" />

Como otimizar a pesquisa genealógica mesmo com pouco tempo

Comentários3

O verão está chegando ao fim: já passou o carnaval, o horário de verão já terminou, as crianças já retomaram as aulas e voltou a correria, a falta de tempo e as “desculpas” para não fazermos a nossa pesquisa genealógica como deveríamos.

Mas muitos de vocês planejaram também manter a pesquisa em andamento no ano de 2018, então vamos ver algumas dicas para não deixar a peteca cair e otimizarmos nossos esforços? Confira 9 dicas que preparamos para este ano:

  1. Planeje uma reunião familiar para o final do ano. O final do ano ainda está longe, mas não se engane. Ele vai passar depressa. Então comece agora mesmo a preparar uma reunião com seus familiares. Estas reuniões são importantes para manter o contato com a família, ou reestabelecer o contato com os familiares que vemos poucos. Temos um artigo com dicas incríveis para esta reunião: http://blog.myheritage.com.br/2013/09/como-organizar-uma-reuniao-familiar/
  2. Aproveite o tempo em família. Para manter o contato, ou aprofundar e estreitar os laços é imprescindível que passemos tempo com nossos parentes. Essas oportunidades são ótimas para compartilharmos as fotos antigas e tirarmos fotos novas também. Uma dica é utilizar o aplicativo móvel do MyHeritage (o download é gratuito!), para poder também incluir fotos e informações em qualquer lugar, a qualquer hora.
  3. Guarde bem suas fotos antigas. Se em um destes encontros acima você recebeu fotos antigas, ou se tem muitas em sua casa também, aproveite para digitalizá-las. Este é um processo lento, mas essencial. Aqui no blog fizemos um tutorial de como digitalizar fotos antigas, de forma bem simples e caseira: confira.
  4. Planeje uma viagem genealógica. Se você ainda não pensou em nada para as férias de julho, ou mesmo para o final do ano, que tal pensar em uma viagem diferente? Você poderia ir para algum lugar mais distante, onde morem seus familiares e aproveitar para conhecer melhor aquela linha da sua família e acrescentar detalhes importantes sobre ela. Talvez eles tenham fotos dos seus antepassados em comum, que você não conheça ainda, ou um ou outro documento importante. Você também pode decidir conhecer o lugar de onde seus antepassados vieram – como a Claudia, que foi até a Alemanha, terra dos seus antepassados.
  5. Encontre parentes perdidos. Em todas estas reuniões familiares, visitas a parentes mais distantes, ou telefonemas durante o ano, tenha sempre em mente que a união faz a força. Aproveite para convidar seus familiares para participar do seu site de família no MyHeritage.
  6. Imprima sua árvore genealógica. O MyHeritage tem uma ferramenta bastante útil que deve ser experimentada por todos vocês: o configurador de pôsteres. Com esta ferramenta, e com apenas poucos cliques, você consegue criar vários modelos diferentes da sua árvore genealógica. Você pode escolher se quer mostrar apenas os antepassados, ou apenas os descendentes, ou se quer colocar pessoas diferentes em destaque no centro da sua árvore, ou até mesmo se quer visualizar todas as pessoas, de uma vez só. Depois você pode mandar imprimir (nós realizamos esta tarefa), ou gravar tudo em um pendrive e mandar imprimir em uma gráfica. Caso o arquivo seja pequeno, você pode imprimir até em casa. Aqui reunimos algumas dicas fáceis para criar um pôster da sua árvore genealógica.
  7. Prepare um livro de receitas. Família é importante para cada um de nós em vários níveis. Desde a companhia, passando pela união e amor familiar, até chegar no estômago 😉 Compile um livro com as receitas da família. Olhem como o resultado final pode ficar bacana: http://blog.myheritage.com.br/2014/12/livro-de-receitas-de-natal-gratis-para-voces/
  8. Leia. Procure livros sobre os lugares onde seus antepassados viveram. Isso pode ser muito útil não só para entender melhor as suas vidas, mas talvez como inspiração para novas buscas e pesquisas.
  9. Organize sua pesquisa. Todos nós sabemos que devemos organizar a nossa pesquisa e as nossas descobertas, até mesmo para podermos voltar a elas, caso precisemos. Porém, a organização pode ser ainda mais útil se seguirmos as regras dos 3 “Cs”.

Esperamos que estas dicas possam ser úteis para o ano de 2018. Se você tiver mais uma dica não deixe de comentar aqui. Boa pesquisa!

 

 

 

 

 

 

 

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado

  • Rose


    março 1, 2018

    Olá, estou buscando algo sobre meu avô Domingos José da Costa nascido em 03/04/1906 em Lisboa

  • Rose


    março 1, 2018

    A única coisa que sei dele é que sua mãe se chamava Josefa

  • janaian


    abril 6, 2018

    Gostaria de fazer a naturalização portuguesa da minha mãe
    Ela é neta de português.
    Nome do avô portugues
    Joaquim vaz de bragança