5    nov 20101 Comentário

Nome, sobrenome, apelido.

Você saberiam me dizer o que Brasil e Espanha tem em comum neste momento?

A Lei de Registro Cívil.

Tramita nos dois países leis para alterar o modo como os nomes devem ser registrados pelos cartórios.

Na Espanha, o objetivo é pela ordem que o sobrenome do pai vai ocupar na formação do nome dos filhos.

Sabe-se que na Espanha a formação do nome difere da do Brasil.

No Brasil, o nome da família do pai vem por último na formação do nome e que no caso das mulheres, ao agregar o nome da família pode-se excluir o nome da família da mãe, que vem no meio do nome, permanecendo o último sobrenome que é o da família do pai,na Espanha o último nome é o que vai desaparecer  no matrimônio.

Até ai tudo bem, mas a lei espanhola cria uma regra que se não for consenso dos pais a ordem dos sobrenomes, (primeiro e segundo), vai prevalecer a ordem alfabética. Ai se cria um grave problema, pois a família que tiver o sobrenome começado por "Z", tende a desaparecer com o tempo e em compensação as famílias com o sobrenome começado em "A" vão prevalecer.

Isto irá causar no futuro, e pela projeção, menos sobrenomes.

A ou Z

Já no Brasil, desta vez, o Deputado Paulo Magalhães (DEM-BA) apresentou projeto para a proibição do registro de nomes estrangeiros. Isto iria proibir nomes como Washington, Willian, Katrin, Jefferson, Yure e tantos outros que já se incorporaram a tradição familiar de muita gente.

Uma pesquisa da Globo, 88% responderam NÃO a esta lei e apenas 12% responderam SIM.

Os defensores da Lei, acreditam que nomes estrangeiros levam ao vexame e constrangimento que a pessoa passa ao "explicar" o nome quando solicitado. Já os que não desejam a nova lei, argumentam que por já existir uma lei específica (Lei n. 6.015/73), não existiria a necessidade de alterar o seu texto, que em caso de necessidade, os pais podem recorrer da decisão do Cartório e colocarem, se aprovado, o nome que desejarem em seus filhos.

Os contrários a lei, reforçam a defesa, alegando que o alfabeto português após a reforma ortográfica, tem as letras KWY que permite novas formações de nomes.

Algumas vezes, aqui em nosso blog, já tocamos neste assunto, como foi o caso da pequena Amora.

Qual é a sua opinião a respeito? Pode-se por Lei, interferir neste assunto?

Comente, e por favor, aproveite e clique no "CURTIR" do Facebook aqui em baixo.

Comentários (1) Trackbacks (0)
  1. walter,
    tanto voce como eu, tenho certeza, não temos problemas com nosso nome. Favor apresentar o email deste senhor para que os membros das arvores possam enviar email discordando desta medida. Acredito, ainda, que deve ser um problema de infancia, um trauma etc ou besteira de verdade

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email

Sem trackbacks

Sobre nós  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados