17    jul 20121 Comentário

Gente nova – Gente nossa

A vida dá muitas voltas, esta em constantes mudanças. A alguns meses atrás, ficamos sabendo de uma encantadora notícia: A nossa companheira Sílvia da Silva está esperando um bebê. Nós todos nos tornamos tios e tias neste período. É uma notícia emocionante ainda mais por ser a Sílvia uma mamãe de primeira viagem. (Imaginem os nossos "experientes" conselhos).

Mesmo muito contentes, sabíamos que chegaria o dia que Sílvia teria que nos deixar para viver a experiência da maternidade no aconchego de seu lar, e que alguém iria substituí-la.

A selecionada foi Karen Hägele, que vai dar continuidade ao excelente trabalho que Sílvia vinha realizando.

Assim como todos nós, Karen também tem uma história familiar para nos contar.

Retorno as raízes: Do Brasil para a Alemanha

Ainda criança eu lembro de usar certas palavras que meus amigos não sabiam. Por exemplo, eu chamava minha avó de "Oma", e meu avô de "Opa". Eu poderia contar a partir de "eins" para "Zehn" e minha canção de ninar favorita era "Backe, backe Kuchen". À noite eu desejava aos meus pais um "Nach Gute" e no Natal costumávamos comer "Stollen" (uma espécie de pão de frutas), cozido, é claro, somente pela minha avó.

Nós éramos os únicos no nosso bairro que tínhamos uma árvore de Natal real com velas reais em vez de "coisas piscando," como o meu avô costumava dizer.

E tudo isso teria sido perfeitamente normal não fosse eu ter nascido no Brasil.

Eu estou vivendo a alguns anos na Alemanha, e eu ainda me lembro, quão grande foi finalmente ver, que eu já sabia só de histórias. Eu estava na terra de meus avós, que deixaram a Alemanha pouco antes da 2ª Guerra Mundial por causa da difícil situação econômica no país.

Mas, como muitas vezes nestes casos, senti que estava ficando alienada de minha própria identidade. O que eu pensava serem minhas 'raízes' era muito diferente da realidade. No Brasil eu era alemã, mas na Alemanha eu era brasileira. No entanto, logo me ajustei a minha nova casa.

Matrimônio dos pais de Karen em 1954

Em Colônia, estudei linguística, o que me ajudou a aprender mais sobre a teoria por trás da linguagem, sociologia e uso da linguagem e aquisição. Também foi bom para entender outros alunos com origens semelhantes. Isso me ajudou a aprender muito sobre mim, e me ajudou a superar o sentimento inicial de não "encaixar".

Após meus estudos, comecei a trabalhar, casei, mudei-me para Hamburgo e dei à luz a minha primeira filha, Sophia.

Karen (em destaque) e seus avós

E é aí que vem MyHeritage.

Eu recebi um presente maravilhoso de minha tia-avó paterna: uma árvore genealógica. Pensei o quanto seria bom se ela também tivesse algo da minha família, e eu comecei a escrever os meus dados nela. Liguei para minha mãe, pedindo ajuda, e pouco a pouco eu comecei. Minha árvore não é muito grande. Nunca conheci o pai de meu pai e eu não sei muito sobre esse lado da família. Mas foi o suficiente para que hoje, Sophia sabia um pouco sobre sua origem. Desta vez, a nossa origem brasileira.

Embora às vezes é difícil para mim pertencer a duas culturas, isso é uma parte crucial de mim. Estou lisonjeada e honrada de ser um cidadã do mundo.

Agora eu estou aqui para substituir o minha colega Sílvia da Silva. Sílvia e eu trabalhamos juntos em Verwandt.de que foi adquirida por MyHeritage em 2010. Após a aquisição, fiquei dentro da empresa-mãe, mas infelizmente a genealogia não era mais uma parte do meu trabalho. E é por isso que eu estou ainda mais feliz de fazer parte de MyHeritage!

Desejamos a Karen todas as felicidades em sua nova posição, conheço pessoalmente a sua capacidade e o seu talento. Temos tudo para ter em MyHeritage.DE a continuidade de um trabalho competente e sério, que trará benefícios a todos nós.

Você tem uma história semelhante em sua família de alguém que imigrou para a terra de seus antepassados?

Conte-nos.

Comentários (1) Trackbacks (0)
  1. Tenho certeza que agora nossas arvores vão melhorar, muito, pois a Karen é muito competente Não esquecer que meu livro de familia não funciona - e tem mais de 02 anos

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados