Tutorial de DNA: uma nova série de artigos no blog

Comentários1

Este artigo vai dar início a uma rodada de artigos no nosso blog, ligados ao DNA. Cada vez algum especialista no assunto irá apresentar algum assunto preparado para os novatos no assunto se tornarem verdadeiros experts! O primeiro artigo foi escrito por Yael, que já tivemos o prazer de apresentar para vocês neste artigo.

“Olá, meu nome é Yael. Como o mais novo membro da equipe de DNA do MyHeritage, tenho o prazer de ser o primeiro a apresentar um artigo para esta nova gama de artigos sobre DNA. Eu termineu meu Ph.D. em neurobiologia médica, na Universidade Hebraica de Jerusalém, onde eu também dei aulas de fisiologia, na faculdade de medicina. Meu laboratório se especializou na abordagem genética para resolver questões de pesquisa. Tenho muito orgulho de ter me juntado à equpe MyHeritage, onde ajudamos milhões de pessoas a encontrarem novos membros da sua família e descobrir suas origens étnicas.

Um monte de gente me pergunta como é que tudo funciona. O que nós fazemos quando recebemos sua amostra no nosso laboratório? Esta série de artigos vai responder as perguntas mais comuns que nós recebemos pelos nossos usuários do MyHeritage DNA.

Estes artigos irão explicar DNA para pessoas comuns, não para especialistas. Você também está interessado em DNA no geral, ou curioso sobre os resultados da sua composição genética, ou ainda tentando entender mais a fundo como esta ferramenta pode lhe ajudar na sua jornada genealógica? Se a resposta para alguma destas perguntas for sim, então, você está no lugar certo.

Genética 101

Nossos corpos são compostos por células. A central de cada célula é o núcleo. Dentro de cada núcleo se encontra uma cópia idêntica do manual de instruções exclusivo, referente a você, armazenadas no DNA. Há mais de 30 trilhões de células no nosso organismo e em cada núcleo, tem uma cópia do seu DNA.

Nenhum DNA é exatamente igual ao seu. Então, se você souber ler o seu DNA, tem muito que você pode aprender sobre você mesmo.

Herdando DNA

Nós herdamos 50% do nosso DNA de nossas mães e 50% dos nossos pais. Por sua vez, cada um deles recebeu 50% do DNA de sua mãe e 50% do DNA do pai deles. Então, quando consideramos o seu DNA, estamos vendo metade do DNA da sua mãe e metade do seu pai, que corresponde a 25% de cada um dos seus avós e 12,5% dos seus bisavós. Em outras palavras, ao analizarmos seu DNA, estamos vendo pequenas porções dos seus antepassados, que juntos lhe deram a combinação exata do seu DNA.

Adaptado a partir da Universidade do Arizona, Ciências da Saúde.

Compartilhado DNA

Duas pessoas, que herdaram DNA da mesma fonte, terão DNA em comum. Por exemplo, uma filha que recebeu 50% do DNA da sua mãe e 50% do DNA do seu pai, irá compartilhar partes do seu DNA com seu irmão, que também herdou 50% do seu DNA de cada um dos seus pais. Estes irmãos poderão ter herdado 50% diferentes de cada um dos paiss, de forma que irmãos não têm DNA idêntico, mas 50% em comum.

Isto significa, que temos em comum 50% do DNA com nossa mãe, 50% com nosso pai e também temos em comum com nossos irmãos 50% do nosso DNA. Duas amostras de DNA com 50% do DNA em comum indicam então que o relacionamento entre as pessoas testadas é de irmãos, ou pai e filho. Para identificar o relacionamento, nós primeiramente vierficamos o gênero das amostras. Homens terão um cromossomo Y em seu e as mulheres não. Em seguida, observamos as idades dos doadores da amostra, caso nós tenhamos este dado à disposição. Esta informação não é dada através do DNA. Mas estas informações juntas – a quantidade de DNA compartilhado, no exemplo acima, 50%, o sexo das pessoas testadas e suas idades – já são suficientes para que possamos dar a estimativa de relacionamento entre ambos doadores da amostra. Duas pessoas que compartilham 50% do seu DNA, ambas mulheres, com 30 anos de diferença entre elas são quase certamente mãe e filha.

DNA e você

O DNA carrega o seu código – a cor dos seus olhos, cor do cabelo, altura, até seu gosto (ou ódio!) por coentro, tudo está escrito no seu DNA. É por isso que pessoas com DNA comum, também têm características comuns. Se todo mundo te diz que você é a cara da sua mãe, ou tem o nariz do seu pai, ou se pessoas que nem sabiam que você tinha irmãos te dizem que vocês são muito parecidos na primeira vez que os vêem, agora você já sabe o motivo!

DNA e sua família

Enquanto você e seus parentes mais próximos compartilham bastante DNA, com parentes distantes você compartilha uma pequena porção de DNA. Dois primos distantes, que nunca se encontraram, mas que têm um antepassado em comum, terão uma pequena parte de seu DNA herdada deste mesmo antepassado. Esta é a base para usar os testes de DNA para descobrir parentes, que você não encontraria de outra forma.

O tamanho do DNA em comum depende de quantas gerações atrás o seu antepassado está localizado. Juntanto informações do nosso imenso banco de dados de árvores genealógicas, com o tipo de pistas que listamos acima (como sexo e idade), o MyHeritage já reuniu famílias no mundo todo. Confira as nossas histórias aquio Histórias MyHeritage.

DNA e o passado da sua família

Há algumas gerações, as pessoas não se mudavam com a frequência que o fazem hoje. Eles não voavam de um continente para o outro, nem atravessavam com frequência os oceanos. A maioria das pessoas crescia e morria no mesmo lugar em que nascia. Já que as pessoas se casavam com pessoas da mesma região e seus filhos também se casavam na mesma região, existe uma correlação entre o DNA e a localização geográfica. Esta máxima é especialmente válida em locais geograficamente isolados como a ilha da Irlanda.

Algumas vezes, esta herança de DNA não era necessariamente geográfica – ela poderia ser culturas. Por exemplo, os judeus ou cristãos menonitas casavam e tinham filhos dentro dos seus grupos geração após geração, criando uma correlação entre DNA e identidade cultural.

Quando você faz um teste de DNA do MyHeritage, nós comparamos seu DNA com nossos modelos de DNA de etnias diferentes, para verificar com quais há um match. A composição genética do MyHeritage inclui 42 etnias diferentes. Para que você entenda ainda melhor como nós fornecemos o maior  número de etnias do mercado é que criamos estes tutoriais para vocês.

Fique ligado

Os tutoriais de DNA irão ser postados uma vez ao mês. Esperamos que você siga a série toda, para entender melhor o que é o DNA e como os testes de DNA podem ajudá-los a entender mais sobre vocês mesmos e sobre a sua família. Perguntas e comentários são bem-vindos e vamos seguir juntos explorando tudo sobre o DNA!

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado

  • Fernanda


    novembro 29, 2017

    Gostei muito do assunto algum tempo tenho duvida ate quantas gerações é possivel saber pelo exame.