“Tudo o que eu queria era encontrar a minha família biológica”

Comentários9

Foi só quando Joanne Perkins estava no trem, a caminho da cidade de Toledo, nos Estados Unidos, que “caiu a ficha” e ela se deu conta de que iria encontrar a sua família biológica pela primeira vez. O trem estava levando Joanne para a família que ela não via desde que tinha 8 anos de idade.

Tudo começou em junho de 2016, com Joanne sentada na sala da sua casa, assistindo TV. Ela viu então uma propaganda do MyHeritage, convidando as pessoas a pesquisarem a história da família e a encontrar seus parentes. Depois de tantos anos solitários, Joanne decidiu que ela não tinha nada a perder. Ela decidiu arriscar uma última vez e procurar a sua família no MyHeritage.

Joanne criou seu cadastro no MyHeritage e escreveu um pedido na seção da Comunidade do MyHeritage, para tentar conseguir ajuda para encontrar sua família:

community

Joanne nem esperava uma resposta, quanto menos receber uma algumas poucas horas depois. A surpresa maior foi ver que a resposta veio não apenas do CEO do MyHeritage, Gilad Japhet, mas tinha um conteúdo totalmente inesperado. Ele escreveu para ela que encontrou vários dos seus parentes:

“Encontrei um monte de parentes seus, primos, etc. E muitos detalhes sobre seus pais, avós, tios, tias e mais. Por exemplo, aqui está a sepultura do seu irmão, que faleceu pouco tempo depois do seu nascimento”:

Túmulo do irmão de Joanne - Robert Morton Perkins.
Túmulo do irmão de Joanne – Robert Morton Perkins.

Mas isto ainda não era tudo. Japhet compartilhou com Joanne uma grande quantidade de documentos que ele encontrou sobre a família dela, incluíndo um artigo de um jornal local sobre o falecimento do seu irmão e a certidão de casamento dos seus pais. Finalmente, ele enviou também uma foto destas duas mulheres:

Judith DeRoisa e Barbara Groves - primas de primeiro grau de Joanne.
Judith DeRoisa e Barbara Groves – primas de primeiro grau de Joanne.

“Encontrei membros vivos da sua família no Facebook. Você parece ter uma família adorável e aqui estão duas primas suas”, completa Gilad.

Joanne não cabia em si de tão contente. Japhet pediu para Joanne contar um pouquinho da sua história, para que ele pudesse procurar ainda mais informações. Maravilhada com este “anjo da genealogia” que se ofereceu para ajudá-la numa forma tão significativa, ela decidiu se abrir, contar sua história e compartilhá-la com os usuários de MyHeritage.

“Eu morei com minha mãe até os oito anos de idade”, ela conta. “Meu pai servia no Exército e foi mandado para a Alemanha. Minha mãe teve um problema de saúde mental e foi hospitalizada. Meus tios mandaram-me juntamente com meus irmãos para um orfanato. Pouco tempo depois, minha mãe decidiu acabar com a própria vida. Meu pai acabou se casando com outra pessoa. Eu quero muito encontrar minha família biológica. Você realizou um sonho que acalento há muitos anos. Agradeço do fundo do meu coração.”

Baseado nas informações que Joanne enviou, Japhet continuou a pesquisar a sua família e encontrou outros detalhes importantes como fotos de seus parentes e números de telefone atualizados. De repente, tudo o que faltava para Joanne encontrar seus familiares era um telefonema. Ela decidiu pegar o telefone.

Joanne conta um pouquinho mais sobre a sua primeira conversa, por telefone, com sua prima Tammy (em inglês):

Depois de muitas horas no telefone, a família decidiu fazer uma reunião e os parentes de Joanne convidaram-na para visitá-los. Para uma pessoa que até então pensava ser sozinha no mundo foi uma emoção enorme ouvir este convite e Joanne desligou o telefone, aceitando o convite com lágrimas nos olhos. Cenas do passado, que pareciam terem sido esquecidas, voltaram à memória.

“De repente, eu me lembrei da última vez que os vi, logo depois da morte da minha mãe. Eu me lembrei do dia em que toda a família estava reunida para decidir o que fazer conosco, os três filhos – ou seja, meus irmãos e eu”.

Vários dias antes de embarcar no trem para Toledo, um carteiro bateu à sua porta e entregou um pacote para Joanne. Ao abrir, Joanne se deparou com mais uma surpresa do CEO do MyHeritage: um pôster enorme da sua árvore genealógica, com nada menos do que 100 parentes biológicos.

joanne-train-e1480928045673

“Ninguém nunca fez algo assim para mim antes”, diz Joanne. “Nunca imaginei que, um dia, uma pessoa que nem mesmo me conhece iria aparecer, com o simples desejo de ajudar, e iria tornar meu sonho em realidade. A viagem para Toledo foi como um conto de fadas”.

A família preferiu realizar esta reunião tão especial longe das câmeras. Depois de tantos anos e com recordações tão dolorosas, eles preferiram que este primeiro encontro fosse privado.

Joanne resumiu o encontro: “Fechei um círculo. Quando eu mostrei a árvore genealógica que ganhei do MyHeritage para eles, de repente todo mundo se encontrou naquela árvore e pode entender a conexão entre nós. Eu nunca pensei que isto fosse acontecer, mas o fato é que agora eu não estou mais sozinha. Eu tenho uma grande família que me ama e que nunca me esqueceu”.

Deixar um comentário

O e-mail será mantido em sigilo e não será mostrado

  • Maria Piedade


    dezembro 15, 2016

    Como posso encontrar familiares em outro País sem saber o nome nem sobrenome?

  • cristina beulke lima


    dezembro 18, 2016

    tambem gostaria de encontrar minha verdadeira familia;

  • cristina beulke lima


    dezembro 18, 2016

    sou adotada e sempre quis saber da minha família biológica.

    • Karen


      dezembro 19, 2016

      Oi Cristina, adoraríamos tentar ajudá-la também! Você tem mais detalhes sobre a sua história? Já fez a sua árvore genealógica no nosso site?

  • Fabrício


    dezembro 19, 2016

    Olá pessoal, este artigo também me chamou a atenção pois sou filho adotivo e também gostaria de encontrar minha família biológica que procuro faz 5 anos. Estou com 33 anos de idade e a única coisa que sei é a cidade onde nasci, será que ajudaria? Se fizer aquele teste de DNA do site ajuda? Grato.

    • Karen


      dezembro 20, 2016

      Oi Fabrício, entre em contato conosco através do email: brasil@myheritage.com e mande todos os detalhes que tiver!

  • Ireni rodrigues santos


    janeiro 16, 2017

    procuro por familiares de Ruy Rodrigues dos S muitos anos e naõ teve mais contatos com os parentes,tevantos natural de Lagartos Sergipe veio pra Bahia há muitos casou se e teve dois filhos e pretendo encontrar a minha desendencia ok.

  • Rosany Schmidt


    janeiro 19, 2017

    Bom dia!
    A ajuda oferecida por vocês é paga? Procuro registros dos meus bisavós e não sei mais aonde procurar pois não foi encontrado no Myheritage.

    Meu marido também procura a certidão de nascimento do avô dele e não achamos. Marcellino Braggio vindo da Itália chegou no brasil em 12/10/1892 s juntos com seus pais.

    Att,
    Rosany

    • Karen


      janeiro 23, 2017

      Oi Rosany, nós oferecemos uma ajuda gratuita através da nossa comunidade de usuários. Você já cadastrou lá a sua pergunta:
      https://www.myheritage.com.br/community
      Você também pode contactar o serviço pago que é oferecido no site através de parceiros do MyHeritage. Para isso, no site, clique na aba “pesquisa” e depois em “Contratar um pesquisador”.