8    out 20112 Comentários

A genealogia brasileira e Dilma Roussef

Deu em quase todos os Jornais da Europa e em todos os Jornais do Brasil:

PRESIDENTE DO BRASIL DILMA ROUSSEF VISITA PARENTES NA BULGÁRIA .

MUSEU REGIONAL DE HISTÓRIA APRESENTA EXPOSIÇÃO DA GENEALOGIA DA PRESIDENTE DO BRASIL.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(EM ESPANHOL) AGENCIA EFE : " Sofía, 6 oct (EFE).- La emoción dominó hoy el segundo y último día de la visita a Bulgaria de la presidenta de Brasil, Dilma Roussef, quien estuvo por primera vez en Gábrovo, la ciudad natal de su padre, donde fue recibida por centenares de vecinos.

"He tenido muchos momentos emotivos en mi vida. Cuando fui madre, después abuela, tras ser elegida presidenta. Pero hoy me siento particularmente emocionada. Es porque estoy cumpliendo un sueño: el sueño de mi padre de venir un día a su Bulgaria natal", dijo la presidenta brasileña, visiblemente emocionada.

Su padre, Petar Rúsev (luego, Pedro Rouseff) emigró desde esta pequeña ciudad, en Bulgaria central, a Sudamérica en los años 1930.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No Site da GLOBO.COM - G1 : Dilma Rousseff durante visita ao túmulo do irmão Luben Roussev, em Sófia; após visita, ela foi para Gabrovo, terra natal do pai.

Dilma Roussef diante do túmulo do irmão - Foto: Presidência

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Desde a sua posse, o charmoso país que é a Bulgária tem manifestado enorme interesse e dedicação na genealogia de Dilma Roussef, isto os liga ao Brasil e encontra entre o seu povo um elo que traz ao Brasil o sangue búlgaro e o coloca no mais alto posto administrativo do país.

Na época, não tínhamos no Brasil uma genealogia tão detalhada de Dilma como os búlgaros a tinham. Também não é habito no Brasil se fazer genealogia em todas as famílias, hábito que tem mudado e  que agora milhões de brasileiros já dispõem de árvores genealógicas.

O exemplo dado pela Bulgária é muito claro, existe um grande valor em se conhecer a própria família, o que muita gente não acha, até ser necessário de alguma forma ou em algum momento. Lamentável.

Porque não fazemos árvore genealógicas? Esta pergunta sempre me intrigou e analisando alguns fatores levo em consideração o mais interessante motivo alegado por alguns:

Para começar um ERRO HISTÓRICO.  Durante muito tempo, divulgou-se erroneamente de que os brasileiros havia sido colonizados por bandidos, páreas e outras coisas ruins que a Europa tinha, o que é uma grande mentira, e eu garanto que nossa história é tão incomum que nenhum país tenha conhecido uma colonização tão nobre quanto a brasileira. Não me lembro agora, me corrijam se eu estiver errado, de algum país onde o Rei do país colonizador tenha optado em morar na colonia. Junto com o Rei veio a sua Corte e muitos se fixaram definitivamente aqui e hoje podemos encontrar nomes da nobreza portuguesas entre grandes famílias no Brasil.

Durante muito tempo, o ouro e as riquezas do Brasil foram exportados para outros países, riquezas estas que, atraíram numerosos investidores portugueses, holandeses e ingleses para gerenciar empresas e comércio internacional no Brasil, na grande maioria dos casos, estes investidores eram possuidores de grandes riquezas na Europa e de famílias nobres incentivados pelas ofertas de ganhos fáceis e garantidos, uma politica econômica muito difundida por Portugal. Isto também gerou uma história familiar muito rica e cheia de ramos importantes e influentes de outros países.

Alguns imigrantes vindos para o Brasil, fugiam de perseguições na Europa e aqui convêm citar o povo judeu europeu que escolheu o Brasil para se fixar e a grande maioria deles eram perseguidos na Europa por causa de suas imensas fortunas.

Portanto, podemos dizer que é falsa a ideia de termos tido um passado inglório.  E esta ideia de que alguns me reportam que têm medo de escrever sua história para não saberem de casos de banditismo na família vai por água abaixo.

Vai por água abaixo também a teoria de que não seja possível se provar brasões ou nobreza e fica a quase certeza que se procurar vai achar.

E este é o motivo pelo qual anunciamos a visita da presidente Dilma a Bulgária deste jeito, para mostrar aos brasileiros que existem sim elos perdidos nas árvores europeias, e que são muitas, que podem ser muito bem unidas pelo Smart Matches de MyHeritage, bastando apenas que os brasileiros iniciem as suas árvores para que o nosso programa possa encontrar e avisar a existência de parentes na Europa. Mãos a obra.

Agora, só para finalizar, se na sua família você encontrar algum "bandido" vou só lembrar que Mahatma Gandhi e Nelson Mandela são ex presidiários, Oskar Schindler (A lista de Schindler) era contraventor na Alemanha Nazista e a Presidente Dilma esteve presa no regime militar. Tudo é apenas uma questão de ponto de vista e opiniões.

Comentários (2) Trackbacks (0)
  1. arvore genealogica DILMA DA FAMILIA DELA , FICA FACIL DE ACHAR , EU GOSTARIA QUE FOSSE ASSIM TAMBEM PARA MEU CASO ACHAR SEM TANTA BUROCRACIA ,PODERIA TER UMA LEI PARA CAHAR TODOS OS DOCUMENTOS DA FAMILIA( ANTEPASSADO) , ARVORE GENEALOGICA
  2. Surprisingly well-written and ionrfmaitve for a free online article.

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados