30    mai 20120 Comentário

O que nos une

Alguns dias atrás, escrevi sobre a família, nossos parentes e aparentados. Gostaria de voltar a este tema, pois acho que em apenas um dia é impossível se explicar todo o sentido por trás de nossos sentimentos familiares.

Vou começar colocando o mais elementar dos sentimentos necessário para a formação de uma família. O amor.

Não duvide, milhares serão os motivos que podem levar duas pessoas a se unirem e constituírem família, mas o básico será sempre o amor.

Este mesmo amor que dedicamos a uma só pessoa, expande para todos os outros membros da família.

Sobre isso, eu tenho usado as redes sociais para "fazer lembrar" o sentimento e fiquei espantado como o tempo, implacável criador da rotina, transforma este amor. Como eu disse...  Transforma, mas não elimina.

Brincando com palavras, e de como as pessoas carinhosamente se relacionam, dá para perceber que em todos os casos de amor, existirá sempre a cumplicidade.  Somos cúmplices quando somos parceiros. Amor, amore, benzinho, florzinha, e tantos outros modos carinhosos que usamos quando estamos na intimidade do casal ou mesmo em uma reunião com muitas pessoas.

É esta carinhosa forma de nos comunicar que nos faz criativos. Fico imaginando quantas as pessoas usam esta palavrinhas diariamente para se referirem aos amados ou amadas.

Amando, somos namorados eternos, mas, os casais muitas vezes se esquecem que os grandes momentos estão na maioria da vezes em duas ou três letras. Na simplicidade.

Esta simplicidade é que nos faz criativos e quando demonstramos para todos os nossos parentes, aparentados, agregados e admiradores é que eles podem apostar em nosso relacionamento. O grau de confiança que um casal transmite, dá pequenos sinais como o carinhosos nomes com os quais nos chamamos.

Mas nossas vidas são cheias destes pequenos sinais. Quer apostar? Todas as pessoas que são ou já foram um casal, mesmo os que não estão mais juntos, se lembram destes carinhos, destes sinais.

Alguns deste carinhos, não devem deixar nunca de serem usados e começam de forma bem simples e assumem uma grande proporção e que nos faz amar estes momentos. Quais os momentos que mais marcaram a sua vida? Quais destes momentos, simples ou suntuosos que te marcaram e te fizeram sorrir de uma forma diferente e incontrolável, ou chorar de alegria?

Estamos nos aproximando do dia dos namorados. Onde esta a sua história de amor?

Abaixo do texto existe um vídeo do Youtube, é uma demonstração de amor, uma cumplicidade que envolveu mais de 60 pessoas da família do noivo.

É um dos maiores hits do Youtube, mais de 2 milhões de visitas em menos de uma semana. Um sucesso.

Isaac Lamb e Amy Beth Frankel

Mas o que faz tanto sucesso? O que faz com que 2 milhões milhões de pessoas assistam este vídeo? Isto só nos mostra uma coisa.

2 milhões de pessoas amam o modo como os namorados se relacionam. O que te chamou a atenção? Foi a incrível precisão da coreografia? Ou o modo como um jovem apaixonado encontrou para pedir a sua amada em casamento. Eu pessoalmente adorei a ideia de transformar um pedido de casamento em algo inusitado e inesquecível com a participação de toda a família, isso representa o quanto esta pessoa é bem vinda a sua nova família.

Qual é a mais gostosa, sensacional, inusitada maneira que você já usou para impressionar alguém muito querido ou querida?

Veja o vídeo. Comente.

Este vídeo foi uma proposta de casamento coreografada pelos parentes de noivo, mais de 60 cúmplices no amor e que gerou milhões de visualizações. Participar assim de uma criativa demostração de amor, é o que podemos chamara de Família.

Local da Imagem : Isaac and Amy

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados