12    set 20120 Comentário

Adoráveis Lembranças

Após escrever o blog de ontem, conversando com uma amiga, comentávamos sobre os melhores momentos de nossas vidas, quando estivemos cara a cara com estas criaturinhas encantadoras e cativantes. Nossos filhos.

A conversa rendeu algumas risadas e muitas lembranças. Voltamos ao passado quando nos lembramos de nossos filhos ainda pequenininhos e alterando a rotina de nossa casa. Juro a vocês, este tipo de lembrança até cheiro tem. Cheiro de talco, de pomadinhas, de mamadeira morninha e outras lembranças gostosas que enchem o nosso coração de ternura.

Opa, esqueci até de perguntar. Você já passou pela experiência de ter um bebezinho dividindo o seu espaço, não é?

Concordaremos em um ponto, eu e você, foram os melhores momentos de nossas vidas, mesmo que isso tenha significado noites acordadas, programação da Tv interrompida ou final de semana de plantão para as vacinas, parquinhos e passeios.

Já eu e minha amiga, nos lembramos de nossos filhos também pelas pequenas e delicadas manias que nossos filhos tinham quando bebezinhos.

Sabe aquelas manias de chupar o dedinho, dormir de braços e pernas abertas, passar a mão no pezinho, senão não dorme, coçar a orelha, (do papai ou da mamãe), puxar o cabelinho ou ficar fazendo cachinho, passar uma fraldinha de pano no narizinho e tantas outras manias que encontramos nestas criaturinhas.

Meus filhos tiveram, travesseiros, ursinhos, fraldas, brinquedinhos de apertar e de morder. Meu primeiro filho, bastava colocá-lo no colo e ele já vinha mexer na nossa orelha e isso o fazia dormir rapidamente, já minha filha, além de uma fraldinha velha e gasta para coçar o rostinho, só dormia depois de uma volta de carro pelas redondezas. Era colocá-la dentro do carro, ligar o motor, sair e dar umas voltas e ela voltava desmaiada de sono, prontinha para o berço.

Assim, todos eles tinham, a sua maneira uma forma de dormir, de comer, de tomar banhinho ou outras atividades. Cada atividade, em separado, tinha a sua mania especifica.

A filha de uma conhecida, só dorme acendendo e apagando uma pequena lanterna.

Já que eu e minha amiga nos lembramos de algumas desta manias, você que já passou pela experiência, poderia nos contar quais eram as manias de seus filhos? Será que, como no meu caso e no caso de minha amiga, existe uma mania que é comum a todos?

Para mim e minha amiga a fraldinha de pano no rostinho foi quase que uma lembrança única e comum aos dois. A diferença foi a cor. E para você?

Nós gostaríamos muito que você participe desta conversa e nos conte algo sobre as manias de seus filhos.

Só para concluir, as manias de nossos filhos acompanham o crescimento, hoje já adultos eu consigo ainda ver algumas manias neles, que em algumas horas me fazem rir, dos tempos que ainda eram crianças.

Deixe seu comentário.

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados