. Os funcionários ainda tinham 10% de desconto em seus salários, morando ou não na Vila Luciânia.

A foto de um boró que encontramos.

Osmar Celestino era o nome do avô de Gilberto. Encontramos o registro de batismo dele:

Seu Osmar foi batizado no dia 29/05/1938 na Paróquia Sant’Ana de Itaúna. Os padrinhos foram Joaquim Campos e Luzia Maria Lamargos.

O avô se casou no dia 26/07/1958 com Helena Maria Duarte, naquela altura ele era lavrador e ela doméstica. Não só encontramos o registro do casamento dos avós de Gilberto, mas também a foto do casamento!

Muito interessante, não acha? Mas isso não é tudo! Trabalhamos com mais sete craques do futebol e descobrimos coisas incríveis. Confira nossas histórias exclusivas em nosso site e descubra mais sobre cada uma destas verdadeiras lendas.

E a história da sua família? Você já fez um teste de DNA do MyHeritage? Se não, faça como Gilberto e conheça mais sobre suas origens. Um teste de DNA do MyHeritage é fácil de usar e os resultados são surpreendentes!

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado