Não desistir jamais!

Comentários0

A pesquisa genealógica na verdade nunca tem fim. Você já deve ter passado pela situação: queria dar uma passadinha rápida na sua página, só por “uma horinha”, para colocar algumas coisas em ordem. Quando deu por si, mais de três horas já haviam se passado e você não consegue explicar, como foi que o tempo passou tão depressa. A verdade é que um assunto puxa o outro. Por exemplo, graças às Smart Matches você encontra uma pessoa, que há uma semana era ainda uma reles desconhecida, mas agora você inclui a pessoa na árvore, depois vai pesquisar para ver se encontra mais informações sobre ela, daí encontra uma foto, um novo documento e assim o tempo vai.

E justamente esta possibilidade de sempre encontrarmos novas pistas, novas pessoas, novos documentos é que faz a pesquisa da história da família tão emocionante. As fontes que encontramos online – e que vão se multiplicando com o tempo – fazem com que a busca que fizemos há uma semana, traga resultados diferentes se repetirmos a mesma busca hoje.

Você nunca fez este teste?

Então, vamos lá: tente repetir os passos e veja o que acontece agora. Escolha alguns nomes da sua árvore genealógica e coloque estes nomes no google. Com sorte você irá encontrar o nome dos seus antepassados ou parentes em documentos já digitalizados, em um artigo de jornal, na página de algum genealogista ou em algum outro lugar.

Depois de algum tempo (ou se você já tiver feito esta busca antes, agora), volte ao google, para repetir a pesquisa. Compare os resultados! Recomendamos que você repita suas pesquisas periodicamente, afinal, novos registros são digitalizados a cada dia, bem como jornais, documentos e novos acervos.

Existem muitas razões para os nomes dos nossos parentes aparecerem na rede: talvez eles foram mencionados em um jornal local, passaram em algum concurso ou vestibular, estão envolvidos em alguma disputa jurídica, ou foram mencionados em um testamento ou inventário… e além dos nomes, você também encontrará informações úteis, talvez até mesmo outros familiares, que vão fazer a sua árvore genealógica crescer.

Refazer os seus passos não significa um retrocesso, mas sim, uma nova dinâmica. Então, acostume-se a refazer buscas. Imprima uma lista dos seus parentes, cujos nomes você já procurou no google e repita esta busca de tempos em tempos (por exemplo, de 6 em 6 meses). Provavelmente você terá algumas informações adicionais para alguns dos nomes pesquisados, dados estes que você poderá incluir em sua árvore genealógica.

O importante é: não desista!

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado