20    mai 20143 Comentários

A última carta do vovô

James K. Flanagan escreveu uma carta para seus cinco netos, com conselhos que ele queria lhes dar sobre a vida. Apenas alguns meses depois, inesperadamente, ele morre vítima de um ataque cardíaco. Será que ele já estava esperando ou pressentindo a morte? Fato é que sua carta é uma verdadeira lição de como podemos nos tornar pessoas melhores.

Fonte: Wiertz Sébastien

Gostaria de compartilhar com vocês esta linda carta, que pode servir de inspiração para muitos.

Queridos Ryan, Conor, Brendan e Charlie, querida Mary Catharine,

a minha querida e inteligente filha Rachel me convenceu a escrever algumas palavras para vocês, contando um pouco sobre as coisas importantes, que a vida me ensinou. Estas linhas estão sendo escritas no dia 8 de abril, na noite do meu 72º aniversário.

1. Cada um de vocês é um presente maravilhoso de Deus para a família de vocês e para o mundo também. Lembrem-se sempre disto. Principalmente, quando tiverem dúvidas ou inseguranças.

2. Não tenham medo. De nada, nem de ninguém, quando o assunto for aproveitar a vida ao máximo. Espero que vocês sigam seus sonhos e esperanças, não importa o quanto eles pareçam inatingíveis ou estranhos. Pessoas demais acabam não fazendo o que gostariam de fazer, por temer ou ficar dando atenção demais ao que os outros pensam. Não se esqueçam nunca: se estas pessoas não são aquelas que vão lhes trazer uma canja quando vocês estiverem doentes, ou se elas não estão ao seu lado, quando vocês precisam de apoio, então a opinião delas não vale nada. Fuja daqueles pessimistas, que ouvem os sonhos de vocês e começam com um "Mas e se...". Pro inferno com os "Mas e se...". Vão atrás dos seus sonhos! E que eles vierem realidade. A pior coisa na vida é olhar para trás e se arrepender por algo que você não fez. Então, não se preocupem em correr risco, ou fazer erros. Aprendemos com eles.

3. Os "outros" também são pessoas normais. Algumas pessoas usam roupas caras, ou têm títulos imponentes ou têm (por algum tempo) poder. Estas pessoas querem que vocês acreditem que elas são especiais. Não acredite nelas. Elas são pessoas de carne e osso, como vocês. Elas também dormem, comem, bebem e peidam, como quaisquer outras. Questionem sim a autoridade, ou o abuso dela, mas de forma inteligente e respeitosa.

4. Façam uma lista das coisas que queiram fazer na vida: Coisas como viajar, aprender alguma coisa diferente, conhecer gente. Vocês podem fazer uma lista longa e não se esqueçam de ir riscando as coisas que forem conquistando ao longo dos anos. E não se esqueçam do famoso ditado: "não deixe para amanhã, o que podes fazer hoje". Pois de contrário, vocês nunca terminarão a lista de vocês. Não existe amanhã. A hora certa de fazer alguma coisa é agora.

5. Sejam simpáticos e tentem sempre ajudar o próximo, principalmente os mais fracos, os mais medrosos e as crianças. Todos nós temos alguma preocupação, mas estas pessoas merecem ainda mais consideração.

6. Não entrem para o Exército ou alguma outra organização que ensine a matar. Guerras são cruéis. Todas as guerras são iniciadas por homens mais velhos, que obrigam os homens mais novos a se odiarem mutuamente e a matar. Estes homens mais velhos sobrevivem e acabam a guerra da mesma maneira que começaram: com papel e caneta. Muitas pessoas boas e honestas morrem. Mas eles vivem. Se guerras são mesmo tão nobres, por que os líderes das mesmas, que começam as guerras, não estão nos campos de batalha e não lutam?

7. Leiam livros, o máximo que puderem. Livros são uma fonte de alegria, sabedoria e inspiração. Eles não precisam de bateria, ou de conexão com a internet e podem ser levados a qualquer lugar.

8. Sejam verdadeiros.

9. Façam viagens: sempre, mas especialmente enquanto ainda forem jovens. Não esperem até terem dinheiro ou pelo momento ideal. Este momento nunca chega. Tirem agora o passaporte de vocês.

10. Escolham a profissão que vocês amam. Claro que qualquer profissão tem aspectos difíceis, mas tem que trazer prazer também. Não aceitem nunca um trabalho somente pelo dinheiro. Isso mutilaria a alma de vocês.

11. Não xinguem. Isso não vai levar a nada e acaba magoando não só as outras pessoas, mas vocês próprios. Eu só fracassei a cada novo xingamento.

12. Cumpram sempre as promessas feitas às crianças. Não digam: "Vamos ver", quando vocês querem, na verdade, dizer não. Crianças esperam a verdade. Então digam a verdade com amor e bondade.

13. Não digam nunca "eu te amo" a alguém, se o sentimento não for verdadeiro.

14. Vivam a vida em harmonia com a natureza. Saiam de casa, vejam o mar, as montanhas, as florestas e os desertos. Isto é essencial para a alma.

15. Abracem as pessoas que amam. Digam a elas o quanto elas são importantes para vocês. Não esperem até ser tarde demais.

16. Agradeçam. Cada dia vivido é único e não volta mais. Vivam sempre com este pensamento em mente.

O que vocês acham destes conselhos? Quais seriam os conselhos que vocês próprios dariam a seus filhos e netos? E o que acham de também escrever uma carta para eles?

Comentários (3) Trackbacks (0)
  1. São conselhos muito valiosos. As pessoas que os seguirem,com certeza encontrarão a felicidade... Eu os darei a meus filho e netos. Obrigada por repassar tão linda carta!
  2. Muito bonita a carta!! Muito real, se as pessoas fizessem pelo menos parecido com os conselhos dados nessa carta, o mundo seria melhor para se viver! Como diz naquela música do Renato Russo,"...É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, por que se você parar pra pensar na verdade não há..."
  3. O conselho que desde já tento encucar em minhas filhas e netos é que procurem sempre serem felizes, priorizarem respeitar a todos inclusive as crianças. Cumprir o que prometem é fundamental! Parabenizo o MyHeritage, por intermédio dessa ferramenta poderemos deixar muitas informações e conselhos úteis as futuras gerações!! Obrigada

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados