Novidade no site: corrija você mesmo erros nos registros históricos

Comentários0

Temos o prazer de anunciar que lançamos uma função nova que permite aos usuários do MyHeritage corrigir transcrições erradas, ou nomes escritos com erros ortográficos, nos registros históricos do SuperSearch™. Neste artigo vamos mostrar os desafios da transcrição dos registros, explicar como você pode ajudar a corrigir os erros que encontrar através desta nova função e exemplificar na prática como as suas contribuições terão um impacto muito benéfico, na comunidade genealógica.t

“Errar é humano” — Os desafios da transcrição

Todos nós já nos deparamos com erros presentes nos registros históricos – fato é: as pessoas cometem erros. Mas por que vemos tantos erros nos registros históricos? Antigamente, todos os documentos eram manuscritos e os documentos que chegaram até nós foram muitas vezes escritos com uma letra muito difícil de entender, pelo menos para os nossos padrões atuais. Computadores e corretores ortográficos automáticos, obviamente, não existiam na época. Atualmente, o MyHeritage e outras empresas estão transcrevendo os registros históricos e criando um índice pesquisável para eles. Este processo faz com que precisemos decifrar letra manuscrita, o que pode levar a erros. Algumas vezes, os erros não são cometidos por nós, mas sim pelos escrivães responsáveis pelos registros. Outros documentos têm informações incorretas, porque as pessoas intencionalmente mentiam sobre certos fatos, como a idade.

Tente ler este documento! Este é um exemplo de letra manuscrita que é um verdadeiro desafio. Extraída de um livro eclesiástico do Canadá.

Imagine um escrivão americano (ou brasileiro, português…) em algum dos portos de entrada dos Estados Unidos conversando com um imigrante acabado de chegar da Alemanha oriental. O imigrante fala para ele o nome do seu pai, que ficou na Alemanha, mas com as barreiras linguísticas e culturais, o escrivão acaba escrevendo errado o nome na lista de passageiros, pois aquele sobrenome era muito inusitado para ele. Então, 100 anos depois, um professional fazendo a indaxação para o MyHeritage não consegue ler direito o que a pessoa de então escreveu e faz a transcrição incorreta – resultando num erro duplo.

Outras vezes, um registro histórico tem o nome da pessoa escrito corretamente, mas a pessoa que transcreve o documento acaba listando o nome com erros, devido à falta de legibilidade da letra no registro – um erro humano No MyHeritage, nós supervisionamos com cuidado o trabalho de equipes no exterior, que transcreve manualmente centenas de milhões de registros históricos para nós, a cada ano. Devido ao trabalho manual e aos motivos listados acima, erros de transcrição por vezes irão existir.

A equipe responsável pela transcrição por vezes não tem um entendimento cultural de alguns dos nomes dos registros Por exemplo, imagine um passageiro italiano chegando nos Estados Unidos e o seu nome sendo transcrito por um funcionário muito experiente da Índia, mas que não tem nenhuma familiaridade com nomes italianos. Com isso, pode ser que ele registre de forma errada alguns nomes. Obviamente que a equipe de transcrição não pode ser fluente culturalmente em todas as culturas ao redor do mundo, e assim, erros ocorrerão.

Se um  genealogista estiver procurando por um antepassado com seu nome correto, pode ser que ele não encontre o registro – e este é o maior problema que um erro, como descrito acima, pode causar. Como a maioria das pessoas faz a pesquisa através de um sobrenome, talvez este registro não seja encontrado. Algumas vezes, o motor de busca do MyHeritage pode corrigir facilmente alguns dos erros. Por exemplo, se o sobrenome do seu parente é “Rasmussen”, mas foi transcrito erroneamente como “Rasmusson”, a pesquisa ainda irá mostrar o registro devido à semelhança fonética. No entanto, outros tipos de erros podem não ser tão facilmente detectáveis e, assim, a pesquisa automática não irá conseguir contornar os problemas.

Vejamos um outro exemplo, se você estiver pesquisando por pessoas da família Fisk em uma coleção do censo, mas o nome tinha sido transcrito de forma errada como “Fish”, neste caso será praticamente impossível encontrar o registro. Este, na verdade, é um exemplo real. No registro abaixo, “Mary Fisk” foi indexada como “Mary Fish”, na coleção do MyHeritage relativa ao Censo Federal Americano de 1940.

Clique para ampliar

O transcritor deste registro não prestou a devida atençao! Mary e seus dois irmãos também deveriam ter seus nomes transcritos como “Fisk” (como foi feito com seus pais) e não como “Fish”. A transcrição aqui não apenas é errada, mas também inconsistente!

Clique para ampliar

Se você olhar de perto, realmente o “k” de Fisk, poderia ser confundido com um “h”, como na transcrição, o que de fato aconteceu aqui. É fácil entender como erros podem acontecer na transcrição, especialmente quando juntamos humanos (que cometem erros) e letra manuscrita cheia de garranchos.

Interessante que a família completa também aparece no  Censo Federal Americano de 1930, do MyHeritage, e, desta vez, a família toda teve o nome “Fisk” transcrito corretamente.

Exemplos

Abaixo temos um exemplo de um nome indexado errado na coleção de lápides do MyHeritage BillionGraves. Um usuário (na verdade um de nossos experts em genealogia, Daniel Horrowitz) sugeriu que Hyman Posenberg fosse indexada corretamente como Hyman Rosenberg:

A imagem da lápide abaixo mostra a ortografia correta do home “Hyman Rosenberg”. O erro, no entanto, é compreensível, com o tempo o R ficou meio deteriorado e acabou parecendo um pouco com um “P”.

Lápide transcrita erroneamente

Outro exemplo de erro em registros é uma entraa do censo de Mary Cubitt Francis na coleção de Censos da Inglaterra e País de Gales de 1860. Mary foi listada como “Mary Cnlitt Francis” e um usuário atento do MyHeritage sugeriu uma grafia alternativa para ela, através da nova função:

Se você olhar com atenção o registro original do censo, você verá que o nome Mary Cubitt Francis foi escrito com a grafia correta, mas é fácil entender a dificuldade na transcrição.

Clique para ampliar

A nova função para sugestão de alternativas

Como mostramos acima, existem muitos erros nos registros históricos, mas agora você pode fazer alguma coisa para corrigir o problema. Até agora, sempre que você encontrava um erro no registro, você não poderia corrigi-lo. Você talvez pudesse escrever um email para nós, mas não podia passar esta informação para outras pessoas na comunidade genealógica. Com esta nova função, você pode agora corrigir os erros encontrados imediatamente no SuperSearch™.

É importante notar que as alternativas sugeridas não irão substituir o nome atual da transcrição, elas serão uma sugestão adicional. Elas serão então listadas como sinônimas e mesmo se você sugerir uma transcrição errada também (errar é humano mesmo 😉 ), um outro usuário poderá contribuir com uma sugestão correta. De fato, é possível sugerir correções múltiplas para cada registro.

Você também poderá sugerir nomes em coleções como censos, nascimento, casamento e falecimentos, listas de passageiros, registros militares e muito mais. Todos registros estruturados com campos para os nomes podem ser consertados.

Se você encontrar um registro no SuperSearch e notar um erro, ou por você entender melhor a letra, ou por ter um conhecimento pessoal em relação à pessoa em questão, você poderá corrigir o erro e sugerir uma grafia correta para o primeiro nome, para o sobrenome, ou ambos, para qualquer pessoa, em praticamente todos os registros. Suas correções são um ganho tremendo para o motor de busca do MyHeritage. Outros usuários poderão enfim encontrar os registros que estavam procurando, ao ver os nomes corretos sugeridos – ao contrário de ter que adivinhar como os nomes foram talvez grafados incorretamente, para achar o registro.

Como corrigir um nome em um registro histórico

Para corrigir um nome associado a um registro, clique e, “Sugerir uma alternativa”, um botão que está no final de quase todos os registros.

Caso o registro em questão seja ligado a um censo, então você verá uma lista de nomes associados ao registro, todas eles residentes de uma mesma residência ou endereço. Confira abaixo o exemplo da família Fisk.I

Caso haja vários nomes associados a um registro, você verá um menu suspenso após clicar em “Sugerir uma alternativa”. Selecione o nome da pessoa que você gostaria de corrigir, na lista.

Se porventura você estiver corrigindo um registro ligado à uma família, com vários nomes, nós recomendamos que você faça a correção dos sobrenomes (caso este seja o erro), para cada um dos nomes da família.

Corrigindo os “Fish” com o nome correto da família: “Fisk”

Se o registro estiver associado à somente uma pessoa, não será necessário selecionar os nomes.

Depois de escolher um nome (caso seja necessário), uma nova caixa será aberta para que você anote suas correções.

Introduza os nomes corretos, de acordo com seu conhecimento. Depois, escolha o motivo pelo qual você está sugerindo um nome alternativo.

O campo “obervações” é importante, pois ele permite explicações que você talvez queira dar para outros usuários, mostrando a correção com conhecimento de causa.

Por exemplo, “Mary Fisk era minha tia-avó e houve uma transcrição incorreta do seu nome, como Mary Fish.” Ao terminar, é só clicar em “Enviar”.

O que acontece quando você sugere um nome alternativo?

Depois de adicionar um nome alternativo, ele será salvo imediatamente em nosso sistema e o MyHeritage irá processar as informações automaticamente uma vez por semana, para que o motor de buscas seja capaz de encontrar o registro com o nome alternativo incluído por você. O nome alternativo sugerido irá aparecer no tipo da página de registro, logo abaixo da transcrição inicial.

Alguns registros, como de censo por exemplo, irão apresentar uma lista bastante prática, com nomes sugeridos ligados ao registro em questão, como no exemplo abaixo.

Além do mais, nos registros com sugestões alternativas, uma nova seção será adicionada com o nome “Alternativas oferecidas por membros do MyHeritage”. Esta seção mostra o nome original do registro, a sugestão alternativa, motivo para a mudança, observações anexadas (caso existente) e, mais importante, ela dá crédito ao usuário que faz a correção.

Você também pode editar qualquer sugestão feita anteriormente, ou incluir mais informações, ao clicar o símbolo do lápis. Você também pode deletar qualquer alternativa sugerida, caso você tenha feito um erro – basta clicar no símbolo da lata de lixo.

Depois de incluir uma sugestão, outros usuários interessados no registro em questão poderão entrar em contato com você através de mensagens dentro do MyHeritage (caso você tenha liberado esta possibilidade nas suas configurações). Obviamente, suas informações de contato pessoas nunca serão mostradas para ninguém, somente o seu nome de usuário será exibido. Coerentemente, caso você esteja visualizando um registro com um nome alternativo, adicionado por um outro usuário, você também só poderá ver o nome de usuário da pessoa. Você também poderá entrar em contato com a pessoa, caso ela tenha liberado o contato via MyHeritage em suas configurações.

Porém, pode ser bastante útil entrar em contato  com a pessoa que contribuiu a sugestão, já que a pessoa tem conhecimento sobre a pessoa pesquisada, ou a família. Talvez, vocês sejam até mesmo parentes, já que vocês têm interesse no mesmo registro.

Entrando em contato com o usuário que incluiu a correção

Se você passar o mouse sobre o ícone das observações, você poderá lê-las.

Clique para ampliar

Cada alternativa sugerida será passível de pesquisa por todos os usuários do MyHeritage, em alguns dias, através de um processo automático que se dá semanalmente.

Alternativas sugeridas também aparecerão nos resultados da busca. Por exemplo, se alguém pesquisar pelo nome correto “Mary Fisk” no Censo Federal Americano de 1940, graças às sugestões, elas irão agora aparecer ligadas ao registro em questão.

Observações adicionais

Existem algumas coleções, onde não se podem sugerir alternativas, como em coleções de texto (jornais, livros, etc.) e na coleção de Árvores genealógicas. Jornais e livros são incluídos através de uma técnica chamada de OCR (Reconhecimento Ótico de Caracteres) e não através da transcrição manual. Futuramente, pretendemos incluir a possibilidade de se fazer observações em cada palavra destas coleções, não apenas nos nomes. Na coleção de árvores genealógicas, nós não iremos permitir correções, já que elas são a cópia da árvore ativa de alguma pessoa, que não pode ser modificada por você. O que nós recomendamos neste caso é que,  caso você encontre um erro na árvore de outrém, entre em contato com o dono da árvore e aponte o erro para eles, para que eles mesmos possam eventualmente fazer a correção, de forma que ela também seja difundida no motor de busca. Isto irá fazer com que a correção seja feita diretamente na fonte, o que é muito mais produtivo.

Que tipo de erros você pode e deve arrumar, com a nova função? Recomendamos que você use esta função para consertar nomes e que evite incluir informações que só você conhece e que nem aparecem no registro. Isto irá reduzir o risco de você induzir outros pesquisadores a erros, causados por informações adicionais acerca da pessoa errada. Por exemplo, se você estiver consultando um registro de falecimento e quiser contribuir com a data do casamento e o nome do esposo, baseando-se somente no seu conhecimento, então não utilize o “Sugerir alternativa” mas, sim, insira um comentário.

A sugestão de alternativas é uma função gratuita e aberta a todos, mas deve-se lembrar que você só pode sugerir alternativas para registros que você pode abrir e alguns dos registros do MyHeritage só estão disponíveis a assinantes de dados, ou da assinatura completa.

A correção dos nomes é apenas o começo. Esta é a primeira fase de uma função ainda mais poderosa para a melhoria dos registros hitóricos que pretendemos lançar aos poucos. Caso nós possamos verificar que esta função está sendo útil para muitos usuários, iremos apressar o passo para implementação das próximas fases, em que permitiremos que você também corrija outros campos de informação como datas, locais, designações dentro da estrutura familiar, profissões, idade, etc.

Resumo

Estamos muito felizes em lançar esta função e permitir que os usuários do MyHeritage possam arrumar erros em nomes presentes nos registros históricos, para ajudar a comunidade de genealogistas a encontrar mais informações sobre seus parentes. Esperamos que graças a esta função e à sua ajuda, os bilhões de registros históricos de MyHeritage se tornem ainda mais precisos e úteis para vocês, todos os dias.

Divirtam-se!

Equipe MyHeritage

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado