22    fev 20117 Comentários

Josirene de Santa Cruz do Sul

Há quem diga que conhece o Brasil.

Para alguns brasileiros até pode-se dizer: -"Sim você conhece o Brasil".

O Brasil é muito grande, metade dele é floresta, água e terras produtivas. A outra metade é gente.

Se pudéssemos dividir o país em países, mesmo assim, o menor dos Estados brasileiros seria maior que muitos países. Se cada Estado fosse um país, cada país teria uma economia, sua autonomia, sua cultura e... Sua língua.

Oito países pelo mundo falam o português, mas somente um fala o português do Brasil.

E qual é o português do Brasil?

MyHeritage atende de norte a sul o Brasil, muitas culturas e também uma grande variedade de linguagens, sotaques e modos de se comunicar. Eu atendi Josirene, gaúcha de Santa Rosa, hoje residente em Santa Cruz do Sul no Rio Grande do Sul, advogada, professora, escritora de diversos livros técnicos, entusiasta das coisas dos Pampas, mãe de um “guri” adolescente e, segundo ela,  “ o mesmo sangue” dos nobres antepassados. Ela é uma das organizadoras dos Encontros da Família Candido Mayer, que acontecem desde 1997, no município de Condor/RS, palco de “Uma história de laços, lugares e lutas (título do livro da Família publicado em 2009).

O sotaque veio em palavras digitadas rapidamente. Tchê, Guri, piá, trilegal e tantos outros termos que só se encontra no dicionário de português do Brasil, sem tradução para as outras línguas. MyHeritage está indo ao encontro da necessidade do país. Não precisamos de uma equipe que fale várias línguas estrangeiras, precisamos de uma equipe que saiba falar o português, e bem, para entender o norte, o nordeste e o sul.  Dos  pampas aos cerrados, do Pantanal ao interior de Minas, de todos os "rincões"  deste país multicultural. Vejam a carta que ela nos enviou para agradecer a um agradável atendimento para a recuperação de sua árvore, um bem tão valioso que ela considera como "nosso cantinho familiar". Depois, se você não entender algum dos termos, peça para ela "traduzir" para você.

Josirene com seu filho Lorenzo e sua mãe Hilda Irene

A quem interessar possa...

Em 2007, senti um enorme desejo de pesquisar sobre minhas raízes. Não porque não as conhecesse a partir do que meu pai contava às rodas de chimarrão, nas tardes gaúchas em nossa terra natal. Mas eu precisava daquelas fotos antiqüíssimas, dos testemunhos... Algo muito maior. A ambição por “novas velhas” informações fazia crer que, à altura dos avanços da Informática, haveria de encontrar ao menos uma delas que pudesse ajudar na empreitada. E encontrei. Imaginam o que é pesquisa? Se sim, foi isso que eu fiz... Pesquisei por dois árduos anos, consegui fotos incríveis, recortei-as conforme a necessidade e consegui! Sim, finalmente, eu havia conseguido montar a minha Árvore Genealógica, a partir de MYHERITAGE... Foi um sucesso! Minha família, em menos de 15 dias, conhecia o “nosso cantinho” na Internet, familiares de todos os cantos do Brasil (e de alguns pontos do mundo!) postavam fotos nos diversos álbuns que havíamos criado! A partir dali, não paramos mais...

De repente, gritei: “Perdemos tudo! Perdemos toda a nossa árvore!”, ao tentar acessá-la sem conseguir, porque uma tal formatação de meu computador havia nos deixado sem a NOSSA GENTE, sem o “nosso cantinho”, sem o “cantinho de cada um”, sem o “meu cantinho”... Escrevi um quase desesperado e-mail a um tal consultor (que chamo hoje de guri), pedindo socorro e obtive a pronta resposta-ajuda. Ele pediu que eu o adicionasse ao MSN e fi-lo! E eu, que gosto de ver a fotografia (sabes aquela fotinho de teu rosto? Pois é, aquilo eu gosto de ver no MSN...) conversei com um “piazinho” vestido de verde-e-amarelo e depois, a meu pedido de troca, conversei com uma “árvore” (aquela do FTB)! Tanto o piazinho como a árvore que eu enxergava eram, para mim, o “guri”!!! E continuam sendo, porque até agora não vi a “lata” da criatura bondosa que me atendeu...

A minha lombociatalgia pode contar (Ah, se pode!!!E como pode!!!) o tempo que levamos para fazer voltar às minhas mãos o tal status quo ante... É por essas e outras que a Internet (que veio para ficar) só nos aproxima e nos ajuda! Agora, já se passaram alguns dias desde que me desconectei do MSN e deixei o “guri” em paz (pobrecito del hombre...deve estar cansado até agora!), abri o Word e escrevo... Porque é preciso publicar que o “guri” do MYHERITAGE não deixou de nos atender em pleno domingo à tarde, para que pudéssemos ter o acesso ao “nosso cantinho” novamente! (tanto o ‘piazinho’ como a ‘árvore’ não perderam a paciência!). E agora, nós já podemos voltar a publicar, podemos voltar a nos comunicar, a receber materiais, a postar as novidades de nossa gente! Apenas, tivemos um interregno que serviu para sentirmos a importância do “nosso cantinho” para as vidas de cada um de nós, especialmente para os das gerações mais novas!!!

Josirene Candido Londero

Josirene Candido

Entenderam porque MyHeritage é o melhor site de Genealogia do mundo? Eu já entendi... De modo que, agradecemos aos gestores do site pela iniciativa, seriedade e apoio constantes! Também pela qualidade do atendimento prestado, especialmente no nosso caso pelo “guri”, que tão bem nos assistiu, para que pudéssemos retornar a todo o vapor!!!!!

E isso é preciso, por que... “Família é tudo de bom!” “e também, como diz o próprio “guri”, por que... “Família é para sempre”!!!!!

Fraternalmente, desde Santa Cruz do Sul, Jô, pela Família Candido Mayer, do Rio Grande do Sul.

Obrigada!

Comentários (7) Trackbacks (0)
  1. Em nome da Família Candido Mayer, externo agradecimentos ao
    "Guri" do MyHeritage pelas palavras!
    Valeu pela assessoria sempre constante!!!
    Parabéns à equipe de monitoramento desse site que só podemos qualificar de encantador!
    Josirene, pela Família Candido Mayer.
  2. Agradeço muito a vossa ajuda a encontrar familia pelo mundo inteiro. A minha família e eu viemos para o Canada quando eu era criança. Em mais de quarentos anos perdemos o contato com muitos membros da nossa família. Com a ajuda de MyHeritage.com a nossa àrvore de família tem mais de 700 pessoas.Tambem ajudei outros familiares (algums que nunca conheci em pessoa)começar àrvores deles. Agradecimentos ao MyHeritage.com. Vou continuar a minha pesquisa porque tenho mais pessoas para encontrar em Portugal e Brazil.
  3. Oi, Anne Marie!
    Qual é a tua Família? Quem sabe se posso te ajudar?
    Abraços. Josi.
  4. Oi Criinha! Td bem c vc? Estou convidanndo o povo e mandando email para os parentes que ainda não participaram do encontro.........E tb p os que ja participaram hheheh. Saudade de vc..........bjs mil amada
  5. Mestra Josirene, de onde vem tanta cultura e tanta pesquisa sotaquena?
  6. Bom dia prima Josirene,sou o Jorge Tadeu, filho do tio Breno e da tia Araci,que por falar nela dia 09 de fe,completou seus 88 aninhos que DEUS abeçoe.Hoje,resido bem prtinho de Sta Cruz, na cidade de Roca Sales, ao lado de Encantado,e trabalho na fab de calçados beira rio aqui de Roca,Passando em revista,lembrei-me do Tio josé que qud foi nos viz.em Palmeira com seu fusca branco placas KA-0318,quer tambem esse numero levava em sua residencia em sdta Rosa, na gen.ozório 318,falta-me saber se seu num.do ezército,acredito que também era 318, olha por duas vz ganhei no jogo do bixo no 318.Bom.ao voltar a Sta Rosa, eu voltei junto com ele,a Tia Hilda, e o Keno,tu nao estavas,pois lembbro-me de vc. em casa, o tio e o keno me ensinaram a nadar,me atiravam na piscina, e dle braço.ha tempos bons nao é mesmo..pois bem,dia 19 de fev.farei 52 aninhos tenho 4 filhos e 2 netas que sao;Rodrigo Fortes Mello 32,Adriano Fortes Mello 25,Breno Moraes de Mello Neto 17 e Gabriel Rodrigues Mello 7 anos,o Adriano é casado reside em Taquara, com esposa e as filhas amanda e eduarda.JOSI,fiquei emocionado ao encontrar vc ,quero contato, e no proximo encontro iremos a condor,parabenizo pela tua cultura ,tua inteligencia pois conseguio esc.livro geneológico,que gostaria de adquiri-lo,lembranças a Tia Hilda,ao Tio Jose, ao Josimar( que pra mim continua sendo o Keno) e a vc. também tenho-a como a (kena).Que Deus,abençoes a todos,são os mais sinceros votos meu de minha familia.Jorge Tadeu Candido Mello.
  7. Quem sabe voce pode me ajudar. Eu me intereço muito sobre a genealogia,meu bisavo veio da alemanha e fixou-se em santa cruz r s ,quando sua esposa faleceu ele pegou quatro dos seus seis filhos e veio para santo angelo e dois ficaram lá.O nome dele era Julius Mayer Filho e esposa Emma Mayer. Onde posso pesquisar sobre genealogia ?

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados