Mãe e filha reunidas após 50 anos separadas

Comentários0

Cathy vinha procurando sua filha Karen há muitos anos, mas nunca havia conseguido encontrá-la. Levou 50 anos para que mãe e filha, separadas na maternidade, pudessem se reencontrar graças a um match de DNA do MyHeritage.

Assista este reencontro emocionante nesta matéria da TV americana (em inglês):

 

Quando Cathy engravidou, com apenas 16 anos de idade, em Pittsburgh, nos Estados Unidos, em 1966, ela foi mandada para um lar católico. Neste local, em que ficavam abrigadas mães não casadas, ela foi forçada a dar sua filha para adoção. Ela só pode ver sua filha por alguns minutos, logo após o parto, antes de sua filha ser levada na maternidade.

Cathy, na sua adolescência na década de 60.

Não passava um dia sequer em que Cathy não pensava na sua filha, que ela foi obrigada a deixar, pensando onde a filha estaria e se ela seria feliz.

Karen cresceu com uma família adotiva muito amorosa e acolhedora, mas ela sempre sonhou em conhecer a sua mãe biológica. Quando estava na terceira série, Karen teve uma tarefa diferente: fazer a árvore genealógica da sua família, e ela não conseguiu nem começar a tarefa, já que não sabia nenhuma informação sobre sua família biológica. Ao longo da sua jornada de auto-conhecimento, os pais adotivos de Karen foram extremamente compreensivos, sempre apoiando sua decisão de tentar encontrar suas raízes.

A busca continuou por muitos anos, sem sucesso. No entanto, um dia o marido de Karen leu que era possível subir os dados brutos de DNA no site do MyHeritage, gratuitamente. Apenas alguns dias depois, Karen recebeu um match de DNA e tudo se encaixou. Após 50 anos de espera, Cathy finalmente conseguiu reencontrar sua filha.

Na primeira visita, Cathy voou de Baltimore, para Greensboro, na Carolina do Norte (EUA), para conhecer Karen e sua família. Elas tinham muito assunto para por em dia.

Karen (esquerda) e Cathy (direita) em seu reencontro no aeroporto, na Carolina do Norte.

Elas estão adorando finalmente poder passar tempo juntas e conhecer uma a outra. Elas têm muito em comum, além de terem o mesmo corte de cabelo, tatuagens parecidas e amarem jardinagem e animais.

Karen (esquerda) e Cathy (direita) na casa da Karen.

Elas estão simplesmente maravilhadas com sua descoberta e esperam que outras pessoas passando pela mesma dificuldade possam encontrar seus parentes o mais rápido possível.

Cathy comenta:

Ninguém deveria ter que ficar 50 anos sem ver seus filhos. Isso simplesmente não deveria acontecer.

Karen completa:

Todo mundo tem o direito de saber de onde vem.

Assista o video completo do reencontro aqui (em inglês):

 

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado