18    jul 20122 Comentários

188 anos da presença alemã no Brasil

O primeiro alemão a pisar em solo brasileiro foi Meister Johann, o astrônomo e cosmógrafo da frota de Pedro Alvares Cabral.

No Século XIX, movidos pela necessidade de superarem a crise do desemprego causada pela Revolução Industrial que castigava a Europa, e também a Alemanha, e pela fartura do Brasil, deu-se início a Imigração Alemã para o Brasil.

No dia 18 de julho de 1824, aportavam no Brasil os primeiro alemães. Os primeiros imigrantes.

Foram 39 alemães que tinham a missão de colonizar o Rio Grande do Sul. Aportaram em Nova Friburgo, sendo assentados à margem sul do Rio dos Sinos, onde a antiga Real Feitoria do Linho Cânhamo fora adaptada para servir como sede temporária dos recém-chegados, na atual cidade de São Leopoldo.

Este projeto foi arquitetado pelo Rei D. João VI e, posteriormente, pelo imperador D. Pedro I. A colonização continuou a ser efetuada pelo imperador D. Pedro II, durante o Segundo Reinado.

Hoje, a Comunidade Alemã tem um real destaque na economia do Brasil, com a sua cultura e sua imensa capacidade de trabalho. Os descendentes de  imigrantes alemães já somam mais de 5 milhões de brasileiros e são chamados de  teuto-brasileiro ou germano brasileiro (em alemão: Deutschbrasilianer) que é um brasileiro que tem pelo menos um ascendente etnicamente alemão,

Pintura retratando a chegada dos primeiros imigrantes alemães do Rio Grande do Sul, em 1824. Wikipédia.

Juntamente com toda a cultura que trouxeram, veio também um cultura social de muitos anos no país de origem. O gosto pelo conhecimento familiar. Hoje, concentram-se no Rio Grande do Sul, as mais expressivas associações de genealogia do Brasil.

Algumas destas associações são destaque internacional e preservam a longa data a história de suas famílias.

Nossa homenagem ao bravo povo que com seu trabalho, sua dedicação a segunda pátria, consegue transmitir aos seus descendentes o grande amor pelas terras germânicas e pela terra brasileira.

Se você é descendente de alemães no Brasil, por favor, receba nossos cumprimentos e deixe em nosso comentário o seu valoroso sobrenome para que tantos outros brasileiros possam também homenagear os seus antepassados.

Você deve conhecer alguns deste descendente que foram ou são figuras notáveis da sociedade brasileira: Vera Fischer, Ernesto Geisel, Gisele Bündchen, Artur Friedenreich, Lya Luft, Dunga, Ana Hickmann, Oscar Niemeyer, Eike Batista, Gustavo Kuerten, Letícia Birkbeuer e Rodrigo Hilbert. Será que esquecemos de mais alguém?

Fonte: Wikipédia

Gravura : Ceifa alemã-Pedro Weingärtner-1903

Comentários (2) Trackbacks (0)
  1. "Fico feliz de homenagear os alemães que aqui chegaram e contribuiram para o crescimento do Brasil."
  2. Também sou descendente de colono alemão. Anton Ternes, casado com Catharine Loepsch, bisavós do meu pai Victorino Ternes. Foram um dos colonos fundadores da cidade Imperial de Petrópolis, RJ. Vieram para o Brasil em 1824 junto com outros 234 imigrantes alemães e que Júlio Frederico Köeler idealizou. Anton ternes recebeu lote de terra doada pelo Imperador onde hoje é a Servidão Arthur Ternes (meu avô) na divisa entre o Quarteirão Ingelhein e Quarteirão Brasileiro em Petrópolis.

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados