13    mai 20124 Comentários

Sem você a vida não tem sentido

Existe uma comemoração que atinge todos nós. Este dia é o Dia das Mães.

Parabéns mamães.

Nesta última semana, trabalhamos com o pensamento no dia de hoje. Percebemos o quanto as pessoas se manifestaram nestes últimos dias em homenagens e mais homenagens as suas queridas mães e nós de MyHeritage não vamos ser diferentes.

Não tem sentido se pensar na vida ou em família sem pensar nas nossas mães.

Fizemos um desafio entre alguns amigos pedindo para que eles escrevessem sobre as suas mães.

Não tem como negar, você também tem e mesmo amor pela sua mãe que todos nós temos. Mesmo que as palavras que você escreva sobre a sua mãe sejam diferentes das nossas, mesmo que em todas estas palavras exista um sentimento único e verdadeiro, mesmo que seu amor seja de saudade ou de vontade de abraçar sua mãe, tudo isso será igual em todos nós. Mãe é universal. Por este motivo é que a Terra é feminina mesmo sendo um planeta. Ela também é Mãe Terra.

Não somos diferentes neste aspecto, somos todos iguais, em nosso mais simples sentimento, sejamos ricos ou sejamos pobres, livres ou privados de liberdade, saudáveis ou não, quando pensamos em nossa mãe, somos iguais. É como se existisse somente uma mãe em todo mundo. Mãe é mãe, minha, sua ou de qualquer outro, são todas feitas de puro amor.

Aceite o nosso desafio, escreva sobre a sua mãe, assim como escreveram estes nossos amigos, expresse seu sentimento, em uma palavra ou mil palavras, mas expresse seu sentimento. Sua mãe merece.

Dione

Dione Santiago - Arquiteta

Mãe!

Sempre quando ouço dizer que nada é insubstituível , imediatamente penso assim ¨Mãe é insubstituível" pelo menos na totalidade  da sua essência, mãe é insubstituível.  Ninguém tem as  preocupações, os receios , os anseios. os desejo que uma mãe tem para o seu filho , e pensa em tudo no mínimos detalhes para que nada falte, para que tudo corra bem!
Mas passei a entender  melhor isso, ou só entender isso , depois de ter me tornado mãe ! Ninguém se alegra tanto com a alegria do outro , como uma mãe com o seu filho, como ninguém sofre tanto, como uma mãe com o sofrer do seu filho.

Até dor de cotovelo. Mãe parece sentir mais que a própria dor do filho. Lembro-me que  minha mãe entrava no nosso quarto de cinco em cinco minutos pra ver se  estavamos chorando , quando uma de nós filhas brigava com o namorado .

E entrava no quarto pra ver se estava chorando, se estava coberta , se estava com frio , se estava com calor ou até mesmo pra ver se está no quarto  dormindo mesmo!
Assim  é mãe ! Assim eu sou como mãe !

E quantas  perguntas? E para que tanta pergunta?

Eu questionava: Aonde vai? Com quem vai? Que horas que vai? Que horas que volta? E quem mais que vai?  E quem vai dirigindo?

E recomendava: Cuidado lá... Muito cuidado lá.

Assim foi minha mãe. assim sou eu como mãe !!!

É uma coisa muito doida ser mãe, é alegria e dor no mesmo espaço e coragem e receio  do mesmo lado, e  doçura e severidade no mesmo compasso!  É o inusitado e rotineiro  ao mesmo tempo , é um amor maior que extrapola !!!  E que vale a pena sempre ! Haja o que houver, sempre vale a pena!

Hoje  eu cuido da minha mãe, todo dia venho aqui na casa dela, faço um jantar pra ela, dou os remédios das sete, depois dou o remédio das nove , faço um chazinho pra ela,  e só depois de vê-la deitada, vou embora  pra casa, agradecida á Deus por mais um dia com ela. E com uma certeza ! Mesmo estando frágil, ela se preocupa muito mais comigo do que eu com ela, porque ela é Mãe !
E assim é Mãe !

Feliz Dias das Mães !

João Leite

João Leite de Souza - Empresário

Minha mãe !

Você já esta em seu repouso há algum tempo e com méritos , pois seu trabalho , sua missão , sua dedicação e seu ministério foi maravilhoso.

Como e bom sentir sua falta , digo bom pois sei o quanto dedicou seu tempo e carinho para que eu fosse o que hoje sou , sinto sua falta , seu jeito de se preocupar com tudo , sua atenção aos detalhes , sua caricia em minha cabeça e sua voz, doce e suave.

Mãe como você faz falta , porem sei que esta sorrindo e feliz de ver que este seu louquito triunfou e que foi graças a você que aprendi que e lutando, e acreditando, e respeitando que chegamos aonde queremos chegar. Obrigado mãe , hoje e todos os dias de minha vida , sou feliz e muito feliz por ter tido a você como minha mãe e amiga. Ate um dia e muito obrigado.

Beijos eternos para você!

Celinha Paes

Celinha Paes - Coordenadora Pedagógica

Estou escrevendo sobre minha querida mãe Lucy exatamente hoje, 07 de maio, dia do aniversário dela; que se estivesse conosco, hoje  faria 77 anos. É muito fácil falar dela, mas difícil viver sem ela.

Filho vai falar sempre bem de mãe, é sempre um suspeito, mas na realidade, quase não se acha uma mulher que tenha ficado viúva aos 36 anos e não tenha refeito sua vida conjugal, direito que lhe cabia, se quisesse, mas essa mulher chamada Lucy  escolheu ficar apenas com os filhos, viver apenas para a família, e isso foi  a maior demonstração de amor que já pude sentir. E tenho certeza, que ela se foi há 7 anos atrás ao encontro do único e verdadeiro amor de sua vida: meu pai.

Dentre tantas coisas boas que nos ensinou a amar, as que  me marcaram e fizeram de mim o que sou hoje, foram o amor pelos livros e pela música. E como amava tantas boas músicas e nos ensinou a amar também, sempre quando ouço Lucy in the Sky dos Beatles, que ela adorava, penso nisso mesmo: LUCY IN THE SKY – Lucy no Céu.

Minha mãe nos ensinou também a gostar das coisas simples da vida,  a gostar do doce da vida, e, também, a saber lidar com o amargo, com as dificuldades; nos  ensinou a gostar da vitória, a gostar de aprender, de buscar o novo,
de fazer amigos, de valorizar a família, de  saborear um bom livro, da nossa casa em São José do Barreiro, casa onde nascemos, e graças a Deus ainda nos pertence, e  podemos usufruir dos “cantinhos” que ela gostava, e que nós também tanto amamos. Quando vamos para lá é  como se ela nos recebesse a cada janela e porta que abrimos para entrar o sol e a vida.

Hoje ela vive no meu coração, na minha mente, nos meus sonhos, na minha saudade e nas minhas orações, quando me domina uma fugidia sensação dela estar incorpórea ao meu lado, sem se manifestar.

O amor que sentimos  por minha mãe não se resume apenas nas lembranças, mas nos  conforta com a felicidade de que um dia ela passou por aqui e Deus na sua infinita bondade, nos concedeu  a graça, a honra e o privilégio de sermos seus filhos, e  é exatamente nisso que penso quando choro e sinto a falta dela - que ela esteve tão perto que fui capaz de tocá-la.

Navi Garcez

Navi Garcez - Aposentada

Ela sempre me dizia “Filha você foi o melhor presente que recebi na vida, não tenho uma filha, tenho um tesouro”, mas, o tesouro quem ganhou fui eu.

Minha mãe era linda, tinha uma alegria de viver muito grande, nunca desistia de seus objetivos, sempre preocupada em dar para mim e meus dois irmãos o melhor, lutou com bravura, perdi meu pai muito cedo, mas ela nunca desanimou.

Passamos por muitos momentos difíceis, mas sempre corajosa e resiliente nunca nos deixou desanimar.

Há quatro anos nos separamos fisicamente, mas espiritualmente ela nunca me deixou.

Sinto uma alegria enorme em ter convivido com ela até seus 88 anos, ser hoje o que sou, com todos os valores que ela me passou de Dignidade humana, Liberdade, Igualdade e Solidariedade.

Por isso tenho certeza que, o tesouro quem ganhou foi eu.

Elisabeth

Elisabeth Reimer - Empresária

Minha mãe foi a  minha melhor amiga, a  mais verdadeira, nunca deixou de estar presente com uma palavra de alento  quando alguma dificuldade surgiu ; quando os “amigos” que se alegram conosco nos bons momentos nos abandonam; quando os problemas complicam-se ao nosso redor, ela sempre permaneceu  junto de mim, e se esforçava através de seus conselhos para dissipar as nuvens de escuridão e fazer com que a paz voltasse ao meu coração. Quando já estava crescida o suficiente para entender a lógica que motiva  as mães, eu entendi que ela me amava muito, pois  me perguntava onde vai, com quem vai e a que horas volta??? Nunca ficou calada quando achou necessário me alertar que aquela  não era uma boa companhia, sobre uma  pessoa, que eu  já queria trazer para casa como amiga, Seu amor era tanto que passou horas ao meu lado orientando meus estudos, mas também me ensinou a  assumir a responsabilidade por minhas ações, indo as lágrimas quando me via sofrer e se enchia de felicidade e alegria quando após duras batalhas eu vencia....Era como se ela houvesse vencido.....Eu acho que ela nem dormia à noite, esperando  que chegasse das festinhas em casa de amigos, nos  bailes, ela me  acompanhava, ela insistia sempre comigo para que lhe dissesse sempre a verdade e apenas a verdade, como era adolescente, ela conseguia até ler os meus pensamentos. Ela tinha a capacidade de ouvir meu silêncio, adivinhar meus sentimentos, encontrar a palavra certa para qualquer momento, me fortalecer quando tudo  parecia desabar. Minha mãe foi aquela  pessoa que só sabia amar, com um amor incondicional que nada espera em troca. Amor  desmedido e incontido... Chegou um dia que ela me deixou...  Não achei palavras mais certas para relatar esta dolorida perda que este poema de Carlos Drummond de Andrade

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Minha mamãe, Altina da Silva  Reimer,  amor e saudade eterna....

Geraldo

Geraldo Magela - Músico

Escrever sobre mãe, é uma das mais difíceis missões para um ser humano, pois elas representam na verdade os seres mais queridos de Deus, foram escolhidas pra gerar vida, doar amor incondicionalmente, serem o elo entre o divino e o humano.

Mães são anjos que com um toque suave, secam lágrimas, cessam febres, criam esperança onde os normais já não a veem, mãos de mãe tem doçura, são como algodão, por mais calejadas que estejam, mães são porto seguro pra nos guardar de todos os perigos.

Mães não tem nome, elas são simplesmente mães.

Marcília

Marcília Pizão - Artista gráfica

Querida mãezinha,

Mãe é uma palavra tão pequena e às vezes tão grande que até parece milagre.

Minha mãe, sem cálculos, dividiu o amor e o carinho entre eu e minhas duas irmãs, Rosely e Maria Clara que resultou em um grande amor entre nós e que nada irá nos separar.

Mãe, a Senhora me deu educação, honestidade, amor, carinho, castigos e até palmadas, mas, eu não ligo não, pois não doía nada e eu muitas vezes, chorava para fazer show. Se colocasse em uma balança o castigo e o carinho, eles teriam o mesmo peso, pois eram por Amor.

Para a Senhora, fomos sempre três meninas que nunca crescíamos, eu me sentia protegida pois sabia que mal nenhum iria me acontecer, pois eu tinha a Senhora.

Até hoje eu tenho na memória a sua voz dizendo: Menina coloca um agasalho. Menina não saia na chuva.

Como eu gostava de gritar bem alto: —Manhêêê... E a senhora respondia: — O que menina.

Eu só queria ouvi-la.

O tempo passou, a Senhora se foi e as meninas tiveram que crescer, mas ficou a lembrança e uma dor de saudade.

Uma coisa eu guardei daquele e proteção que a senhora e agora eu faço força para transmitir para meus filhos e meus netos e aos bisnetos. Mãe, Jeová Deus é bom e eu acredito nas palavras da Bíblia e na ressurreição em João 5:28,29. Este é o meu consolo de um dia poder gritar bem alto:

— Manhêêê...

E quando a Senhora responder : —O que é menina.

Eu digo.

— Mãe, eu te amo.

Quer escrever sobre a sua mãe? Use o nosso comentário.

Comentários (4) Trackbacks (0)
  1. MÃE, a minha já partiu, mas estará sempre presente em mim e nos meus filhos, enxergo você mãe na minha vida, nos gestos de um filho, em uma rápida lembrança, no cheiro da comida, no perfume parecido, em uma pessoa, uma foto esquecida na gaveta e até mesmo parado pensando como agora.
    Sempre será a minha vida, sinto tanto não ter você do lado, perdi muito tempo longe de você mesmo estando perto.
    Agora que ausente sei que você está do meu lado e na minha vida.
    Que esteja ai junto de Deus ajudando a nos proteger MÃE.
    (Sergio Mariano)
  2. mesmo depois de morta ,continua a ser a minha grande inspiração.foi unica.
  3. Oi Tuca (minha mãe). Nada mais posso, ou devo acrescentar, ao que ja foi dito, e muito bem expresso por aqui, outro( s). A não ser, agradecer a Deus, de ter escolhido a senhora, para ser minha (nossa) mãe, a qual nunca mediu esforços, para nos ajudar e orientar. Muito obrigado. Que Deus a proteja, este e' meu desejo hoje, e sempre.
  4. Lindas mensagens!!!! Fiquei emocionada com todas!!!! Bjsss a esses filhos maravilhosos! Obrigada, filho Waltinho, pela iniciativa!!!

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados