25    nov 20121 Comentário

Madrinha – Mamãe de reserva

Hoje é o dia da Madrinha ou da mamãe de reserva.

Em quase todas as culturas pelo mundo existe a figura da madrinha, até nos Contos de Fadas, onde a Fada Madrinha é figura obrigatória.

Não existe uma origem palpável para a figura da madrinha na literatura. O termo madrinha é do Latin MATRINA variante de MATER que que dizer mãe.

Os antigos gauleses reverenciavam a figura como uma segunda mãe. Muitas das religiões que conhecemos dão destaque especial a figura da madrinha.

Eu tenho a minha teoria e vou expô-la, mesmo que seja totalmente desprovida de fundamentos científicos mas, pela falta dos mesmos, adotei a seguinte explicação: (Por favor, se existir algo melhor, me conteste).

Para mim, esta figura de proteção dos nossos pequenos e de outros seres, não necessariamente relacionados a algum grau de parentesco, sempre existiu em todas as sociedades, inclusive entre algumas sociedades animais como a dos elefantes, dos leões, dos cavalos marinhos, dos pinguins e tantos outros.

A figura esta relacionada a um sentimento comum a todos nós, a preservação da espécie, e justifica-se no fato de todos nós, até termos a plena consciência e conhecimento para caminhar por si só, necessitaremos sempre de um tutor ou responsável protetor.

Na história humana, em outras épocas, viver era um desafio tanto para as crianças quanto para os adultos, assim, ao delegar a responsabilidade da criação, em caso da ausência sua, a mãe poderia garantir a vida de seus filhos.

É como se, ao escolhermos para madrinha de nossos filhos uma pessoa, lhe transferíssemos o nosso testamento emocional.

— Se algo acontecer comigo, deixo-lhe como herança a vida de meus filhos.

Então, na ausência dos pais, alguém irá dedicar aos pequeninos o mesmo amor com o qual eles já estavam acostumados.

O pais fazem isso por saber que mesmo distantes, esta escolhida madrinha, irá ser os olhos, a segurança e a presença dos pais na vida dos filhos.

Por este motivo é que tantas pessoas escolhem a dedo as madrinhas para os seus filhos. A escolha não é apenas pela posição social ou pelas posses da madrinha, mas pela capacidade intelectual e pela capacidade de amar desta pessoa.

As madrinhas são pessoas que demonstraram aos pais de uma criança um sentimento escondido chamado "MATERNIDADE".

Muitas madrinhas são mães, mesmo sem nunca terem tido filhos. Amam seus afilhados como amariam a seus próprios filhos, fazem por eles o que ninguém mais faria e assim, cumprem o legado dos pais e preservam nas crianças a mesma educação, segurança e continuidade que lhe foi confiada.

Ser madrinha é uma honra que alguém lhe concedeu. Ser madrinha é ter sido escolhida pelo Amor que você demonstrou. Ser madrinha é ser MÃE.

Eu adoro chamá-las de Mãedrinha.

Parabéns se você teve esta honra.

Mamãe de reserva. Porque não nos dizer o nome de seus queridos afilhados aqui nos nossos comentários?

Comentários (1) Trackbacks (0)
  1. Minha madrinha me foi uma segunda mãe e com ela aprendi muitas, mas muitas coisas mesmo, desde educação e cultura, a hábitos diários, além, claro, de receber todo amor e carinho que poderia.

    Infelizmente a perdi este mês... ainda não fizeram quatro semanas que ela nos deixou. Mas sua memória estará sempre presente, até o fim dos meus dias, como legado de tudo o que ela fez por mim, meu irmão e minha mãe!

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados