16    jul 20122 Comentários

A Amada Imortal

Lendo Marcelo Verrumo, na Super Interessante, me aproximei de uma bela tradição que vem de geração em geração, e mesmo que a tecnologia tenha de alguma forma diminuído esta tradição, ainda existirão exemplares delas sendo escritas e sendo guardadas . As cartas de Amor.

Documentos tão preciosos que na maioria dos casos são, as vezes, os únicos guardados das pessoas.

É mais comum se achar em arquivos familiares uma carta de amor, guardada com muito carinho por alguém apaixonado do que uma certidão de nascimento.

Eu já li diversas delas em museus e acervos. Algumas tão expressivas que comovem quem as lê. São muito mais que um registro histórico, são um registro da emoção das pessoas em um passado.

Algumas destas cartas foram escritas por pessoas famosas, outras por pessoas não tão famosas, mas eram iguais no momento que as palavras fluíram para o papel. Eram apenas amantes. O Amor e o romance igualam as pessoas.

Uma das cartas de amor mais famosa é a Carta para a Amada Imortal, um conjunto de cartas separadas por datas e escritas por Ludwig Van Beethoven a lápis que, somente após a sua morte, é que foram encontradas e tornadas públicas, mas ainda paira um mistério sobre estas cartas. Não se conhece a destinatária, somente sabe-se que ela é a Amada Imortal.

A carta de Beethoven foi comprada pela Biblioteca Estatal de Berlim, e existem diversas traduções para o português. Uma delas é a mais poética de todas, em suas palavras existe um tom de entrega e de paixão que vale a pena ler:

7 de julho

Bom dia!

Todavia, na cama se multiplicam meus pensamentos em você, minha amada imortal; tão alegres como tristes, esperando ver se o destino quer ouvir-nos. Viver sozinho me é possível, ou inteiramente com você, ou completamente sem você. Quero ir bem longe até que possa voar para os seus braços e sentir-me num lugar que seja só nosso, podendo enviar minha alma ao reino dos espíritos envolta em você. Você concordará comigo, tanto mais conhecendo minha fidelidade, e que nunca nenhuma outra possuirá meu coração; nunca, nunca...

Oh, Deus! Por que viver separados, quando se ama assim? Minha vida, o mesmo aqui que em Viena: sentindo-me só, angustiado. Você, amor, me tem feito ao mesmo tempo o ser mais feliz e o mais infeliz. Há muito tempo de que preciso de uma certeza em minha vida. Não seria uma definição quanto ao nosso relacionamento? Anjo, acabo de saber que o correio sai todos os dias. E isso me faz pensar que você receberá a carta em seguida.

Fique tranquila. Contemplando com confiança nossa vida alcançaremos nosso objetivo de vivermos juntos. Fique tranquila, queira-me. Hoje e sempre, quanta ansiedade e quantas lágrimas pensando em você, em você, em você, minha vida, meu tudo! Adeus, queira-me sempre! Não duvide jamais do fiel coração de seu enamorado Ludwig.


Eternamente seu,
eternamente minha,
eternamente nossos.

(tradução do original Arnaldo Poesia)

A Carta de Beethoven

Diziam os antigos, que uma carta de amor curava qualquer mal, despertava os corações moribundos e doentes e dava-lhes animo novo.

Assim como a paixão tomou conta do coração de Beethoven, a paixão também tomou conta de muitos outros corações. Por que não na sua árvore genealógica? Talvez, entre os seus achados antigos, entre fotos e documentos, exista uma destas cartas.

Compare, veja que o sentimento nas palavras são muito parecidos e em todas as cartas de amor existe sempre um(a) apaixonado(a) que expressou o Amor em palavras, a caneta ou a lápis.

Você tem alguma carta de amor escrita no passado de sua família?

Baixe o texto original das cartas AQUI

Comentários (2) Trackbacks (0)
  1. Realmente, uma carta como esta é o início de muitas árvores! Parabéns! Texto maravilhoso, não conhecia esta carta! Vou procurar nos "guardados" da minha família se existe algo assim.
  2. Eu tenho várias :3

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados