22    mai 20124 Comentários

Famílias x Árvores

Uma coisa me chamou a atenção no questionamento de um usuário.

O que é Família? O que é Árvore Genealógica?

Muito bem, eu acho que possa interessar a muita gente, pois a palavra família é usada com muita frequência e muitas vezes pode causar embaraços.

Primeiramente, me responda. Qual é o número de pessoas na sua família?

Você pensou em muita gente? Errou.

Uma família é formada por duas pessoas. Um marido e uma esposa.

Desta família vem os frutos, os filhos que após formados e crescidos irão constituir outras famílias.

Estranho não é. Mas é isso mesmo, a família é formada quando duas pessoas se unem pelos laços afetivos, pelo Amor, constituem uma nova família, e é muito comum você ouvir o pai dizer: — Esta é a família do meu filho. Ou melhor ainda, quantas vezes você já falou — Esta é a minha família, se referindo a você, seu cônjuge e seus filhos.

Imagine agora a quantidade de famílias que existem dentro da sua árvore genealógica.

A partir dai, veio uma pergunta embaraçosa: — Quem eu considero família na minha árvore genealógica familiar?

A palavra Família ganha um outro sentido neste caso, se expande e incorpora um grande número de pessoas. Mas, fora do seu circulo de família o restante é parente. Complicando?

É que usamos a palavra Família também quando nos referimos a tios, tias, primos, cunhadas e outros membros da árvore genealógica. Uma árvore genealógica tem centenas ou milhares de famílias dependendo das ligações que estão constando nela. É Família no sentido afetivo da palavra, no sentido de união, de compartilhamento de antepassados em comum e no modo como nos relacionamos com as pessoas.

Descubra de uma forma bem simples as famílias de sua árvore entrando em ÁRVORE e procurando o botão da figura abaixo. Você não é usuário ainda? CLIQUE AQUI.

Clique na imagem para ampliar

Quem é família e quem é parente? Parente é todo o resto de sua árvore genealógica exceto seu cônjuge.

Sua família é você, seu cônjuge e os filhos não casados. Após casados eles terão as famílias deles.

Os nossos parentes podem ser diretos ou indiretos.

Diretos são aqueles que antecedem ou são descendentes de outras famílias, portanto sua família direta será seus pais (2), seus avós (4), seus bisavós (8) e assim por diante, e abaixo, os filhos, os netos, os bisnetos e assim por diante.

Indiretos ou parentes colaterais são aqueles que a sua linhagem se liga ou pela família de seus pais, de seus avós, bisavós, filhos, netos ou bisnetos. Todos os personagens desta categoria são parentes.

Já no caso do de uma nora ou genro, é chamado de aparentado ou popularmente conhecido como "agregado". A mulher do seu tio, ou marido da sua tia, são parentes, mas, a família da mulher do seu tio, por exemplo, são aparentados.

Tá confuso? Veja bem uma coisa. Toda esta conversa foi gerada pois a pessoa me disse que tinha uma Família de 2500 pessoas e ela estava usando o termo para se referir a todos os personagens da árvore genealógica, se fossemos separar quem realmente é família, esta pessoa teria mais de 500 famílias incorporadas em sua árvore genealógica.

Tente imaginar agora 22 milhões, que é numero de árvores registradas em MyHeritage, com uma média de 23 famílias por árvore. Teríamos o total de meio bilhão de famílias.

Esta vendo a grandiosidade e o tamanho de famílias existentes em MyHeritage.

Na primeira figura da postagem de hoje, o quadro que contem o Pai e a Mãe é circundado com uma caixa cinza que é exatamente o que vai acontecer na sua árvore se você selecionar como na figura 2.

Quer experimentar contar o número de famílias?

Depois venha aqui nos comentários e nos diga quantas famílias existem em sua árvore genealógica.

Comentários (4) Trackbacks (0)
  1. Excelente esclarecimento. Com relação aos parentes indiretos, sugiro ler um texto "Família é prato difícil de preparar", de autoria de Francisco Azevedo ("O arroz de Palma?) no Site da Família Só [entendi que "Só" é cognome do ascendente principal da genealogia da Família Só) e que se encontra neste link http://www.familiaso.com.br/
    Sei que não interessava, nessa postagem específica sobre genealogia, comentar da importância dos parentes indiretos que, muitas vezes, são nossas referências, inclusive quando o casal não gera filhos, mas os sobrinhos e os demais parentes são de um importância ímpar. No meu caso, solteira e já sem meus saudosos pais, os sobrinhos e os familiares de minhas duas cunhadas são um bálsamo por ocasião de reuniões em datas festivas. O convívio ou a mera comunicação telefônica com tios e primos permitem matar saudade de meus pais e irmãs falecidas. Grata, Walter.
  2. Sempre tive dúvidas do que é a família. Se eram nossos pais e irmãos ou marido e mulher e filhos se houvessem? Porém, como ficam os filhos de um dos conjuges nesta ordem familiar se moram com um dos pais e os mesmos são casados e constituíram nova família? Será que me fiz entender?!
  3. “Nome Completo: Carlos Augusto Freire de Carvalho
    Profissão: Médico
    Data de Nascimento: 29 de Agosto de 1857
    Filiação: José Eduardo Freire de Carvalho e Emília Adelaide Freire de Carvalho
    Cônjuge: Estefânia Espinheira Freire de Carvalho (1º esposa)
    Ernestina Espinheira Freire de Carvalho (2º esposa)
    Obs: Ao ficar viúvo casou-se com a cunhada.

    Filhos: Alberto, Estefanote, Alexandre (este aqui é o meu bisavô!), Aurélio, Orlando, Adolfo, Alice, Maria da Pureza, Maria José, Julieta, Armando, Mário, Aylton, Jaime, Carlos Augusto Freire de Carvalo Filho
    Falecimento: 14 de junho de 1931

    Formação Educacional:
    Aos 18 anos matriculou-se na Escola de Marinha no Rio de Janeiro, cujos estudos foi obrigado a abandonar por ter sido atacado por Febre Amarela. Voltando a Bahia fez o curso de farmácia e depois o curso de Medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia, concluindo o curso em 1887 com a defesa da dissertação: Considerações acerca da eclampsia e o seu tratamento.

    Atividade Profissional:
    Foi Médico da saúde pública, onde tomou parte ativa no combate as epidemias de Febre Amarela e Varíola na sua fase mais ativa.
    Nomeado preparador da carreira de Terapêutica da Faculdade de Medicina, cargo que exerceu por mais de 10 anos. Dedicação a Clínica Humanitária, especialmente nas Freguesias da Penha e Mares. Militou na Imprensa como repórter, e redator nos órgãos do Partido Conservador, e Estado da Bahia, e a Gazeta da Bahia, cujo diretor era o seu Pai, o Cons. Freire de Carvalho.
    No Governo Washinton Luís, por indicação do seu amigo Dr. Otávio Mangabeira, foi nomeado Presidente do Conselho Administrativo da Caixa Econômica Federal da Bahia até o seu falecimento.

    Atividade Política :
    Como médico humanitário nas freguesias da Penha e Mares, logo se tornou um dos mais fortes chefes eleitorais desta capital. Seu reduto principal era o da Pedra Furada.
    Em 1908, como vereador, assume a presidência do Conselho Municipal de Salvador, exercendo esta função até 1911.
    Foi senador estadual 1912
    Foi Deputado Estadual e Presidente da Câmara Estadual durante 4 anos

    © Câmara Municipal de Salvador, Praça Tomé de Souza – Salvador – Bahia – Brasil
    C.E.P.: 40.020-010. Tel.: (55+xx+71) 3320-0100

    Criado por: Marcio Oliveira / Dmitry Rocha ”

    _________________________________________________________

    Estou agora envolvida em fornecer dados aos pesquisadores primos. Até mais.

    About these ads
  4. “Nome Completo: Carlos Augusto Freire de Carvalho
    Profissão: Médico
    Data de Nascimento: 29 de Agosto de 1857
    Filiação: José Eduardo Freire de Carvalho e Emília Adelaide Freire de Carvalho
    Cônjuge: Estefânia Espinheira Freire de Carvalho (1º esposa)
    Ernestina Espinheira Freire de Carvalho (2º esposa)
    Obs: Ao ficar viúvo casou-se com a cunhada.

    Filhos: Alberto, Estefanote, Alexandre (este aqui é o meu bisavô!), Aurélio, Orlando, Adolfo, Alice, Maria da Pureza, Maria José, Julieta, Armando, Mário, Aylton, Jaime, Carlos Augusto Freire de Carvalo Filho
    Falecimento: 14 de junho de 1931

    Formação Educacional:
    Aos 18 anos matriculou-se na Escola de Marinha no Rio de Janeiro, cujos estudos foi obrigado a abandonar por ter sido atacado por Febre Amarela. Voltando a Bahia fez o curso de farmácia e depois o curso de Medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia, concluindo o curso em 1887 com a defesa da dissertação: Considerações acerca da eclampsia e o seu tratamento.

    Atividade Profissional:
    Foi Médico da saúde pública, onde tomou parte ativa no combate as epidemias de Febre Amarela e Varíola na sua fase mais ativa.
    Nomeado preparador da carreira de Terapêutica da Faculdade de Medicina, cargo que exerceu por mais de 10 anos. Dedicação a Clínica Humanitária, especialmente nas Freguesias da Penha e Mares. Militou na Imprensa como repórter, e redator nos órgãos do Partido Conservador, e Estado da Bahia, e a Gazeta da Bahia, cujo diretor era o seu Pai, o Cons. Freire de Carvalho.
    No Governo Washinton Luís, por indicação do seu amigo Dr. Otávio Mangabeira, foi nomeado Presidente do Conselho Administrativo da Caixa Econômica Federal da Bahia até o seu falecimento.

    Atividade Política :
    Como médico humanitário nas freguesias da Penha e Mares, logo se tornou um dos mais fortes chefes eleitorais desta capital. Seu reduto principal era o da Pedra Furada.
    Em 1908, como vereador, assume a presidência do Conselho Municipal de Salvador, exercendo esta função até 1911.
    Foi senador estadual 1912
    Foi Deputado Estadual e Presidente da Câmara Estadual durante 4 anos

    © Câmara Municipal de Salvador, Praça Tomé de Souza – Salvador – Bahia – Brasil
    C.E.P.: 40.020-010. Tel.: (55+xx+71) 3320-0100

    Criado por: Marcio Oliveira / Dmitry Rocha ”

    _________________________________________________________

    Estou agora envolvida em fornecer dados aos pesquisadores primos. Até mais.

    About these ads

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados