5    out 20101 Comentário

Acervo Histórico – Prioridade Nacional

Uma das melhores notícias destes dias  foi dada pelo site Café História.

A notícia é um pouco rara para os brasileiros. Não é todo dia que um grande meio de comunicação como é o Jornal do Brasil, digitaliza e disponibiliza seu acervo completo nestes mais de 100 anos de história.

A iniciativa é louvável e a Memória do Brasil agradece e esperamos que outros meios de comunicação escrita puxem para si o exemplo do JB.

Alguns acervos, e não são poucos, ficam anos sem acesso público e muitos se perdem pelos acidentes do tempo, levando consigo não só os fatos, mas também o registro de uma época.

Meu pai, quando jovem, tomou, juntamente com um amigo, a iniciativa de montar um jornal na cidade onde morava, Correio Do Povo, durou mais de 30 anos e era todo montado, letra por letra, caractere por caractere, em linotipos de chumbo. Um trabalho impressionante que exigia muitas horas e virava a madrugada. As fotos eram raras, e os textos muitas vezes traziam erros ortográficos causados ou pelo cansaço na montagem ou pelo desgaste do linotipo.

Mas este trabalho servia para criticar ou elogiar governos, para anunciar um produto ou o nascimento de alguém, e desta forma a história ia sendo contada letra por letra.

O acervo do Correio do Povo, foi resgatado por Órgão Público e anos depois deste resgate, ao consultar um dos muitos tomos deste acervo, reparei que estava faltando uma página de um dos exemplares. Questionei a bibliotecária a respeito do assunto e fiquei impressionado com a explicação de que alguém havia arrancado a folha em algum descuido dos funcionários, e,  levado consigo um dia de história. Motivo? Preguiça em copiar.

A folha que faltava,  levou junto um dos textos de meu pai, várias notas de falecimento e o registro das núpcias de meus pais, que com certeza foi escrita, montada e impressa pelo jornalista, linotipista, impressor e entregador do jornal, meu pai.

Este é o retrato de muitos acervos existentes ainda em porões, quartos abafados e sujeitos a todo tipo de ação do tempo ou do descaso. A imprensa brasileira dá pouca importância a sua memória.

Alguns jornais já estão com seus acervos publicados e muitos deles são fontes de referência histórica. Para nós é tesouro.

A iniciativa do JB em disponibilizar gratuitamente este seu acervo me levou a questionar a quantidade de jornais que poderiam estar sendo hoje, consultados e admirados por muitos historiadores. Até mesmo as entrelinhas das antigas folhas de "classificados" contam a história.

Janeiro de 1942. Rio de Janeiro.

Precisa-se de um menino de 11 annos para casa de família.

Precisa-se de um menino de 12 a 13 annos de cor para entregar marmitas.

Quanta história em apenas duas linhas.

Ler estas pérolas em uma página do Jornal do Brasil, nas sua originalidade, no seu conteúdo original,  em nossos computadores, é fazer uma viagem pelo tempo, é voltar os ponteiros do relógio.

Nosso blog de hoje, quer que nosso leitor se impressione com o tamanho da notícia da publicação online deste acervo. Agora, o Jb esta seguro, em um provedor na internet, seu acervo digitalizado e o principal, disponível para todos.

Existem algumas falhas como por exemplo algumas edições datadas de forma errada, mas , creio que serão corrigidas com o tempo, pois é um projeto sério e com a parceria do Google.

Um amigo jornalista uma vez me disse: " Se alguém lê um jornal do dia, lê a notícia, se alguém lê um jornal de alguns anos atrás, lê o jornalista".

Para que você tenha acesso ao JBDigital, acesse: JBDIGITAL

Para você conhecer a história do JB acesse: CAFÉ HISTÓRIA

Comentários (1) Trackbacks (1)
  1. Esperamos com ansiedade quando os acervos dos Cartórios e Paróquias serão digitalizados e disponibilizados...

    Cupins, traças, mofo e outras "pragas" a cada dia que passa apagam para sempre da memória livros de registro de nascimento, casamentos, óbito e muitos outros pelo interior do Brasil.

Deixe um comentário

Enviar

Deixe um comentário
Insire um nome
Por favor introduza um endereço de email
Sobre nós  |  Entre em contato conosco  |  Privacidade  |  Diga a um amigo  |  Suporte  |  Mapa do site
Copyright © 2014 MyHeritage Ltd., Todos os direitos reservados